Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Como o customer experience contribuirá para o sucesso do seu negócio?

Escrito em 09 de Dezembro de 2019 por Redação iugu

Atualizado em 29 de Janeiro de 2021

Se o comportamento do consumidor mudou nos últimos anos, mudou também a forma de acompanhar e avaliar seu grau de satisfação enquanto cliente. Por isso a expressão customer experience (CX) tem se destacado quando o assunto é oferecer um atendimento diferenciado.

Os produtos ou serviços de qualidade já não são mais suficientes para garantir as vendas e a fidelidade dos clientes. É fundamental criar uma estrutura de encantamento que facilite e estimule a jornada de compras.

Neste post vamos falar de um conceito que tem o foco no cliente e em toda a relação que ele inicia, constrói e mantém com a marca — quem faz uso do CX se beneficia ao manter o ciclo de vida do cliente ativo, abrindo vantagem competitiva no mercado!

O que é customer experience?

A tradução literal de Customer Experience (CX) é experiência do cliente, mas não podemos atribuir ao termo uma definição específica, uma vez que ele abrange tudo que estiver relacionado à experiência que o cliente tem em relação à marca de uma empresa.

Devemos entender, então, que o conceito e a aplicabilidade do CX têm foco contínuo nas percepções, interações e sensações que o cliente tem com os recursos e as ferramentas que a empresa disponibiliza em seu atendimento.

O customer experience entende que o cliente está no centro do negócio e que todas as estratégias desenvolvidas devem canalizar a atenção para os desejos, as expectativas e as exigências de cada cliente — um cerco de carinho e protagonismo que pode gerar excelentes resultados de vendas.

Quais as principais vantagens do customer experience para a empresa?

Quem não deseja um tratamento diferenciado e personalizado? Não se pode negar o quanto a tecnologia e a transformação digital influenciaram o comportamento do consumidor.

Os empreendedores visionários que perceberam, antecipadamente, esse movimento, trataram de investir em canais de vendas online, surgindo e-commerces diversificados e tão repletos de possibilidades.

Os lojistas físicos, percebendo a inovação e com a perda de clientes para a virtualidade, logo migraram também seus negócios e iniciaram um novo capítulo, disponibilizando produtos e serviços em mais de um canal.

Quem foi além e percebeu que era possível melhorar ainda mais a experiência do cliente colhe agora os frutos e se beneficia com algumas gratificações, veja!

Garante mais credibilidade ao cliente

Se a empresa vai além de um bom produto ou serviço e se preocupa com o cliente em todas as etapas — acesso, navegação, facilidade de localização e segurança na finalização da compra — demonstra ao cliente que está preparada para sempre oferecer uma boa experiência.

Fideliza o seu público

São muitos os negócios abertos nos últimos tempos, e é exatamente por acreditar na marca e no que ela tem a oferecer além do negócio que os clientes se fidelizam.

Os cuidados com o ciclo de vida e o acompanhamento contínuo dessa jornada colaboram sistematicamente para o aumento do ticket médio. As soluções práticas, dinâmicas e seguras, quando oferecidas aos clientes, são um chamariz e motivos consistentes para a fidelização.

Reduz custos

Aumentar a receita foi e é ainda umas das maiores preocupações de gestores para manter o negócio ativo e próspero. Acontece que, invariavelmente, as despesas e os custos estão atrelados aos ganhos de uma empresa.

Quando o customer experience entra em prática, a tendência é que a empresa reestruture as estratégias e, com isso, filtre melhor suas ações — o investimento será mais bem direcionado e validado pelo retorno que o cliente dá no seu volume de compras.

Oferece mais vantagem competitiva

Por mais que a concorrência ofereça preços e produtos de qualidade, o novo consumidor quer mais — antes, durante e depois da compra — para se sentir engajado e disposto a gastar em uma loja.

Por isso, antecipar-se ao consumidor para descobrir seus desejos e compreender suas dores sobre a necessidade de um serviço ou produto é o gatilho do customer experience.

O trabalho é amplo e vai desde o primeiro contato com o cliente, quando ele ainda não conhece bem a marca ou o que a empresa tem a oferecer, passa pela jornada de compra propriamente dita e permanece no pós-vendas, garantindo uma experiência única e confortável.

Como aplicar estratégias de customer experience?

Conquistar e manter a fidelidade do cliente não quer dizer que será assim para sempre. Pode ser que um concorrente tenha ideias tão boas ou até melhores. Ser estrategista é se manter atento aos passos do cliente continuamente.

Criar laços emocionais

Quem entende o cliente entende também suas dores e necessidades. É nesse momento em que ele procura amparo e solução para os problemas que sua empresa pode vencer e estreita os laços.

A afetividade no tratamento do cliente e os esforços para atendê-lo em totalidade são fios condutores que levam ao sucesso.

Cumprir com prazos

Se você deseja um cliente fiel e multiplicador, cumpra os prazos. Se estamos falando de desejo, necessidade e expectativa, nada pior que prometer uma entrega e não cumprir o prazo.

Trabalhar com a margem de erros e os riscos de atrasos é essencial para assegurar uma previsibilidade de atraso sem afetar o compromisso com o cliente.

Adotar a cultura omnichannel

A cultura omnichannel é uma prática de integração dos canais de vendas — comprar na internet e retirar na loja, ou devolver na loja física uma mercadoria comprada pela internet — que pode alavancar as vendas.

Pensar nessas facilidades dá ao cliente a sensação de conforto com a certeza de que tem à sua disposição diversos meios de compras de uma marca desejada ou preferida.

Treinar a equipe

Uma equipe bem treinada e em sintonia colabora para o desempenho da empresa. A comunicação e a padronização dos processos e do atendimento devem ser estimuladas dentro da empresa e, assim, contagiar quem vem de fora.

Um cliente percebe quando a equipe está satisfeita e tem domínio do negócio e das atividades que está desempenhando. A excelência no atendimento, mesmo com tantas ações inovadoras, é ainda um dos mais fortes trunfos na relação com o cliente.

Contar com uma boa ferramenta de automação

Um negócio se fortalece não apenas por uma ação, mas por um conjunto delas. Ter um bom produto e garantir a excelência no atendimento é importante, mas o cliente carece de garantias práticas e burocráticas.

A isso se soma a tranquilidade de inserir os dados pessoais na hora de realizar o checkout de pagamento, com a certeza de que receberá a mercadoria de forma segura ou contará com o funcionamento dos serviços contratados.

Para isso, os recursos de automação devem estar à altura das ofertas e promessas. Garantir segurança e ser surpreendido por uma das famosas ações fraudulentas do cartão de crédito, por exemplo, é contribuir para a perda da credibilidade.

Transtornos e insatisfação são sentimentos que devem ser combatidos para resguardar os clientes dos dissabores. Uma ferramenta de automação, que seja otimizada e integrada, pode ser de grande utilidade nesse sentido.

O customer experience ganhou notoriedade e um caminho sem volta devido à consciência de que essa estratégia pode conduzir a empresa a diversos lugares, sempre focado no objetivo final: a total satisfação do cliente e o sucesso do negócio.

Se você gostou deste post, que tal ter acesso a mais conteúdos sobre esse e outros assuntos relacionados? Basta seguir a gente nas redes sociais: estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn, YouTube e Twitter!