Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

O que é webhook: entenda tudo sobre o recurso

Descubra como o webhook pode automatizar processos e levar mais eficiência ao seu negócio

Escrito em 05 de Julho de 2022 por Thainara Carvalho

Atualizado em 15 de Julho de 2022

A automatização de processos é um importante recurso para os negócios, pois além de eliminar burocracias e erros humanos, deixa a gestão muito mais eficiente. O webhook é um mecanismo que permite a integração de sistemas, ajudando na automatização de processos, inclusive financeiros.

Se você é um empreendedor, estar a par das inovações e recursos tecnológicos que facilitam a rotina pode fazer toda a diferença.

Afinal, o tempo é um recurso valioso, e cada minuto em que você não precisa executar tarefas burocráticas e repetitivas, é um ganho para que você tenha mais tempo para focar no que realmente importa: a saúde do seu negócio.

Para te ajudar a entender o que é webhook, como ele funciona e as vantagens que ele pode trazer para a sua empresa, preparamos um conteúdo com as principais informações.

Quer saber mais? Continue a leitura até o fim.

Experimente o player abaixo!

O que são webhooks, afinal?

Os webhooks, ou em português, “ganchos da web”,  são gatilhos que possibilitam o envio de dados entre dois sistemas ou aplicativos diferentes, tudo em tempo real e de forma automática.

Essa tecnologia também é conhecida como “retorno de chamada web” e consiste em um método simples para facilitar que uma API forneça as informações em tempo real.

Parece complexo? Então, imagine que o responsável pelo setor financeiro da sua empresa precisa enviar informações sobre pagamentos e fluxo de caixa constantemente. 

No processo manual, isso demandaria muito tempo e esforço, que podem ser empregados em outras frentes do negócio.

Já com o webhook, as informações chegariam de forma automática no sistema, sem a necessidade de verificação manual.

Com isso, os seus colaboradores ganham mais tempo, eficiência e eliminam a burocracia ou chances de erro humano, já que as tarefas são automatizadas.

Como funcionam os webhooks?

Agora que entendemos a definição, é hora de saber como funciona um  webhook. De forma resumida, podemos dizer que a tecnologia funciona como uma ponte. 

Através dessa ponte, os dados transitam e são entregues a uma URL de destino. Para que essa transmissão ocorra, são utilizados dois formatos:  JSON ou XML

  • XML:  sintaxe básica utilizada para o compartilhamento de informações entre aplicações, permitindo reutilizar o código com objetivos diferentes no outro sistema ou ferramenta.

  • JSON: formato de troca de informações entre sistemas mais leve do que o XML. 

A partir da escolha do formato, o provedor dirá como os dados serão entregues ou fornecerá opções. No entanto, boa parte dos frameworks facilitam a interpretação e fornecem uma solução simplificada.

API ou webhook: qual é a diferença?

Apesar de semelhantes, uma API (Application Programmin Interface) e o webhook possuem importantes diferenças.

A principal delas é que o webhook é um serviço. Já a API, por sua vez, é um conjunto de regras e métodos que permitem a utilização desse serviço.

Sendo assim, as APIs permitem o acesso aos sistemas da empresa, enquanto os webhooks permitem que a empresa envie notificações sobre o que você deseja saber.

Além disso, uma API exige o conhecimento de programação para que a integração entre sistemas aconteça de forma correta. O webhook, por sua vez, não exige conhecimentos sobre programação.

Quais são as vantagens do webhook para as empresas?

Que o webhook fornece eficiência para os processos da empresa, você já sabe. Mas as vantagens que ele oferece não param por aí. Confira todos os benefícios dessa integração para os negócios:

1. Praticidade de desenvolvimento

Como não exige o conhecimento de códigos complexos ou banco de dados, o webhook pode ser desenvolvido em poucos passos, o que deixa todo o processo muito mais ágil.

2. Atualização em tempo real

Ao utilizar o webhook, você ou outros gestores da empresa conseguem obter informações atualizadas em tempo real, sem necessidade de solicitá-las ao setor responsável.

3. Automatização financeira

Como dissemos no início do artigo, o webhook auxilia na integração de sistemas e na automatização de processos. 

E isso também pode ser implementado na automatização financeira de um negócio, como as transações financeiras ou status de nota fiscal.

Criar um webhook: o que considerar?

Antes de criar um webhook, é preciso estar atento e se certificar sobre alguns pontos importantes, como a segurança de dados. Saiba mais a seguir.

1. Segurança de dados

Os webhooks funcionam a partir da transmissão de dados. Logo, é fundamental que eles estejam protegidos e invioláveis para que não ocorram imprevistos.

Portanto, lembre-se de verificar se o webhook possui o suporte adequado para que a transmissão não seja interrompida.

2. Armazenamento de dados

O armazenamento de dados do webhook precisa ser do tipo push para que as informações sejam armazenadas corretamente.

Ao utilizar o webhook para o recebimento e repasse de informações, utilize scripts para configurar as funcionalidades.

3. Escalabilidade

Por fim, lembre-se que um webhook funcional precisa ser escalável. Isso significa que ele deve possibilitar ser manipulado para o agregamento de maiores volumes de dados e se conectar com diferentes sistemas.

Potencialize o seu negócio com a automatização da iugu

Como vimos até aqui, os webhooks auxiliam na automatização de processos, e podem ser implementados até mesmo no setor financeiro da sua empresa.

E essa não precisa ser uma tarefa complicada. Basta contar com um sistema integrado que forneça soluções financeiras completas e robustas que se adequam às necessidades do seu negócio. 

Então, que tal saber mais sobre como a iugu pode te ajudar nessa missão? Converse com nossos especialistas e conheça os nossos planos.

E se quiser saber mais sobre tecnologia voltada a desenvolvedores, é só acessar o nosso blog iugu4devs!

Planos-iugu