Digital Twin: o que é, vantagens e o impacto no setor financeiro

Escrito em 18 de Maio de 2023 por Lidiane Oliveira

Atualizado em 24 de Agosto de 2023

A transformação digital vem alcançando patamares cada vez mais disruptivos. Neste cenário, o Digital Twin, ou gêmeo digital, em português, representa um salto importante quando o assunto é o setor financeiro. 

Apesar de ter sido um conceito dos anos 2000, introduzido pelo pelo trabalho do engenheiro e cientista americano Michael Grieves, ex-consultor da NASA, o digital twin só começou a ser utilizado, na prática, há poucos anos. 

Ainda que recente, essa inovação já traz consigo expectativas significativas e animadoras. De acordo com a previsão da ADS Reports, o mercado de digital twin foi avaliado em US $3,1 bilhões em 2020, e deve atingir US $48,2 bilhões até 2026, com uma taxa de crescimento anual de 58% no período.

Já de acordo com a Gartner, em 2021, metade das maiores empresas do mundo já utilizaram gêmeos digitais e a estimativa é de que, até 2023, as receitas geradas a partir desta tecnologia saltem de US $9,8 bilhões para US $13 bilhões. 

Então, que tal saber mais sobre o assunto? Leia o conteúdo a seguir e entenda o que é Digital Twin, as vantagens da tecnologia e como ela impacta o setor financeiro.

Que tal ouvir esse conteúdo?

O que é Digital Twin?

Um Digital Twin é uma representação virtual em tempo real de um objeto físico, processo ou sistema. 

Sendo assim, o gêmeo digital utiliza dados coletados por sensores e outras tecnologias para criar uma réplica digital precisa e em constante atualização. Essa réplica digital não apenas espelha o objeto real, mas também permite a simulação, monitoramento e análise.

No setor financeiro, por exemplo, um Digital Twin pode representar um produto financeiro, como um empréstimo, um portfólio de investimentos ou até mesmo uma instituição de pagamentos ou financeira como um todo. 

Ele é alimentado com dados reais e atualizados sobre transações, perfis de clientes, condições econômicas e histórico financeiro, proporcionando uma visão completa e precisa de todo o sistema financeiro.

Como funciona o Digital Twin?

Enquanto uma representação virtual de um sistema ou produto, o gêmeo digital também pode ser usado para rastrear a origem de um problema e testar soluções para resolvê-los. 

Ao detectar um comportamento anormal em um produto ou serviço, o Digital Twin permite que a equipe responsável possa fazer uma série de simulações de falhas em diferentes subsistemas e componentes, confrontar hipóteses e resultados até chegar à causa raiz.

A facilidade de desenhar os mais diversos cenários para gêmeos digitais permite simular e avaliar o desempenho em casos extremos e preparar o sistema para tal operação.

Que empresas utilizam o Digital Twin?

Muito se fala sobre a semelhança entre Digital Twin e metaverso

Contudo, a ideia de um gêmeo digital possui mais aplicações e utilizações nas corporações, criando um ambiente propício para testes e inovações que beneficiam os resultados das empresas e a experiência do cliente final. 

Veja, a seguir, alguns exemplos de gêmeo digital e sua utilização pelas empresas:

  • General Electric (GE): a General Elelctric é conhecida por sua utilização pioneira do conceito de Digital Twin ao criarem o "Digital Wind Farm", que utiliza gêmeos digitais para monitorar e otimizar o desempenho de turbinas eólicas. Isso permite que eles façam análises preditivas, melhorem a eficiência energética e reduzam os custos operacionais;
  • Rolls-Royce:Rolls-Royce utiliza Digital Twins para monitorar e otimizar o desempenho de motores aeronáuticos a partir da coleta de dados em tempo real dos motores em operação. Assim, a empresa os alimentam em seus modelos digitais, permitindo análises preditivas, manutenção proativa e melhorias no desempenho;
  • Petrobras: no Brasil, temos como exemplo a brasileira Petrobrás, que criou, junto com a petrolífera espanhola Repsol, um gêmeo digital da plataforma P-50, que opera no Rio de Janeiro.

Quais são as vantagens do Digital Twin no setor financeiro?

Como vimos até aqui, o Digital Twin é uma representação de um objeto, produto ou serviço real no mundo virtual. Quando o conceito é aplicado no universo financeiro, as empresas e consumidores podem obter inúmeras vantagens. Veja só.

1. Análise de riscos assertiva

Com um Digital Twin, as instituições financeiras podem simular diferentes cenários e avaliar os riscos associados às decisões financeiras. 

Essa dinâmica de visualização e testes permite uma análise mais ágil e precisa, o que contribui para a tomada de decisões embasadas e reduz a exposição aos riscos.

2. Personalização de produtos financeiros 

Com base nos dados coletados e na análise em tempo real proporcionada por um gêmeo digital, as instituições financeiras podem oferecer produtos mais personalizados e aderentes às necessidades individuais dos clientes. 

Isso porque a tecnologia permite entender as preferências dos clientes, antecipar suas necessidades e fornecer recomendações personalizadas.

3. Detecção de fraudes e segurança reforçada 

O uso de um Digital Twin também contribui para a detecção e prevenção de fraudes financeiras. 

Ao analisar os padrões de transações, comportamento do cliente e dados contextuais, é possível identificar atividades suspeitas e agir rapidamente para mitigar os riscos.

Nova call to action

4. Melhoria da eficiência 

Otimizar a eficiência financeira é um grande desafio em boa parte das empresas. Nesse sentido, contar com um Digital Twin permite que os gestores tenham uma visão abrangente e em tempo real de todos os processos financeiros. 

Isso ajuda as instituições a identificarem ineficiências, automatizar tarefas, otimizar fluxos de trabalho e melhorar a eficiência operacional como um todo.

5. Modelagem de cenários e previsões 

Com base nos dados do Digital Twin, as instituições financeiras podem criar modelos preditivos e simular diferentes cenários econômicos. 

Com isso, elas podem obter uma melhor compreensão dos possíveis resultados e ajuda na tomada de decisões estratégicas.

Potencialize o sucesso da sua empresa com a tecnologia

Neste artigo, você entendeu o que é e para o que serve o gêmeo digital, e como a tecnologia tem o potencial de revolucionar o setor financeiro, trazendo benefícios significativos para instituições financeiras e clientes. 

Ao oferecer uma representação virtual precisa e em tempo real, essa tecnologia oferece inúmeras vantagens, como uma análise aprimorada de riscos, personalização de produtos, detecção de fraudes, não só para as instituições financeiras, mas para o mercado como um todo. Basta lembrarmos dos exemplos de companhias que já utilizam o gêmeo digital no dia a dia. 

E assim como o Digital Twin, a automação financeira surgiu como mitigadora de riscos, melhorando a eficiência operacional das empresas e contribuindo para uma maior segurança nas transações.

Mas como? A partir de uma tecnologia robusta e soluções customizadas às suas necessidades, as empresas podem potencializar resultados e alcançar novos patamares.

Ficou curioso e quer entender como a tecnologia pode contribuir para o sucesso do seu negócio? Então, baixe gratuitamente nosso ebook e entenda como construit o seu motor financeiro com a iugu.

https://www.iugu.com/material-motor-financeiro

Posts relacionados