Quais são as maiores vantagens da automação de testes?

Escrito em 26 de Julho de 2022 por Redação iugu

Atualizado em 24 de Agosto de 2023

Entregar um produto de alto valor significa entregar um produto confiável, bem arredondado e sem problemas de usabilidade. Para o desenvolvedor, isso equivale a uma aplicação sem bugs e instabilidades. A principal forma de combater bugs e outros problemas em uma aplicação de testes automatizados.

Mas testar uma aplicação é um trabalho de amplo espectro, que pode consumir uma grande quantidade de tempo e recursos.

Por isso, uma solução bastante utilizada por desenvolvedores e equipes de grandes produtos é a automação de testes.

Ao utilizar testes automatizados, ganha-se agilidade e consistência no desenvolvimento do produto, permitindo um fluxo de trabalho organizado e livre de intercorrências.

O que são testes de software?

Testar uma aplicação é um conceito vago, pois pode se referir a uma diversidade de testes com finalidades, estratégias e metodologias diferentes.

Na prática, o que estas ações têm em comum é o objetivo de garantir a qualidade e a segurança no uso de aplicações de software.

Confira alguns tipos de teste de software:

  • Testes de usabilidade;
  • Testes funcionais;
  • Testes de integração;
  • Testes de performance;
  • Testes de carga e estresse;
  • Testes de estabilidade;
  • Testes de regressão;
  • Testes de segurança.

Como você pode ver, são muitos os tipos de testes a que se pode submeter o software.

De modo geral, é comum que sejam necessários mais de um tipo de teste, totalizando um número que pode ficar bastante alto a depender da complexidade da aplicação.

Por isso, muitas equipes de desenvolvimento optam por automatizar os testes de suas aplicações.

Para isso, utilizam scripts que conduzem com eficiência e perfeição todos os passos de cada teste necessário.

Como funciona a automação de testes?

Antes de mais nada, é necessário ter em mente que, embora a automação de testes economize tempo e recursos a longo prazo, inicialmente ela também os consome além do esperado.

Isso porque a equipe terá de desenvolver os testes, bem como os scripts que os executam.

Depois, será necessário testar o script de automação de testes.

Este trabalho parece redundante, mas é indispensável para garantir que os scripts de automação desempenhem seu papel adequadamente.

Uma vez desenvolvidos e validados os sistemas de automação dos testes, a equipe finalmente poderá economizar tempo.

Isso porque, após desenvolvidos, estes testes e scripts podem ser reaproveitados para futuras versões da aplicação.

Na prática, entretanto, o cenário é um pouco mais favorável ao desenvolvedor.

Hoje o mercado conta com uma diversidade de frameworks para os mais variados tipos de teste, além de ferramentas de terceiros que oferecem automação de testes sem a necessidade de desenvolver um script próprio para isso.

Principais vantagens da automação de testes

As vantagens trazidas pela automação de testes de software têm um amplo impacto na agilidade de desenvolvimento e qualidade do produto final.

Especialmente em aplicações de grande escala e/ou alta complexidade, esse é um trabalho essencial para garantir um fluxo de trabalho e lançamento consistente e livre de problemas.

Estes benefícios modulam não apenas as condições de escalabilidade e crescimento do produto, mas a sua própria viabilidade enquanto produto comercial.

Esses são assuntos de interesse não apenas ao stakeholder, mas também ao desenvolvedor, pois um trabalho de qualidade ajuda a construir uma boa reputação profissional.

A seguir, discutiremos um pouco mais a fundo como a automação de testes impacta cada nuance do trabalho de desenvolvimento de software.

Economia de recursos

Apesar de consumir mais recursos no início do trabalho, a automação de testes torna possível ampliar o escopo do projeto para escalas e complexidades muito maiores.

Ao garantir que o produto seja corretamente testado toda vez, a equipe minimiza os riscos de retrabalho (portanto, gastos de recursos humanos e financeiros) causado por erros humanos no processo de testagem.

Por fim, otimizar o tempo de testagem permite direcionar os recursos a outras atividades, como o aprimoramento da aplicação, o prosseguimento do desenvolvimento ou até mesmo o trabalho em outros projetos.

Desenvolvimento mais rápido

Após o desenvolvimento e validação dos sistemas de testagem da aplicação, o desenvolvimento se torna ainda mais ágil e veloz.

O tempo economizado com a testagem manual pode ser aplicado a outras atividades, como correção de bugs, aprimoramento de funcionalidades e o desenvolvimento de novas versões do software, além de outros projetos não relacionados.

Essa economia de tempo é mais que uma economia de recursos financeiros: é um potencial aumento dos lucros em função do aumento de produtividade — assim contribuindo para o sucesso do produto, da empresa e da carreira dos profissionais envolvidos.

Mais valor agregado à aplicação

Uma aplicação bem acabada, livre de bugs e problemas de usabilidade, estável e de confiança tem um valor agregado muito mais alto do que um produto similar de qualidade inferior. 

Isso é crucial para o estabelecimento de uma sólida base de usuários para a aplicação, permitindo o sucesso da operação.

Testes e resultados mais confiáveis

Os testes automatizados estão menos suscetíveis a falhas humanas, pois sempre são repetidos da mesma exata maneira.

Isso permite uma confiabilidade constante na qualidade do produto, assim agilizando o processo de desenvolvimento e lançamento da aplicação.

Os testes automatizados também são uma forma de garantir o nível de segurança da aplicação, pois a rigorosidade de testagem não flutua entre um teste e outro.

Isto é bastante importante para garantir que o produto esteja em conformidade com a LGPD e outros requisitos legais.

Vale a pena automatizar os testes da sua aplicação?

Automatizar os testes da sua aplicação é sempre uma solução responsável, posto que se disponha dos recursos necessários para a implementação dos sistemas de testagem automática.

Esses recursos incluem o tempo, a mão de obra e os custos operacionais.

Apesar do investimento inicial, a automação de testes pode economizar muito tempo nas sprints de um projeto, especialmente quando há processos repetitivos de testagem durante o desenvolvimento.

Com testes automatizados, sua aplicação ganha um padrão de qualidade consistente e capaz de levá-la ao sucesso. 

Gostou de saber mais sobre a automação de testes? Que tal aprofundar os conhecimentos e descobrir tudo sobre Ruby?



Posts relacionados

homem segurando um celular e um cartão de crédito fazendo um pagamento online
mão de mulher segurando celular com tela aberto do Drex