Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Vendas low touch: veja se vale a pena adotar esse modelo

Entenda o que é um modelo de vendas low touch, veja seus benefícios e avalie se ele vale a pena em seu negócio.

Escrito em 08 de Outubro de 2020 por Marcos Madureira

Atualizado em 01 de Fevereiro de 2021

O perfil do consumidor mudou. Afinal, hoje as pessoas estão superconectadas, muito bem-informadas e querem que seu processo de compra aconteça de forma dinâmica e fluida. Desse modo, contar com estratégias que otimizem essa jornada, como adotar um modelo de vendas low touch representa uma inteligente solução.

Esse fato se torna ainda mais real se você, gestor, tiver um pequeno ou médio negócio e contar com processo de vendas simples. Isso porque um modelo de vendas mais complexo exige mais recursos, como mostra a imagem abaixo.

vendas low touch

Para entender como em que se baseia o modelo de vendas low touch e conhecer seus principais benefícios, basta seguir com sua leitura! 

O que é um modelo de vendas low touch?

Um modelo de vendas low touch é aquele que quase não precisa de interação humana para acontecer. Em outras palavras, para efetuar a compra, a intervenção de um representante comercial se faz pouco necessária. 

Para essa estratégia ser colocada em prática de modo eficiente, é preciso contar com um sistema que automatize os processos. Isto é, que substitua as tarefas manuais e repetidas realizadas por um agente humano. 

Quais são os benefícios do modelo de vendas low touch?

O modelo de vendas low touch conta com benefícios bastante relevantes, como:

1. Diminui o CAC

O empreendedor e investidor David Skok avaliou uma série de fatos em relação à complexidade do processo de vendas e do Custo de Aquisição do Cliente (o CAC). Assim, ele percebeu que esse valor pode diminuir (ou crescer) muito dependendo do modelo de vendas aplicado.

De modo simples, isso significa que o CAC de um modelo com quase nenhuma interação com o vendedor pode ser 10 vezes mais barato que o de um inside sales, por exemplo.

Em outras palavras, isso quer dizer que a redução do CAC é o benefício mais direto de adotar o modelo de vendas low touch. 

Essa estratégia ainda pode impulsionar o seu negócio, a partir do momento que os recursos que seriam investidos para reduzir esse custo podem ser direcionados para outras áreas de sua organização. 

2. Otimiza o tempo de vida do cliente

O custo de aquisição de clientes tem uma relação crucial com o LTV, ou seja, como o tempo de vida do cliente. Isto é, um negócio só gera lucro e é viável se o CAC for menor que o LTV. Logo, quanto maior for o LTV em relação o CAC, melhor. 

Nesse contexto, é importante enfatizar que o modelo de vendas low touch potencializa o intervalo entre o LTV e o CAC. Sendo assim, esse configura outro benefício de adotar esse método. 

3. Melhora a experiência dos clientes 

De acordo com artigo publicado na Forbes que analisou a experiência do cliente e seu grau de satisfação com base em pesquisas, 50% das pessoas preferem interagir com um chatbot em vez de um representante humano. 

vendas low touch

Esse fato nada mais é do que um forte indicativo de que quanto mais as empresas investirem em soluções tecnológicas eficientes que promovam a dinamicidade os processos, mais elas tendem a ganhar. 

Tanto que quase 80% das companhias americanas acreditam que a inteligência artificial permitirá que os canais de atendimento ofereçam experiências consistentes e ágeis. 

Nesse sentido, vale destacar também que a implementação desse modelo de vendas também melhora a satisfação dos clientes pois esse método geralmente é acompanhado pela construção de uma comunidade online. 

Nela, o número de interações entre clientes para descobrir soluções acontece bastante é alto, logo, a quantidade de contatos feitos por meio do atendimento também diminui. Assim, como um resultado direto, o nível de insatisfação também é reduzido. 

Como adotar o modelo de vendas low touch em seu negócio?

Para adotar o modelo de vendas low touch em seu negócio, é essencial aplicar seus recursos em um sistema que automatize processos. Nesse sentido, devemos ressaltar que apesar da inteligência artificial e das inovações tecnológicas valorizarem esse modelo, para ele funcionar, de fato, é preciso também investir em experiência humana. 

Em outras palavras, você precisa investir em um bom time de marketing. Afinal, ele servirá como uma ponte entre as suas vendas e os clientes. Assim, deverá dispor de estratégias eficientes para atrair visitantes e leads por meio do inbound marketing, do marketing de conteúdo e de outras táticas de marketing digital

Dica para potencializar as vendas low touch

Como visto neste post, o consumidor atual quer ter uma boa experiência de compra. Nesse cenário, além de adotar o modelo de vendas low touch, lançar mão de outras estratégias que contribuam para essa experiência representa uma boa ideia. 

Nesse quadro, quanto mais você diminuir as barreiras entre o cliente e a compra, melhor. Isso pode ser feito, por exemplo, se o seu negócio oferecer um checkout transparente. Por meio dele, o cliente não é direcionado para outra página para efetuar o pagamento, o que configura um dos principais motivos para o abandono de carrinho. 

Para isso, você pode contar com a iugu, uma plataforma de pagamentos digitais referência no mercado. Com ela, praticamente não há erros manuais na hora de cobrar multas e juros, pois o sistema é automatizado, assim como conta com uma API completa para que você possa integrar outros sistemas sem precisar de intervenção humana!

Ficou interessado? Então, clique aqui e converse sem compromisso com um dos experts da iugu. Ele estará totalmente preparado para entender o seu momento e o seu modelo de negócios e, assim, poderá oferecer as soluções que melhor se alinhem a ele. 

Aproveite também, para saber tudo sobre vendas low touch. Para isso, basta baixar, de forma totalmente gratuita, o e-book: “Construindo um processo de vendas low touch”. Boa leitura! 

Crédito da foto de capa: Blogging Wizard