Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica, não sejam MEI e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Indiquei um cliente pelo programa de Afiliados. Como eu posso consultar minha indicação?

Você pode consultar sua indicação no Painel do Indicador.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Quero ser cliente

Saiba como gerar um link de pagamento eficiente

Entenda como utilizar a tecnologia dos links de pagamentos de forma eficiente para beneficiar suas vendas!

Escrito em 17 de Dezembro de 2020 por Patrick Negri

O link de pagamento tem sido uma solução muito utilizada e bem avaliada pelos negócios digitais, principalmente nas pequenas e médias empresas. Afinal, apesar de todos os desafios, a inovação tecnológica tem feito muito bem o seu papel no que diz respeito à entrega de soluções relevantes para esse público.

O setor de pagamentos, por sua vez, é o que mais se expande em meio a todos os outros setores tão relevantes quanto, como gestão financeira, seguros, investimentos, câmbio e remessas, funding e até mesmo empréstimos. 

Os dados do último Radar FintechLab podem comprovar isso. Publicado em agosto de 2020, a pesquisa apresenta 190 iniciativas de pagamentos em 2020, contra 151 iniciativas na versão anterior, o que representa um crescimento de 26% em apenas um ano. 

Uma das novidades mais relevantes trazidas por algumas dessas 190 iniciativas no último ano foi o link de pagamento — e é por esse motivo que falaremos sobre ele neste artigo. 

Continue conosco e aprenda tudo sobre essa solução que pode facilitar a dinâmica do seu negócio!

O que é link de pagamento?

Como o próprio nome já sugere, o link de pagamento é um endereço URL que encaminha o cliente direto para uma página segura de pagamento. Nesta página, ele pode finalizar a compra de forma simples e rápida preenchendo poucos dados, como seu nome, o endereço de entrega e o método de pagamento.

É uma solução muito interessante para todos os tipos de negócios, mas principalmente para aqueles que atuam assiduamente no comércio contextual.

A estratégia por trás do comércio contextual é tornar possível e simples a compra de qualquer coisa, independente do que o usuário esteja fazendo no momento ou do seu tipo de navegação. 

Ou seja, navegando nas redes sociais, por exemplo, um usuário pode se deparar com a exposição e o anúncio de um produto que ele se interessa e decide comprar naquela mesma hora. 

Então, ao tomar a decisão de compra, o envio de um link de pagamento viabiliza que a venda seja realizada rapidamente, sem a necessidade de se conectar diretamente ao site da empresa. 

Como funciona o link de pagamento?

E é exatamente aí que acontece toda a mágica do link de pagamento: ao se deparar e se interessar por um produto em qualquer parte da internet, o cliente pode finalizar a compra ali mesmo. 

Não é necessário entrar em outro site, colocar o produto desejado no carrinho, fazer um longo cadastro e só depois de todos esses processos, finalmente finalizar a compra. 

Ao clicar em “comprar”, por exemplo, o cliente automaticamente recebe o link de pagamento pelo chat da rede social ou no seu e-mail e vai direto para a página de conclusão da compra.

O link de pagamento, portanto, também diminui a desistência de compras, já que não é necessário o preenchimento de diversos dados na criação de longos cadastros. 

Quais são os benefícios do link de pagamentos?

pessoa preparada para realizar uma compra online a partir de um link de pagamentoOs links de pagamento podem diminuir a taxa de  desistência de compra.

Os negócios que se utilizam do link de pagamentos classificam os benefícios mais relevantes, como: 

  • Venda nos meios digitais 
  • Segurança e facilidade de criação e uso 
  • Personalização e variedade de pagamento 
  • Cobrança de inadimplentes 

A seguir, entenderemos melhor cada um deles. 

Venda nos meios digitais

Não é novidade para ninguém que a venda online está em constante crescimento, já que ela tem sido cada vez mais aderida pelos clientes, não é mesmo?

Por isso, estar presente em múltiplos canais, como nas redes sociais (Instagram, Facebook, WhatsApp, entre outras) é essencial para a divulgação e a comercialização dos produtos e serviços de uma empresa. 

Aqui, é importante lembrar que meios como e-mail e SMS também não podem ser esquecidos.

E então, por meio de todas essas entradas, é possível concluir uma venda graças ao link de pagamento. Ou seja, todo o processo de compra e venda é concluído rapidamente, o que garante a satisfação tanto do cliente quanto do empreendedor.

Segurança e facilidade de criação e uso

Geralmente, nas plataformas de pagamentos, criar um link de pagamento para compartilhar com o cliente é muito fácil, sendo necessária apenas a adição do valor.

Quanto à segurança, também não há muito com o que se preocupar, uma vez que as fintechs que oferecem essa solução devem seguir o que chamamos de Política de Proteção ao Vendedor

Para se ter uma melhor noção, a segurança e a eficiência do link de pagamento pode ser comparada com a da maquininha de cartão. O vendedor “estende” a ferramenta de pagamento e o cliente “insere” seu cartão para finalizar a compra.

Personalização e variedade de pagamento

Ao configurar o link de pagamento, é possível adicionar o logo da empresa e mensagens de instruções para o cliente. Além disso, após a confirmação do pagamento, você também pode configurar mensagens com o resumo da compra e com um agradecimento, por exemplo.

Ao abrir o link, o cliente também pode se deparar com diversas opções de pagamento, como cartão de crédito, cartão de débito, boleto e transferência, por exemplo. 

E não é só o cliente que tem poder de escolha nos sistemas de links de pagamentos! 

O vendedor também pode negociar, junto à plataforma, as melhores formas de recebimento das vendas, antecipando recebíveis, por exemplo. 

Cobrança de inadimplentes

Como se não bastassem todos esses benefícios, ainda temos a cereja do bolo: o link de pagamento também pode ser uma maneira eficiente e bem sucedida de cobrar seus clientes inadimplentes!

É só criar um link de pagamento com o valor a ser cobrado e enviar para o cliente pelo canal que for mais viável tanto para ele, quanto para a empresa. 

É uma ótima forma de notificar o cliente sem parecer agressivo ou insistente. Ao receber o link com uma mensagem personalizada, além de ser lembrado, o cliente também irá se deparar com uma facilidade muito grande para quitar sua dívida.

Quem pode usar o link de pagamentos?

pessoa realizando uma compra a partir de um link de pagamentoUm link de pagamentos pode facilitar a experiência de compra do cliente

O link de pagamento, além de rápido e eficiente, também é muito versátil e pode ser usado pelos mais diversos segmentos do mercado para a comercialização tanto de produtos, quanto de serviços.

Ou seja, o link de pagamento funciona tanto para a venda de bens de consumo (roupas, sapatos, acessórios), como para a venda de serviços (dentistas, esteticistas, cabeleireiros). Isso porque ele pode ser gerado para o pagamento de literalmente qualquer coisa

E mais! Não podemos esquecer que para utilizar o link de pagamento, a empresa não precisa, obrigatoriamente, ter um e-commerce. Lojinhas no Instagram e Facebook também podem cobrar via link de pagamento, o que democratiza ainda mais o seu uso. 

Como gerar link de pagamento?

Gerar um link de pagamento é um processo extremamente simples e rápido na maioria das plataformas que oferecem o serviço.  

  1. Entrar na solicitação de compra
  2. Abrir o sistema de pagamentos
  3. Inserir o valor da venda
  4.  Liberar as formas de pagamento que serão disponibilizadas ao cliente
  5. Confirmar a criação do link

Então, o link de pagamento é criado e pode ser facilmente copiado ou compartilhado com o cliente por meio do canal no qual ele estiver realizando a compra.

Geralmente, assim que o cliente realiza o pagamento e a transação é confirmada, a venda já aparece no sistema, que disponibiliza um extrato muito claro e organizado de todas as vendas realizadas, entre outros serviços prestados. 

É importante prestar bastante atenção nas datas e nas formas de recebimento dos valores faturados. 

Isso porque as plataformas cobram diferentes taxas para a realização desse repasse, dependendo do tipo da transação, do prazo e se a transferência do dinheiro para a conta do empreendedor será ou não adiantada.

Qual o melhor link de pagamento?

Atualmente, existem diversas fintechs que oferecem a funcionalidade que permite criar e cobrar via link de pagamento

Dentre tantas opções, na hora da escolha da plataforma que vai oferecer essa solução ao seu negócio, é importante estar atento às seguintes questões: 

  • a segurança e a estabilidade que a plataforma oferece;
  • se a sua robustez e se as suas funcionalidades são compatíveis com o seu tipo de negócio;
  • quais formas de pagamento são aceitas (bandeiras de cartão, boleto, transferência etc.);
  • quais são os valores das taxas cobradas em cada compra;
  • quais são os valores das taxas para a antecipação de recebíveis

Esses são fatores importantes que devem ser levados em consideração na hora de contratar uma plataforma de pagamentos. E nós, da iugu, nos preocupamos muito com cada um desses fatores. 

Por isso, a iugu oferece uma plataforma de pagamentos completa, inclusive com a possibilidade de criação de links de pagamentos de uma forma muito eficiente. 

Se interessou? Veja como a infraestrutura da iugu se adapta ao seu modelo de negócio e possibilita maior segurança e tranquilidade nas transações financeiras! 

Falar com consultores