Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Solicitar Contato

Empreendedorismo digital: enfrente a crise com criatividade

Empreendedorismo digital: entenda o que é e enfrente a crise com criatividade

Escrito em 16 de Abril de 2020 por Patrick Negri

O pessimista encara a crise como um obstáculo, já o otimista a enxerga como uma oportunidade. Independentemente de qual lado você esteja, a realidade é uma só: ter saídas criativas em momentos difíceis não acontece como um passe de mágica. No entanto, pode ser mais fácil do que imagina. Para tanto, basta ter a mente aberta. Neste contexto, conhece ideias de empreendedorismo digital é uma opção interessante. 

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo!

“É impossível progredir sem mudança. Aqueles que não mudam suas mentes não podem mudar nada”- George Bernard Shaw 

Para saber o que é empreendedorismo digital, entender como migrar o seu negócio físico para o virtual e conhecer exemplos de empreendedorismo digital no Brasil , basta ler este post até o fim. 

O que é empreendedorismo digital? 

Empreendedorismo digital é um modelo de negócios que acontece no ambiente virtual, em geral, na Internet, e que pode ter seu início tanto a partir do desenvolvimento de um produto próprio como pela venda de mercadorias de terceiros.

Promovendo a praticidade e a simplicidade das operações, o empreendedorismo digital utiliza a tecnologia e a inovação como peças-chave. Assim, é comum que essa modalidade de negócios conte com produtos inovadores que solucionem as dores e as necessidades de seus clientes de forma original. 

o que é empreendedorismo digital

Crédito: 2Pure

Fácil entender o que é empreendedorismo digital, não é mesmo? Para descobrir ideias de empreendedorismo digital baseadas em exemplos inspiradores, basta seguir lendo! 

Ideias de empreendedorismo digital: como começar um negócio virtual? 

Encontrar a resposta para essa pergunta muitas vezes é a primeira barreira detectada por quem quer empreender online. E isso já é o suficiente para que muitas pessoas desistam de seus objetivos.

Sendo assim, o primeiro passo para que você inicie sua trajetória como empreendedor é ter clareza sobre como pode contribuir com as pessoas que serão seus clientes. Isso porque empreendedorismo é sobre pessoas, não sobre dinheiro. Ou seja, o dinheiro e o lucro são consequências dos benefícios que você, por meio do seu negócio, proporciona para outras pessoas.

Passo a passo do empreendedorismo digital

Antes de conhecer ideias de empreendedorismo digital, é preciso entender como iniciar esse modelo de negócios. 

1. Escolha um nicho inexplorado 

Identificar oportunidades é crucial para que o seu negócio consiga resultados no longo prazo. Por isso, é preciso analisar o seu mercado com muita cautela. Afinal, alguns nichos são muito mais concorridos do que outros.

Em outras palavras se você, por exemplo, quiser empreender no mercado fitness, encontrará uma concorrência muito grande, pois o mercado já conta com diversos  players desse setor há muito tempo. Logo, seus resultados, provavelmente, demorarão a chegar. 

Por outro lado, dentro de um mercado grande como esse podem existir oportunidades que ainda não foram exploradas. Ou seja, quanto mais específico o seu nicho, maiores as chances de você se destacar mais rapidamente.

2. Mude sua mentalidade 

É muito provável que você, assim como grande parte das pessoas no Brasil, tenha crescido sob uma cultura que valoriza o emprego, a “segurança” e os benefícios de trabalhar para alguém a sua vida toda. Afinal, a cultura do empreendedorismo digital no Brasil nunca foi fomentada de forma assertiva. 

Isso faz com que muitas pessoas passem suas vidas acreditando que quem se arrisca a criar o próprio negócio é maluco, ganancioso, e por aí vai. No entanto, empreender é um dos únicos caminhos para que um indivíduo tenha liberdade para conquistar os seus sonhos e objetivos, sem depender de terceiros.

É por isso que é fundamental que você mude a forma como enxerga o mundo a sua volta. Caso contrário, as chances de que você desista das suas ideias assim que surgir o primeiro obstáculo serão grandes.

3. Engaje para conquistar o seu nicho 

Como já dissemos, empreender é sobre pessoas, e conseguir se conectar com elas é questão de sobrevivência para qualquer negócio.

As redes sociais têm um potencial muito poderoso para isso, desde que você saiba utilizá-las em seu favor. 

Muitos empreendedores se utilizam de perfis fakes ou pagam pessoas para criar um engajamento nessas plataformas. Essa atitude, além de pouco ética, é uma estratégia arriscada porque não condiz com a realidade.  

Dessa forma, é crucial que você dedique um tempo para se relacionar com o público do seu negócio. Nesse cenário, é importante contribuir de alguma forma, tirando dúvidas por exemplo, sem pedir nada em troca. Automaticamente, essa doação se transformará em vendas e o seu negócio irá prosperar.

Como migrar seu negócio físico para o virtual? 

Caso você já tenha um negócio físico, é possível, também, migrá-lo para o virtual. Para tanto, é preciso, primeiramente, escolher o formato que mais combine com o seu nicho e objetivo. 

Nesse sentido, os modelos mais comuns são:

  • e-commerce: um ambiente virtual onde você divulga seus produtos. Esse modelo funciona como uma vitrine virtual. A vantagem do e-commerce é que você comanda o seu próprio negócio e, assim, consegue tornar a sua marca conhecida; 
  • marketplace: esse formato funciona como um shopping, onde se encontram diversos vendedores em um só lugar. Fazer para de uma marketplace é uma estratégia interessante, principalmente para quem está iniciando o seu negócio. Isso porque lá, é possível alcançar um número maior de pessoas. 

Depois, é essencial estudar se o nicho de seu negócio se alinha ao ambiente digital, já que, na internet, a maior busca se concentra em soluções específicas. Para tanto, uma boa prática é realizar uma pesquisa de mercado. 

Outro ponto essencial é ter um site de fácil navegação e intuitivo. Nesse sentido, também é fundamental que ele seja responsivo. Afinal, muitas pessoas fazem suas compras via moblile atualmente. 

Para entender melhor como realizar essa migração, recomendamos que assista ao vídeo abaixo. 

Empreendedorismo digital: benefícios 

Adotar o empreendedorismo digital em seu negócio conta com benefícios expressivos, como:

  • redução de custos: diferente do modelo tradicional, que demanda altos custos, como aluguel e grandes equipes, para ingressar no digital, não é preciso investir muito. Isso porque, nesse segmento, é possível trabalhar remotamente e, até mesmo, sozinho;

empreendedorismo digital benefícios

Crédito: HerosPark

  • mais flexibilidade e tempo livre: pois é possível escolher os melhores horários para atuar. Além disso, não gastará tempo se deslocando para outro ambiente, já que tudo ocorre online;
  • fortalecimento da marca: por meio do marketing de conteúdo, é possível divulgar textos que solucionem os problemas de sua audiência, uma estratégia que pode tornar o seu negócio uma autoridade no mercado. 

Ideias de empreendedorismo digital: inspire-se com exemplos

Conheça algumas boas Ideias de empreendedorismo digital.

  • aulas online: já é professor ou é especialista no assunto e tem didática? Então, optar por aulas online pode ser uma boa chance de empreendedorismo digital. Para isso, é importante ser criativo para atrair audiência. Hoje, há inúmeros professores de Yoga e de Pilates que ministram suas aulas online com sucesso;
  • lives: eventos ao vivo chamam a atenção. Desse modo, que tal divulgar seu negócio por meio de uma live? É claro que a sua abordagem inicial tem que ser sobre um assunto relevante para seu público. Assim, divulgue conteúdo rico e interaja com seus clientes. Hoje, muitos empreendedores estão aplicando essa estratégia e fortalecendo tanto sua marca como o relacionamento com seus clientes;
  • consultas por vídeo: em épocas de crise, a saúde mental precisa ser mais valorizada do que nunca. Observando essa oportunidade e essa importância, há muitos psicólogos que estão oferecendo consultas por vídeo. Desse modo, há uma relação de ganha ganha. Afinal, tantos os profissionais como os pacientes saem ganhando. 

Gostou de saber o é que empreendedorismo digital e conhecer ideias para aplicar em seu negócio? Compartilhe sua opinião com a gente nos comentários!

Aproveite o momento de crise para transformá-lo em oportunidade. Nesse sentido, conhecimento é poder! Que tal ter acesso a um material rico sobre empreendedorismo?. Para isso, basta clicar aqui e baixar, gratuitamente, o e-book da iugu: “Tudo o que você precisa saber para abrir uma empresa de sucesso”. 

Crédito da foto de capa: Freepik