Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Como escolher um sistema de pagamento para marketplace?

Confira como escolher um sistema de pagamento adequado para seu marketplace.

Escrito em 11 de Setembro de 2019 por Patrick Negri

Atualizado em 03 de Maio de 2021

Um bom sistema de pagamento é a melhor aposta que um marketplace pode fazer para garantir a eficiência da gestão financeira. São muitos os motivos que comprovam essa afirmação.

O principal deles é que a automação permite a concentração dos dados em um só ambiente e facilita o trabalho da equipe com geração de informações e processos confiáveis — conciliação financeira e comissionamento de vendas, por exemplo.

Nosso objetivo neste post é apresentar argumentos importantes que vão fazer você entender o quão indispensável é uma ferramenta de automação e contribuir com dicas sobre a eficiência, para você escolher o melhor sistema de pagamento para seu marketplace!

Por que se preocupar com a escolha de um sistema de pagamento?

Você já avaliou o impacto que a gestão de pagamentos do marketplace causa nas subgestões comandadas pelos sellers (parceiros de vendas nesse tipo de negócio)?  — todas as transações e operações refletem nos processos alheios.

Essa, por si só, já é uma justificativa forte para estar atento às melhores e mais completas plataformas do mercado e assim, evitar a contratação de um serviço que não vá atender às necessidades de todos os lojistas envolvidos.

Quem se dispõe a abrir um negócio de marketplace deve ter ciência das responsabilidades sobre toda a gestão das vendas efetivadas e dos repasses aos vendedores. É comum que em uma mesma venda, diversos sellers estejam envolvidos.

Cabe ao departamento financeiro identificar cada vendedor, a quantidade de produtos, os valores e as comissões correspondentes. Um sistema de pagamento integrado e completo fará todo esse trabalho de forma automática e sem riscos de erros.

As funcionalidades de uma solução desse nível devem ser observadas em detalhes, pois alguns recursos, como a integração por API e split de pagamento, são essenciais para garantir a transparência, agilidade e confiabilidade dos processos.

O que considerar na hora de escolher um sistema para o marketplace?

Analise alguns fatores antes de implantar um sistema de gestão de pagamento. Muitos detalhes fazem a diferença e uma solução mais robusta e com recursos mais abrangentes pode ser muito útil para as atividades do marketplace.

Como são múltiplos os serviços e prestações de contas, quanto mais controle você tiver, mais seguro se sentirá à frente da gestão. O tempo, antes dispensado a lançamentos e conferências, será dedicado a estratégias e decisões bem pensadas.

Veja alguns aspectos que são capazes de influenciar a escolha do sistema de pagamento na sua loja virtual!

Integração sistêmica

Você pode até contratar um sistema com operação sem integração, mas terá que reunir as informações manualmente, incorrendo no risco de algum dado ser extraído equivocadamente ou até mesmo não compor um relatório.

Imagine quando uma venda tiver a participação de vários vendedores. O tempo que se levará para identificar cada um deles e providenciar o comissionamento correto é muito maior. O passo a passo de recebimento e pagamento é muito mais complexo em um sistema descentralizado.

Opte por um sistema que execute o trabalho completo e que deixe para a equipe funções mais estratégicas de conferência, análise e acompanhamento dos pagamentos, transferências e parcelamentos.

A maioria das lojas online disponibiliza meios de pagamento diversos. Embora o processo da venda em si seja o mesmo, os pagamentos via cartão de crédito, boleto bancário ou débito em conta recebem tratamento diferente no departamento financeiro.

Para vendas em boleto, por exemplo, é preciso esperar a compensação do título para só então enviar a mercadoria ao cliente. Já para o cartão de crédito é preciso estar atento ao parcelamento da venda e repassar aos sellers mês a mês o valor referente à comissão.

A integração facilita a comunicação entre o consumidor, o marketplace, os bancos e as operadoras de cartão. Com isso, cada vez que um movimento financeiro acontecer dentro do ambiente da loja, todos os outros sistemas serão ativados na hora do checkout.

Split de pagamento

O split de pagamento tem a função de dividir os valores de uma venda — o pagamento realizado pelo consumidor é um só, mas se há diversos vendedores envolvidos, com o split é possível fazer a divisão de acordo com os produtos de cada um.

O sistema é parametrizado para acionar cada vendedor, depois que identificar os produtos cadastrados na base de dados. Esse é um recurso de extrema importância, que não pode faltar em um sistema de pagamento.

Taxa de aprovação

Qual é o percentual das vendas efetivadas no seu marketplace? O chargeback (pedido de estorno de venda efetuada por cartão de crédito), a recusa de uma operadora e o boleto não liquidado são indícios de que o dinheiro não cairá na conta como previsto.

De modo geral, o comportamento do consumidor e o meio de pagamento disponibilizado interferem no percentual da taxa de aprovação que nada mais é que um indicador de desempenho de vendas do seu marketplace.

Onde o sistema de pagamento pode ajudar? Em vez de perder tempo criando planilhas eletrônicas para avaliação do cenário geral, os relatórios analíticos podem ser extraídos a qualquer momento que você precisar.

Suporte

Um sistema é o ideal até que uma pane geral cause transtorno suficiente para afetar suas vendas. Qualquer prestador de serviços está sujeito a erros sistêmicos. O que diferencia um bom sistema é o suporte oferecido preventiva e corretivamente em tempo recorde.

Tenha muito cuidado ao contratar a sua ferramenta de gestão de pagamentos. Procure compreender a fundo qual o tipo de suporte que o fornecedor está disposto a oferecer. Uma falha de operação pode fazer o consumidor desistir da venda e não retornar mais à sua loja.

Segurança e proteção

A segurança é quesito básico de escolha de um sistema de pagamento e não deve ser negligenciada em função do preço. Contar com um sistema antifraude ou que detecte ações incorretas confere credibilidade ao marketplace.

Se você deseja ter uma solução eficiente deve contar com um parceiro que se preocupa em oferecer o melhor para seus clientes. Nós da iugu temos esse perfil e estamos prontos a ajudar no crescimento do seu negócio:

  • checkout transparente — toda a experiência do consumidor acontece dentro da loja;
  • compra com 1 clique — o usuário salva os dados e na próxima compra efetua o pagamento com um clique;
  • boleto registrado — todos os boletos têm registro para facilitar o rastreamento;
  • cobrança de boleto — você só pagará a tarifa sobre o boleto que for liquidado;
  • split de pagamento — com a iugu o cliente consegue distribuir o pagamento de uma compra entre todas as subcontas envolvidas;
  • gestão de fornecedores — criação de contas iugu para seus vendedores com gerenciamento por API;
  • transferências para subcontas — você poderá programar e solicitar a transferência de fundos para as contas bancárias dos seus usuários comissionados.

Contar com uma empresa que entende a importância do sistema de pagamento de um marketplace e desenvolve ferramentas específicas para uma atividade com parcerias diversas aumenta o potencial de vendas e confere maior autoridade à marca.

Se você gostou deste post e percebeu que está na hora de dar mais um passo para melhorar o atendimento ao cliente e suporte aos vendedores, entre em contato conosco para conhecer o sistema de pagamento que desenvolvemos e todas as suas funcionalidades!