Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica, não sejam MEI e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Indiquei um cliente pelo programa de Afiliados. Como eu posso consultar minha indicação?

Você pode consultar sua indicação no Painel do Indicador.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Quero ser cliente

Como protestar um boleto vencido?

Veja nossas dicas e entenda como protestar um boleto vencido para otimizar a saúde financeira de sua empresa.

Escrito em 03 de Março de 2020 por Marcos Madureira

De acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), o número de consumidores inadimplentes no Brasil cresceu 2% em agosto de 2019, quando comparado com o ano anterior. Levando isso em conta, é fundamental que toda empresa saiba como protestar um boleto para que a gestão financeira de seu negócio não seja afetada por esse dado econômico. 

Quer saber mais sobre o assunto e entender como funciona o protesto de um boleto vencido? É só ler este post até o fim! 

Como protestar um boleto: analise o cenário

Antes de saber como protestar um boleto, é preciso analisar o cenário. Isso quer dizer que antes de colocar essa ação em prática, é preciso valorizar o relacionamento com o cliente. 

Afinal, imprevistos como esquecimentos e problemas no faturamento podem ocorrer, não é mesmo? 

Dessa forma, é importante tentar solucionar essas questões administrativamente com o devedor para preservar o relacionamento consumidor e empresa. 

O departamento comercial tentou negociar a dívida de forma amigável com o cliente e não obteve sucesso? Então, agora é o momento de lançar mão de novas estratégias para quitar essa dívida, saber como protestar um boleto é uma delas.

Como protestar um boleto vencido: o que é na prática?

Antes de saber como protestar um boleto vencido, é preciso compreender melhor o que significa realizar um protesto.

Um protesto nada mais é do que uma ação que formaliza o reconhecimento da inadimplência de uma pessoa. Dessa forma, comprova-se oficialmente que há uma dívida a ser paga. 

Previsto pela Lei Federal 9.492/97, o protesto é uma forma de cobrança extrajudicial que determina que o devedor salde sua dívida dentro de um prazo de três dias úteis contados da protocolização do boleto. Logo, caso isso não ocorra, o devedor pode ser protestado.

Vale destacar que quando um protesto acontece o nome do devedor fica registrado em cartório e também no SERASA e no SPC. Ou seja, a pessoa em questão perde o poder de crédito, e seu nome só retirado dos registros apenas mediante a quitação da dívida. 

como funciona o protesto de boleto

Como funciona o protesto de um boleto vencido na prática 

Agora que você já entendeu o que é um protesto, está na hora de saber como funciona o protesto de boleto, não é mesmo? Continue lendo e descubra como protestar um boleto vencido na prática!

O primeiro passo para efetuar esse processo é que sua equipe comercial tenha registros que documentem que exista uma fatura relacionada à venda de um produto ou serviço da sua companhia. Nesse quadro, os documentos mais comuns são as notas fiscais e os contratos. É fundamental que nesses registros conste o nome da pessoa devedora. 

Seu time já tem todas essas informações? Então, o próximo passo é encaminhá-las ao banco que emitiu o boleto ou a um cartório de Tabelionato de Notas e Protesto de Títulos. Em seguida, é preciso informar todos os dados do devedor, como RG, CPF e endereço. 

É possível também realizar esse processo online pela Internet por meio do Instituto de Protesto. Para tanto, é preciso que sua empresa esteja conveniada e ele. Dessa forma, é possível acessar o sistema e, assim, solicitar o pedido de protesto.  

Como funciona o protesto de um boleto para o devedor? 

Agora que você já sabe como protestar um boleto vencido na prática, é possível compreender o que acontece com o devedor após a solicitação. 

Logo após o requerimento, o devedor é informado por carta ou de modo presencial que um protesto foi aberto. Além desse aviso, a pessoa recebe o boleto com os valores reajustados da dívida e as despesas do cartório. 

Ciente disso, o devedor tem até três dias úteis para efetuar esse pagamento antes que ocorra o protesto. Se o prazo expirar, o cartório não poderá mais receber o valor. Dessa forma, o cliente inadimplente deve contatar a sua empresa para, assim, quitar a sua dívida. 

Logo, após isso ser feito, caberá a sua organização emitir uma carta de anuência notificando que o devedor saldou a dívida. Em seguida, a pessoa em questão deve levar esse documento até o cartório para cancelar o protesto. 

como protestar um boleto vencido

Como protestar um boleto vencido: conheça a importância dos boletos registrados 

Uma das práticas mais importantes para evitar eventuais casos de inadimplência é contar com métodos seguros de pagamento. Um deles é o boleto registrado

Em 2015, a Febraban anunciou novas regras no sistema de pagamento com o objetivo de assegurar agilidade e segurança em relação às transações. Isso porque, além da inadimplência, fraudes de boletos causaram enormes prejuízos às empresas. 

Isso era feito por meio dos golpes, pelos quais criminosos desviavam os valores para contas fraudulentas. Nesse cenário, o sistema de boletos não apresentava medidas eficazes que bloqueassem essas ações. Dessa forma, as novas regras do Febraban determinaram que todo boleto emitido deveria ser registrado em um banco. 

Logo, o banco também deveria atualizar todos os dados dos boletos registrados em uma central. Dessa forma, assim que o cliente realizasse o pagamento desse boleto de forma eletrônica, a operação só seria validada se os dados estiverem presentes nessa central. Caso não, o pagamento seria recusado. 

Nesse contexto, os boletos registrados apresentam vantagens valiosas, como:

  • protege contra fraudes;
  • diminui a inconsistência dos dados;
  • dificulta a duplicidade de pagamentos;
  • contribui para a melhora da inadimplência; 
  • possibilita que o pagamento seja efetuado em qualquer banco;
  • permite a atualização da data de vencimento, acabando com a necessidade da emissão de uma 2ª via do boleto;
  • promove a cobrança de protestos, já que esses documentos são vinculados ao CPF ou ao CNPJ do devedor.

Como protestar um boleto sem se preocupar

Muitas companhias acreditam que a obrigação dos boletos registrados gera mais burocracia e custos. Afinal, todo o processo precisa ser autenticado pelo banco. Para que sua empresa abrace essa prática sem se preocupar, basta que ela utilize um bom intermediador de pagamentos

Para isso, você pode contar com a iugu. Isso porque nossa plataforma já realizou a migração de todos os seus clientes para o sistema de registo. Para isso, não cobrou nenhum custo adicional, apenas o da compensação do boleto. 

Além disso, o boleto registrado na iugu conta com benefícios preciosos, como:

  • custo zero para boletos;
  • monitoramento de todas as etapas do pagamento;
  • cobrança da tarifa só se o boleto for pago;
  • agendamento da fatura.

Tudo isso acontece via online, com segurança, facilidade e com o menor preço do mercado! Se animou e quer entender melhor como funciona esse processo? É só clicar aqui e conversar com um de nossos especialistas, sem compromisso!