Meios de pagamento online: como escolher os melhores para sua empresa

Escrito em 24 de Junho de 2020 por Patrick Negri

Atualizado em 08 de Abril de 2024

Oferecer diversidade nos meios de pagamento online é um caminho efetivo para aumentar sua receita e otimizar a experiência de compra dos seus clientes, além de fidelizar seu público.

É um fato: oferecer diversidade em meios de pagamento online deve ser parte da sua estratégia de retenção e satisfação de clientes. Não sabe por que? A gente te explica. 

De acordo com uma pesquisa da Baymard divulgada pela Webuters, a limitação de métodos de pagamento é responsável exclusiva por 9% dos abandonos de carrinhos em e-commerces. 

Os clientes querem trabalhar com um catálogo variado de opções, e, caso a escolha preferida não esteja entre as oferecidas pela empresa, eles podem se sentir desencorajados a completarem a compra. 

Outro dado que vai de encontro à estatística apresentada acima (e que reforça o valor da diversidade de meios de pagamento digitais) é o de que cerca de 15% dos consumidores usam ao menos 3 métodos de pagamento para efetuar suas compras.

Do ponto de vista da sua empresa, ampliar o leque de opções para o cliente aumenta as chances de converter vendas. Já para o consumidor, a oferta representa o cuidado da sua empresa com a experiência promovida 

Compreende, então, que a decisão é benéfica para ambos os lados? Para te ajudar a entender como escolher as melhores opções para oferecer, criamos este artigo. 

Siga a leitura e aproveite as dicas!

O que faz um sistema de pagamento online?

O sistema de pagamento online opera como um intermediador das operações financeiras digitais realizadas pela sua empresa.  

A ferramenta centraliza, organiza e gerencia as transações do seu e-commerce, marketplace ou página de vendas, oferecendo segurança e praticidade para que o consumidor faça pagamentos usando seus meios favoritos. 

Um bom sistema de pagamento online garante praticidade na gestão das operações, transparência nas movimentações e facilidade de gerenciamento, na medida em que possibilita a automatização de diversas tarefas do fluxo de pagamentos.

Quer saber mais sobre o assunto? Leia nosso artigo sobre o funcionamento de sistemas de pagamento online

Quais os meios de pagamento online mais usados?

De acordo com a pesquisa Meios de Pagamento no Brasil, da OpinionBox, as alternativas mais usadas no país em 2023 foram o cartão de crédito (80%), o pix (77%) e o cartão de débito (66%).

No entanto, quando falamos em meios de pagamento online, o leque de opções é ainda maior. Veja a seguir como os compradores digitais podem quitar seus débitos com empresas como a sua.

1. Cartão de crédito

De acordo com a Abecs, compras no cartão de crédito movimentaram R$2,4 trilhões em 2023 — uma alta de 12,1% em relação ao ano anterior. 

O elevado volume das operações evidencia a preferência do brasileiro pelo meio de pagamento, que oferece benefícios para quem vende e para quem compra.

Do lado do vendedor, oferecer o cartão de crédito como opção oferece segurança nas transações e a possibilidade de contar com um intermediador ou com um gateway de pagamento — que ainda viabiliza a solução com custos reduzidos. 

Para o cliente, o método é uma forma de pagamento a prazo, que possibilita a compra mesmo quando não há recursos financeiros disponíveis naquele momento. 

2. Pix

Lançado em 2020, o Pix é o sistema de pagamentos instantâneos que permite o envio de valores em tempo real entre pessoas físicas ou jurídicas, por meio de operações bancárias ou via instituições de pagamento integradas ao SPI

Queridinho dos brasileiros, o recurso movimentou R$17,8 trilhões em 2023, um aumento de 57,8% em comparação ao ano anterior. 

A principal vantagem do Pix, além da possibilidade de enviar e receber dinheiro de forma extremamente rápida, é a disponibilidade do serviço: as operações podem ser feitas a qualquer dia e hora, sem prejuízo na compensação da movimentação. 

Adicionalmente, o método de pagamento propicia a realização de transações de diferentes naturezas e valores (considerando que há limitações de acordo com a política de cada instituição financeira), popularizando o uso da modalidade para compras cotidianas, pagamento de taxas e tributos e até aquisição de bens de alto valor, como carros e imóveis. ]

3. Cartão de débito

O cartão de débito é uma excelente opção para quem deseja usar o sistema de pagamento online para operações à vista (e, portanto, não pode oferecer a opção de pagamento em dinheiro) ou que trabalha com a oferta de serviços de recorrência (como clubes de assinaturas, produtos educacionais, entre outros). 

Neste caso, o cartão de débito é usado na opção “débito automático”, que programa e realiza a cobrança mensal do valor acordado sem que seja necessário repetir a operação manualmente. 

4. Boleto

O boleto bancário é um excelente meio de pagamento online para incentivar transações com pessoas desbancarizadas. 

Isso porque, para gerar o documento, não é preciso inserir nenhum tipo de dado bancário — apenas os dados pessoais do comprador. De igual maneira, o pagamento pode ser feito em estabelecimentos conveniados, como casas lotéricas, sem exigir acesso à instituição bancária em si. 

Em contrapartida, para o dono de empresa ou gestor financeiro, a opção ajuda a gerenciar dívidas e atrasos, viabilizando a adição de multas e juros no caso do não pagamento no prazo. 

5. Carnê

Quando o cliente fecha uma compra (geralmente de valor expressivo) e deseja optar pelo pagamento em parcelas, mas não tem cartão de crédito, a melhor alternativa é a quitação via carnê.

Neste caso, sua empresa gera um talão com diversos boletos, que devem ser pagos periodicamente (em geral, uma vez ao mês), até que o valor total da compra esteja em dia. 

Para assegurar a idoneidade do comprador neste tipo de operação, as instituições financeiras envolvidas realizam uma detalhada análise de crédito, atestando ou não a possibilidade de realização da compra. 

Vale lembrar que, assim como no boleto convencional, o carnê possibilita a inclusão de multas e juros em caso de atraso ou não pagamento. 

Extra: a iugu oferece o carnê de pagamento como uma opção para a sua empresa, com parcelamentos de até 24 vezes. Quer saber como a modalidade funciona? Dê o play abaixo! 

6. Link de pagamento

O link de pagamento é um dos meios de pagamento mais simplificados: trata-se de um endereço URL compartilhado com o cliente no ato da compra, que o direciona para uma página segura de pagamento virtual, criada sob a chancela da plataforma de gestão financeira usada pela empresa.  

Ao acessar o endereço, o consumidor finaliza a compra preenchendo informações simples, como nome, endereço de entrega e método de pagamento escolhido (boleto, cartão, Pix, entre outros).

A opção é especialmente usada por empresas que vendem contextualmente via canais alternativos (como redes sociais e WhatsApp) e que não desejam perder suas vendas após os clientes se depararem com longos formulários de cadastro com diversas etapas.

Como escolher os melhores meios de pagamento online?

Agora você já sabe o quão importante é diversificar os meios de pagamento online e conhece os principais serviços oferecidos. 

O próximo passo é entender quais critérios considerar na hora de definir as alternativas a disponibilizar e, sobretudo, qual o melhor sistema de pagamento para as suas demandas.

Confira as dicas abaixo.

1- Possibilidade de personalização: lembre-se de que cada cliente tem necessidades específicas, portanto, opte por um sistema de meios de pagamento que ofereça diversidade de opções e que possibilite o ajuste de dados como prazos de vencimento, canais de comunicação com o comprador, regras de cobrança, entre outros. 

2- Flexibilidade: outro ponto chave na hora da escolha. É preciso assegurar que o sistema de gestão de meios de pagamento seja flexível e se adapte a diferentes momentos da empresa, bem como à situação dos consumidores. 

3- Agilidade nas transações: garantir que as operações realizadas sejam feitas de forma efetiva, independentemente do meio de pagamento escolhido, é essencial. Portanto, na hora de escolher sua plataforma, busque se inteirar sobre a performance dos diferentes métodos oferecidos.

4- Segurança nas operações: uma boa plataforma de meios de pagamento oferece transparência nas transações, bem como recursos adicionais de proteção de dados

5- Excelente suporte ao cliente: tanto você, gestor, quanto o seu cliente, precisam ter acesso a times de suporte sempre que preciso. Bugs na plataforma ou situações imprevistas devem ser prontamente solucionados pela equipe de especialistas da solução escolhida. 

6- Integração com outras plataformas financeiras: já imaginou centralizar seu fluxo de caixa em um só lugar? A melhor ferramenta de meios de pagamento deve promover esse tipo de integração, captando dados de outros sistemas (como ERPs e plataformas de e-commerce) para facilitar a gestão.

Qual a melhor plataforma de pagamento online?

No tópico anterior, você viu alguns aspectos que ajudam a diferenciar as opções disponíveis no mercado. No entanto, é fundamental ter em mente que a melhor plataforma de pagamento online é aquela que atende às particularidades do seu negócio. 

A iugu, por exemplo, é uma plataforma completa de serviços financeiros para gestão de caixa e automatização de meios de pagamento

Nossa solução oferece todos os benefícios listados neste artigo, possibilitando a oferta e a automatização de variados meios de pagamento para diferentes modelos de negócio, bem como uma API flexível e com documentação em português — o que facilita a personalização.

Receba pagamentos por diversos meios com agilidade e segurança: amplie seu leque de opções de pagamento, conquiste novos clientes e aumente seus canais de vendas em uma só solução. Venda por onde quiser com os meios de pagamento online da iugu.

Posts relacionados

Homem fazendo pagamento de boleto bancário online
análise de soluções de pagamento para imobiliárias