Previsibilidade financeira: entenda a importância para as empresas

Escrito em 16 de Maio de 2024 por Lidiane Oliveira

Atualizado em 16 de Maio de 2024

Escute agora todo o conteúdo do blog post Previsibilidade financeira entenda a importância para as empresas
8:04

A previsibilidade financeira ajuda a antecipar crises e identificar oportunidades de investimentos no negócio. Também auxilia no provisionamento de caixa e na manutenção da saúde do negócio. Aprenda a fazer em 6 passos! 

Análise da saúde do negócio, controle de fluxo de caixa, atenção às oportunidades de melhoria e aos sinais de alerta. Estes são apenas alguns dos benefícios de trabalhar com previsibilidade financeira

A verdade é que a prática, que permite antever recebimentos e débitos, e, portanto, estimar o volume financeiro disponível em curto, médio e longo prazo, é uma ferramenta essencial para diagnosticar o desempenho econômico do negócio e possibilitar tomadas de decisão fundamentadas em fatos e dados.

Se você reconhece a importância do planejamento financeiro, mas não sabe ao certo por onde começar, continue a leitura. Neste artigo, explicamos o conceito, sua importância e os caminhos para dar o primeiro passo. 

O que é previsibilidade financeira? 

Previsibilidade financeira é o resultado de um conjunto de ações que visam à compreensão das finanças da empresa. Este tipo de controle financeiro ajuda a entender a origem das entradas e saídas de dinheiro em diferentes momentos do negócio, facilitando um diagnóstico sobre a performance da empresa e embasando tomadas de decisão futuras.

Entre as ações que ajudam a obter a previsibilidade financeira (sobre as quais falaremos em detalhes ao longo deste artigo), estão: 

  • detalhamento do fluxo de caixa;
  • conciliação financeira;
  • avaliação de sazonalidades;
  • comparação de resultados anteriores;
  • acompanhamento próximo dos cenários do mercado e do país. 

Por que a previsibilidade financeira é importante para as empresas? 

Fazer a previsibilidade financeira é essencial para empresas que buscam: 

  1. provisão de caixa;
  2. identificação prévia de oportunidades de crescimento;
  3. antecipação de crises;
  4. crescimento sustentável.

1- Provisão de caixa

Com uma boa previsibilidade financeira, ou seja, o entendimento do cenário econômico do negócio em médio ou longo prazo, a provisão de caixa se torna mais objetiva e realista. 

Em resumo, provisionar o caixa significa prepará-lo para eventos futuros, fazer uma reserva capaz de suportar crises, gastos ou eventos com impacto direto no negócio. 

Um bom exemplo são os períodos de baixa nas vendas em marketplaces e e-commerce (meses em que não há datas comemorativas ou que estimulam as compras).

2- Identificação prévia de oportunidades de crescimento

Outro ponto que destaca a relevância da previsibilidade de caixa é a identificação de oportunidades de crescimento em tempo hábil. 

Imagine, por exemplo, que a previsibilidade e o controle financeiro apontam que, em 6 meses, as vendas podem duplicar (considerando elementos como fluxo de crescimento, análise de mercado e tendências relatoriais). 

A consciência sobre a perspectiva pode embasar a decisão de investir em uma nova loja, escalar o serviço ou adquirir equipamentos.

3- Antecipação de crises

De igual maneira, a previsibilidade pode acender um alerta prévio para a possibilidade de crises, quedas no faturamento ou prejuízos por inadimplência, por exemplo. 

Nesse caso, o entendimento prévio ajuda a desenhar planos de contingência e atuar para mitigar os prejuízos antes que impactem negativamente os resultados da empresa.

4- Crescimento sustentável

Por fim, a previsibilidade financeira é uma aliada essencial para o crescimento sustentável do negócio. Afinal, pense com a gente: aproveitar oportunidades para crescer somado à antecipar crises e trabalhar para reduzir prejuízos só poderia resultar nisso, concorda?

6 passos para ter previsibilidade financeira na sua empresa 

Para otimizar sua gestão financeira por meio da previsibilidade, siga os passos abaixo: 

  1. Acompanhe detalhadamente o seu fluxo de caixa;
  2. Use recursos complementares, como a conciliação financeira;
  3. Estabeleça padrões de faturamento e performance, considerando fatores como as sazonalidades;
  4. Crie metas realistas e atingíveis;
  5. Acompanhe o mercado;
  6. Use a tecnologia a seu favor.

1- Acompanhe detalhadamente o seu fluxo de caixa

Controlar detalhadamente suas entradas e saídas não é preciosismo. Trata-se de uma boa prática recomendada para quem quer uma previsibilidade financeira confiável. 

Sendo assim, monitore diariamente a movimentação de capital, anote o que recebe, o que paga e o que deve e consolide os resultados periodicamente em um relatório financeiro

2- Use recursos complementares, como a conciliação financeira

Para facilitar o acompanhamento das movimentações da empresa e reduzir as chances de erro ou invalidação de operações, use recursos de apoio, como a conciliação financeira

A ferramenta ajuda a conferir se todas as operações de vendas, inclusive as realizadas por meio de intermediários (como as operadoras de cartão de crédito) foram, de fato, processadas e aprovadas. 

Caso identifique alguma inconsistência no processo, há tempo para contestação sem que haja prejuízo. 

3- Estabeleça padrões de faturamento e performance, considerando fatores como as sazonalidades

Uma boa previsibilidade financeira se pauta, também, em padrões estabelecidos com base em análise de dados (aqui, novamente, a importância do relatório financeiro ganha destaque) e fatores como sazonalidade (períodos historicamente marcados por vendas mais ou menos volumosas). 

4- Crie metas realistas e atingíveis

Para estimular uma performance positiva, crie metas e objetivos que guiem o time. Vale lembrar, porém, que a essência da previsibilidade é o embasamento em dados. Portanto, suas metas também devem ser pautadas em resultados viáveis e realistas. 

Dica: trabalhe a metodologia SMART para desenvolver metas específicas, mensuráveis, atingíveis, realistas e baseadas em tempo!

5- Acompanhe o mercado

Muitas vezes, oscilações mercadológicas são antecipadas por especialistas e gestores antenados aos movimentos do setor. Que tal se tornar, também, um profissional atento ao cenário da sua empresa?

Acompanhe notícias e análises para entender o fluxo e se preparar para as movimentações econômicas do mercado. 

6- Use a tecnologia a seu favor

Atualmente, quem não incorpora a tecnologia e suas funcionalidades na rotina fica para trás. Isso porque os recursos disponibilizam uma série de alternativas para simplificar, automatizar e integrar dados. Assim, tornam o acompanhamento, a identificação de tendências e o desenvolvimento de planos de ação muito mais fluidos e sistemáticos. 

No cenário financeiro, não é diferente. As melhores ferramentas ajudam a gerenciar múltiplos meios de pagamento, obter relatórios e dados sobre a performance do negócio e ainda oferecem soluções com impacto direto na experiência do cliente. 

Como a tecnologia financeira apoia a previsão de caixa?

Existem diferentes ferramentas de tecnologia financeira com atuação direta ou direta na previsão de caixa. 

Algumas plataformas fazem a conciliação financeira automática, outras geram extratos completos, facilitando o acompanhamento de movimentações…e há aquelas que oferecem todas estas funções e mais algumas, como é o caso da iugu.

A iugu é uma plataforma completa de serviços financeiros para gestão de caixa e automatização de meios de pagamento. Por meio dela, você simplifica seus processos financeiros, automatiza tarefas burocráticas e repetitivas, reduz as chances de erros e ainda otimiza o tempo do seu time, que pode focar em atividades estratégicas. 

Gostou de saber como fazer a previsibilidade financeira? Aproveite o fim desta leitura para se aprofundar na temática da tecnologia, recomendamos a leitura do nosso artigo: Tecnologia financeira: o que é e como facilita a gestão da sua empresa

 

 

Posts relacionados