Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Pix na recorrência: quais as vantagens de usar o Pix em assinaturas?​

O Pix na recorrência já é uma realidade e os benefícios são muitos! Veja como utilizar e quais as maiores vantagens para a sua empresa.

Escrito em 01 de Setembro de 2021 por Carolina Fanin

Atualizado em 20 de Setembro de 2021

Você com certeza já ouviu falar do Pix, o meio de pagamento instantâneo que virou febre no Brasil e hoje já representa, segundo dados da FEBRABAN, 30% dos pagamentos e transferências no país, mesmo tendo sido lançado oficialmente há pouco menos de um ano.

Sem tempo para ler? Que tal ouvir este conteúdo? Aperte o play!

 

O Pix revolucionou a relação dos brasileiros com as transações digitais ao provocar grandes mudanças nos meios de pagamento, eliminando custos com maquininhas, tarifas bancárias e burocracias.

Pessoas físicas foram as primeiras a aderir e aprovar o novo meio de pagamento. Mas, em pouco tempo as empresas notaram seus benefícios e começaram a utilizá-lo também em suas transações de pagamentos e vendas no e-commerce. 

O que você talvez ainda não saiba é que o Pix, além de ser uma excelente opção de pagamento, prática, rápida e segura para pagamentos únicos e pontuais, é também uma boa forma de cobrar seus clientes de forma recorrente.

Veja como funciona!

O que são cobranças recorrentes?

As cobranças recorrentes podem ser feitas em três modelos: assinaturas, planos ou mensalidades. 

Através delas, é possível firmar um contrato com o cliente/consumidor onde ele só efetuará o pagamento durante os meses previamente acordados. Ou seja, se você tem uma cobrança recorrente de um box de beleza por 6 meses, ou da assinatura de um software por um ano, as cobranças e os recebimentos/acessos só irão valer durante este período.

Mas isso tudo é totalmente customizado, podendo existir planos quinzenais, mensais, anuais... depende do modelo de negócio da sua empresa e da necessidade que você identifica do seu consumidor.

O mercado de assinaturas é um mercado em expansão, que movimentou em 2019 quase 1 bilhão de reais e que teve crescimento acima de 10% em 2020, segundo uma pesquisa realizada pela Betalabs.

Atualmente, a recorrência de pagamentos é adotada em diversos segmentos: empresas SaaS (Software as a Service), serviços de streaming (como Spotify), academias de ginástica, clubes de assinatura, provedores de internet e TV, planos de saúde, escolas, entre outros.

O ganho deste tipo de pagamento para os clientes é a comodidade, e para as empresas há o benefício de poder contar com um fluxo de caixa mais previsível.

Até então, dentro da recorrência, haviam 3 meios de pagamento para realizar as cobranças:

  • Cartão de crédito;
  • Boleto bancário;
  • Débito automático.

Com a chegada do Pix, surgiu uma nova forma de cobrança recorrente, somando todos os benefícios deste meio de pagamento.

Nova call to action

Por que usar o Pix em cobranças recorrentes?

O Pix possui diversas vantagens, veja abaixo as principais e como elas podem ser úteis para as cobranças recorrentes da sua empresa:

    • Praticidade: ao alcance de alguns toques na tela do celular, é possível realizar pagamentos por pix. Basta possuir a chave pix do recebedor, o Pix Copia e Cola ou QR Code. As transações são válidas até mesmo entre instituições diferentes;
    • Agilidade: as transações feitas por Pix são realizadas em até 10 segundos;
    • Conveniência: chega de correr para fazer operações dentro do horário bancário, o Pix funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano - sim, incluindo feriados;
    • Taxas reduzidas: as taxas das fintechs, como a iugu, ficam em torno de 0,99% (cerca de 0,5% mais baixa do que as praticadas pelos grandes bancos) e bem menores com relação a outros meios de pagamento;
    • Segurança: as instituições implementam toda a sua tecnologia e segurança cibernética utilizada nos demais meios de pagamento também no Pix. Ou seja, é uma transação tão segura quanto qualquer outra realizada digitalmente.

Em cobranças recorrentes, a facilidade do cliente pagar pelo Pix faz com que esse tipo de cobrança seja muito mais eficiente, tanto para quem paga, como para quem recebe. Afinal, o pagamento é liberado instantaneamente, enquanto em outras formas de pagamento, como boleto e cartão de crédito, existe um tempo de análise e compensação.

Além disso, com o sucesso do Pix, a tendência é que cada vez menos as pessoas utilizem o boleto bancário para realizar esse tipo de pagamento.

Outro aspecto importante do Pix na recorrência é a diminuição da inadimplência (quem nunca esqueceu de pagar um boleto), e também a facilidade na reativação dos serviços em caso de suspensão por falta de pagamento.

+ Esse é o momento de incluir o Pix como meio de pagamento para a sua empresa!

banner mês do cliente

Pix na recorrência e plataformas de pagamento

Para empresas, a melhor forma de utilizar o Pix na recorrência é através do chamado QR Code Dinâmico, que é utilizado para uma transação específica e traz informações daquele pagamento, como dados do produto e do recebedor, funcionando como uma cobrança mais formal.

Entretanto, imagine-se emitindo e enviando QR Codes para todos os seus clientes, isso com certeza resultaria numa grande bagunça, além de ser muito cansativo e haver a possibilidade de uma grande perda de dados.

Pensando nisso, plataformas de pagamento como a iugu, já oferecem facilidades para que seus clientes ofereçam o Pix como opção de pagamento, de forma segura e automatizada, também para as cobranças recorrentes.

Fique de olho: Um dos próximos lançamentos do Pix será o Pix Garantido e o Pix Débito Automático, que irão funcionar como uma espécie de pagamento futuro, onde o recebedor pode vender a prazo ou parcelado pelo Pix. 

Pix na iugu

Logo que o Banco Central lançou o Pix, a iugu trouxe essa solução para seus clientes, com o intuito de gerar agilidade em suas vendas e proporcionar uma experiência mais prática para seus clientes.

Hoje, o Pix na recorrência já é uma realidade para nossas mais de 50 mil contas ativas!

Pelo próprio Painel iugu ou pela API, o cliente pode selecionar a recorrência (semanal, quinzenal, mensal), que irá gerar um novo QR Code, para cada cobrança.

Hoje, apesar do envio da fatura ser automatizado pela iugu, o pagamento ainda depende de, a cada mês, o cliente ativamente realizar o pagamento por Pix. Mas com o Pix Garantido, a cobrança será descontada da conta do cliente automaticamente, a cada período devido, como é no cartão. 

Mesmo sem saldo em conta do cliente, o banco garantirá o pagamento a um recebedor que tiver um Pix Garantido, legal né? Ansiosos por essa nova funcionalidade?

Além de encontrar a facilidade do Pix na recorrência, na iugu você também encontra diversos métodos de pagamento disponíveis para oferecer aos seus clientes, e, claro, todos os benefícios de uma plataforma de pagamentos completa para te ajudar no gerenciamento financeiro da sua empresa!

Conheça nossos planos