Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Vendas no WhatsApp: descubra como chegar a milhões de consumidores

73% dos usuário do WhatsApp têm interesse em fazer negócios utilizando o aplicativo, entenda como começar a usá-lo

Escrito em 08 de Julho de 2021 por Daniela Giglio

Atualizado em 02 de Agosto de 2021

O WhatsApp é uma das redes sociais mais populares no mundo. O app tem 120 milhões de usuários só no Brasil– dos quais 93% utilizam a ferramenta diariamente e 73% têm interesse em fazer negócios utilizando o aplicativo, segundo uma pesquisa da Mobile Time. Ou seja, se boa parte do público consumidor está nesse canal, por que não aproveitar todo o potencial das vendas no WhatsApp para começar ou expandir o seu negócio?

Está sem tempo para ler? Você também pode consumir este artigo na forma de áudio! Dê o play.

A facilidade de comunicação somada às chances de contato frequente, facilita a oferta de produtos diretamente pelo aplicativo de mensagens. Além disso, com o aumento do consumo online em 2020, o consumidor ficou mais exigente com o atendimento online. E, com isso, muitas empresas passaram a criar ou a melhorar seus canais de relacionamento para otimizar a experiência do cliente como um todo.

Os chats e mensagerias viraram também um ótimo ponto de conversão de vendas. Esse é o raciocínio por trás de tantas melhorias do WhatsApp na sua versão Business, que recebeu as transações comerciais em seu escopo de funcionalidades. "Sabemos que os usuários locais amam o WhatsApp e entendemos que o fornecimento deste recurso pode ajudar a acelerar a conscientização e a adoção de pagamentos digitais”, afirma o porta-voz do Facebook, grupo a que pertence o WhatsApp.

O crescimento das vendas pelo WhatsApp segue uma tendência mundial, puxada pela China com seus aplicativos de Chat-Commerce, modalidade semelhante a comprar via chat de atendimento. Segundo pesquisa do Facebook IQ “Facebook Seasonal Holidays Study”, 69% dos usuários avaliam que a compra por chat melhora a experiência do consumidor.

Isso é ainda mais real quando as marcas oferecem atendimento mais especializado no WhatsApp, conseguindo taxas de conversão de cerca de 20% de compras fechadas - enquanto que no e-commerce tradicional, essa taxa é, globalmente, 3%, segundo a Forbes

Hoje, uma empresa pode utilizar o WhatsApp para:

  • Oferecer produtos e serviços;
  • Fechar negócios;
  • Enviar faturas, cobranças e lembretes de pagamento;
  • Processar pagamentos online;
  • Enviar notificações dos pedidos (aprovação, separação, envio, etc);
  • Responder dúvidas (FAQ);
  • Manter o relacionamento com o cliente antes, durante e após a compra;
  • Receber feedbacks dos clientes;

Entenda, agora, mais como sua empresa pode começar a vender pelo Whatsapp e gerar mais receita por esse canal.

Como fazer vendas direto pelo Whatsapp?

A ferramenta WhatsApp é o principal canal de vendas de 84,7% dos empreendedores independentes do setor de vendas diretas, segundo pesquisa nacional de perfil dos empreendedores, desenvolvida por uma consultoria a pedido da Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD).

Apesar de ser mais popular dentre os pequenos negócios, o WhatsApp também é um canal de vendas de médias e grandes varejistas, sendo uma estratégia para aumentar a conversão no e-commerce. Nesse caso, a ferramenta é utilizada integrada ao e-commerce através de uma API.

Basicamente, para usar o WhatsApp como canal direto de vendas é preciso criar uma conta no WhatsApp Business e configurar as funcionalidades básicas, que vamos mostrar a seguir. A versão “Business” é melhor que a tradicional para os empreendedores, pois tem diversos recursos extras para ajudar na gestão de atendimento e vendas, como:

  • Perfil Comercial: os contatos serão notificados de que estão interagindo com uma empresa ou prestador de serviços, e terão acesso às informações do negócio, como horário de atendimento, endereço, site e e-mail que a empresa informar;

  • Catálogo de produtos: recurso que permite inserir fotos, descrição e preço de produtos num catálogo que o cliente poderá acessar ao tocar nas informações da conta no aplicativo;

  • Mensagens automáticas: você poderá configurar mensagens para automatizar respostas rápidas, como saudações, avisos, horário de atendimento e o que mais for necessário;

  • Selo de verificação: recurso exclusivo que permite a verificação da conta para maior segurança da empresa e dos clientes, evitando perfis falsos da sua empresa. Aparece como um ícone verde ao lado do nome da empresa nas conversas.

Agora, confira o passo a passo para gerar sua conta no WhatsApp Business e começar a vender por esse canal. Caso você já tenha um e-commerce, pule para o tópico “Integrações”.

Crie uma conta no WhatsApp Business

Criar uma conta no WhatsApp Business é bastante simples. O ideal é ter um número de celular exclusivo para o atendimento comercial, mas, se não for o caso, é possível implementá-lo no aparelho pessoal. Entretanto, todas as conversas do WhatsApp pessoal serão transferidas para o aplicativo Business, mistura essa que não é recomendada.

Em todo caso, baixe gratuitamente o aplicativo WhatsApp Business na loja de aplicativos do seu smartphone, e crie uma conta empresarial. Basta ir seguindo os passos guiados pelo aplicativo para aceitar os termos e fazer a inserção dos dados necessários.

Insira todas as informações sobre o seu negócio

Insira no seu perfil no WhatsApp Business todas informações úteis para seus clientes, como endereço, descrição, endereço de e-mail e site da sua empresa. Você pode editá-las nas configurações do aplicativo e deixá-las disponíveis para quem entrar em contato com você.

Três capturas de tela de iPhones com conteúdo sobre as vendas no Whatsapp, mostrando a criação de perfis para negócios, envio de mensagens pelo Whatsapp e a opção de respostas rápidas para perguntas frequentes.

Faça um Catálogo de Produtos

Para aumentar a interação com seus clientes via WhatsApp Business, e profissionalizar seus serviços, você pode usar o recurso de catálogo do aplicativo. 

Segundo o próprio WhatsApp, o catálogo é uma vitrine virtual em que as empresas podem exibir e compartilhar seus produtos e serviços com os clientes, funcionando como uma apresentação atrativa do que é oferecido pelo seu negócio. 

Além disso, o recurso evita o trabalho de ter que enviar fotos e detalhes de seus produtos individualmente, pois os clientes podem conferir todos os produtos acessando o catálogo no WhatsApp, sem precisar pedir a você ou ter que acessar um link externo.

Veja o tutorial de como gerar o catálogo no WhatsApp Business:

Gere um link para seu número de WhatsApp

Agora que você já tem um perfil completo e otimizado no WhatsApp Business, é hora de começar a divulgar seu contato, para que as pessoas comecem a utilizar esse canal do seu empreendimento. Afinal, as pessoas precisam saber que ele existe! O primeiro passo é gerar um link do seu número. 

Através dele, os possíveis clientes podem clicar e entrar em contato direto com você, sem precisar digitar ou salvar o seu número, sendo uma forma de facilitar essa primeira interação.

Para obter um link do seu número de WhatsApp, existem ferramentas gratuitas que fazem isso.

Insira o link em pontos estratégicos

Segundo um estudo da OmniChat, os links do WhatsApp podem ser inseridos em diversos pontos estratégicos para converter mais clientes realizando contatos. As opções vão depender de quais plataformas sua marca utiliza para chegar aos consumidores. 

Por exemplo, se você tem um site, é hora de colocar o botão com o link do WhatsApp em pontos como a Página Inicial, Páginas de Produtos, Carrinho de Compras e Checkout de Pagamento. Dessa forma, seu cliente poderá entrar em contato tanto para compras quanto para tirar dúvidas em páginas específicas. Pode ser tanto um botão na página, quanto um pop-up ou um banner, por exemplo. Essa decisão dependerá de estudos sobre seu site e testes do que funciona melhor com seus clientes.

As redes sociais também são uma boa opção de lugares onde colocar botões de contato pelo WhatsApp. Use a estratégia para atrair mais clientes e não deixe de avaliar os resultados.

Realize o atendimento e gestão de pedidos

Tudo configurado, você precisa de fato começar a atender as pessoas que chegam até seu número e enviam mensagem. Procure criar uma forma de atendimento que encante seu consumidor e organize a logística de entrega dos pedidos ou da prestação de serviços! 

Para te ajudar com sua organização nos negócios, preparamos um e-book exclusivo: Administração de lojas virtuais: o guia completo para iniciantes. Baixe já!

Integrações do WhatsApp

Se você possui um e-commerce, não precisa seguir todo o passo a passo anterior de criação manual de conta. No caso, o ideal é integrar o WhatsApp Business por API à sua plataforma de vendas e sistemas que utilizar - como ERP e CRM - para facilitar a gestão de pedidos e ser verdadeiramente omnichannel. 

Para isso, é preciso buscar soluções no mercado que disponibilizam essa API para integração. O Facebook tem uma lista oficial de quais são esses provedores da API do WhatsApp Business e você pode consultá-la aqui. Esses serviços geralmente são pagos, mas trazem diversas funcionalidades extras que podem ajudar seu negócio a ganhar tração e velocidade, como:

  • Chatbots;
  • Personalização;
  • Integração com plataformas de suporte ao cliente;
  • Múltiplos atendentes em um só número;
  • Relatórios e Histórico de conversas.

Whatsapp Pay: usar ou não?

Em junho de 2020, o WhatsApp lançou sua ferramenta de pagamentos nativa, o WhatsApp Pay, visando facilitar as vendas pelo próprio aplicativo. O novo sistema permite transferências para outras pessoas e pagamentos no cartão de débito dentro do aplicativo. Os pagamentos acontecem dentro de uma função chamada Facebook Pay, que é dona do aplicativo de mensagens, em parceria com a operação da Cielo no Brasil.

O envio de pagamentos está disponível tanto no WhatsApp Messenger (o comum) quanto no Business, e é uma funcionalidade gratuita para enviar pagamentos. No entanto, negócios com conta WhatsApp Business poderão pagar taxas, ainda não divulgadas.

Neste artigo, explicamos o passo a passo para habilitar a funcionalidade de pagamentos e começar a usá-la em sua conta pessoal ou comercial do WhatsApp. Confira!

Agora, vamos falar mais sobre os prós e contras de usar o WhatsApp Pay como ferramenta de pagamento no seu negócio.

Prós e contras do WhatsApp Pay

No cenário de vendas diretas pelo WhatsApp, a proposta de haver um processador de pagamentos dentro do próprio canal de vendas é bastante interessante e foi uma boa sacada da companhia em adicionar esse elemento ao potente ecossistema que o WhatsApp já vinha criando entre os empreendedores.

Torna-se bastante prático conversar com o cliente, mostrar produtos e já fechar negócio direto pelo aplicativo, facilitando o fluxo da venda.

Além disso, o Facebook, dono do aplicativo de mensagens, também oferece outras soluções para os empreendedores venderem mais pela internet, o que pode ser, no conjunto, uma boa estratégia.

Entretanto, a ferramenta de pagamentos pelo WhatsApp Pay ainda é bastante limitada, e aqui vão os motivos:

  • Ela ainda está em fase experimental, tendo poucos meses de existência, o que deixa no ar se ainda vão haver melhorias futuras;

  • As empresas e comerciantes com CNPJ vão precisar pagar uma taxa de pelas transferências; da mesma forma que as maquininhas de cartão;

  • O único método de pagamento aceito no aplicativo é o débito à vista, não abrindo possibilidade à vendas no crédito/parceladas até o momento;

  • De acordo com o que foi divulgado até agora, os pagamentos funcionarão apenas dentro do próprio aplicativo - sem possibilidade de incorporá-lo a outros sites, o que dificulta a conciliação de pagamentos para donos de e-commerce;

  • O WhatsApp é uma rede social controlada pelo Facebook. Vale lembrar que a companhia já esteve envolvida em diversos casos de vazamento de dados, o que pode gerar dúvida e insegurança no consumidor na hora de inserir dados sensíveis de pagamento, como número de cartão, no aplicativo.

No ponto de vista operacional, o fato do WhatsApp Pay só processar pagamentos por débito é seu maior “defeito”. Isso dificulta a venda de produtos de um ticket médio maior, pois não dá flexibilidade de parcelamento ao cliente. 

Isso vai na contramão das preferências do consumidor brasileiro, que tem uma forte tendência a parcelar suas compras - segundo pesquisa da OpinionBox 2021, 82% dos compradores têm esse hábito, sendo que 41% parcelam sempre que podem.

Além disso, a pesquisa revela que o cartão de crédito ainda é o meio de pagamento preferido de 67% dos brasileiros, mas não é possível pagar no crédito ou parcelado pelo WhatsApp Pay.

Dessa forma, se sua empresa está crescendo e você pensa em otimizar as vendas, seja pelo Whats ou de outras formas, é importante contar com uma plataforma de pagamentos profissional. 

Ela trará funcionalidades completas para suas cobranças, como: mais formas de pagamento (emissão de boletos, Pix, cartão de crédito, parcelamentos), criação de assinaturas e planos de automação de pagamentos, painel de controle dos recebíveis e muito mais.

Veja mais detalhes a seguir!

Entenda como melhorar seus Pagamentos no WhatsApp

Você deve estar se perguntando, então, como cobrar pelo WhatsApp sem depender somente da ferramenta nativa de pagamentos, já que ela é bastante limitada.

Conforme eu te contei no tópico anterior, a solução é buscar uma plataforma especializada em pagamentos digitais para ajudar seu negócio a cobrar e receber a partir de mais recursos, segurança e controle. 

Com ela, você poderá gerar faturas em links de pagamento, que seu cliente poderá receber pelo WhatsApp e concluir a transação com facilidade. Na iugu, nós temos esses recursos, e agora vamos explicar como funciona!

Mas, como funciona o link de pagamento?

O link de pagamento é uma URL exclusiva que você gera dentro da plataforma financeira, vinculando-a a uma cobrança para seu cliente.

Nela, você insere o valor, produto, condições de pagamento e dados da empresa. Depois, é só copiar e colar o link para o cliente na conversa do WhatsApp.

Quando seu cliente recebe o link pelo WhatsApp, ou qualquer outro canal digital, basta ele clicar, escolher a forma de pagamento de sua preferência e concluir a compra.

A vantagem é que, pelo link de pagamento, você pode aceitar pagamentos por cartão de crédito (com ou sem parcelamento), além de Pix e Boleto também, dando flexibilidade para o seu cliente usar o meio de sua preferência.

Além disso, outra vantagem é que, com a plataforma de pagamentos, você aproveita mais serviços para te ajudar na administração financeira, como:

  • Painel de vendas com status dos pagamentos;
  • Ferramentas de controle de inadimplência;
  • Pagamento de contas;
  • Recursos para enviar cobranças de forma automatizada;
  • Financeiro organizado em relatórios em tempo real.

A iugu é uma plataforma financeira que pode ajudar seu negócio a vender mais, com todos esses recursos citados, seja por WhatsApp, e-commerce ou outros modelos de negócio. Com certeza, suas vendas poderão escalonar muito mais com a ajuda de uma ferramenta profissional para seus meios de pagamento.

Conheça nossos planos e aproveite para solicitar nosso contato para avaliarmos como podemos ajudar a impulsionar o seu negócio! 

Experimente Grátis