Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica, não sejam MEI e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Indiquei um cliente pelo programa de Afiliados. Como eu posso consultar minha indicação?

Você pode consultar sua indicação no Painel do Indicador.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Quero ser cliente

6 softwares de gestão que sua empresa precisa

Digitalizar processos de gestão pode não ser tarefa fácil. Conheça e utilize 6 dos principais softwares de gestão para sua empresa.

Escrito em 03 de Fevereiro de 2021 por Patrick Negri

Hoje, a transformação digital é indispensável nos ambientes corporativos, uma vez que ajuda os empreendedores a implementarem as novas tecnologias, que constituem fatores fundamentais para impulsionar os negócios na direção do sucesso. Os softwares de gestão, por exemplo, são ferramentas de auxílio no desenvolvimento interno e externo das organizações, impactando visivelmente na produtividade dos colaboradores.

A adoção de um sistema deixa essas questões muito aparentes, afinal, quando uma empresa automatiza seus processos, economiza não apenas tempo, mas impacta na qualidade da gestão de tarefas, na agilidade, na redução de custos e na tomada de decisão.

Neste post, você conhecerá alguns dos softwares de gestão mais conhecidos e verá em quais áreas da empresa eles podem ser aplicados, começando com a definição de sistemas de gestão. Continue a leitura e saiba mais.

Quais são os sistemas de gestão?

Para auxiliar o mundo empresarial em seus processos, podemos contar com dois tipos de sistemas de gestão de negócios: CRM e ERP. Vejamos, a seguir:

ERP (Enterprise Resource Planning)

Significa Planejamento de Recursos das Empresas. Sua função é controlar e acompanhar os recursos financeiros dos negócios, incluindo os assuntos de caráter fiscal. Resumidamente, a ferramenta gerencia informações como: tarefas administrativas, faturamento, compras, recebimento de receitas, dados dos colaboradores, pagamento de despesas e tributos empregados nos processos e, ainda, na otimização das vendas.

CRM

É a sigla para Customer Relationship Management que, em português, significa Gestão de Relacionamento com o Cliente. Por isso, é um instrumento que administra os contatos estabelecidos pela empresa com seus leads, com intuito de convertê-los em clientes e depois, fidelizá-los.

O CRM, então, organiza todos os dados dos clientes, elaborando um histórico no perfil de cada contato. Isso permite um monitoramento para entender o quanto está próximo de o cliente adquirir o seu produto ou serviço.

Cada um desses tipos de sistemas desenvolve softwares de gestão — que dão diretrizes às diversas atividades das empresas. 

O que é um software de gestão?

Primeiramente, convém conceituar esse instrumento tão importante para as organizações de hoje: um software de gestão é um conjunto de processos e ferramentas que, quando unidas, podem simplificar os sistemas corporativos, focando no tempo do funcionário e nos recursos financeiros da empresa.

profissional da iugu feliz por utilizar softwares de gestão

Nesse sentido, um bom software de gestão é aquele capaz de fornecer praticidade nas atividades diárias das empresas. A ideia é organizar todos os processos da companhia em um único programa, como o sistema financeiro, comercial, de cadastro de clientes, da contabilidade e outros.

Quais são os softwares de gestão utilizados em cada área de uma empresa?

Conforme vimos até agora, a transformação digital está ditando as regras e facilitando cada vez mais os processos das organizações. Por isso, é importante atualizar-se sobre os principais softwares de gestão que o mercado oferece e em que áreas da empresa eles são mais úteis. Confira 6 deles!

1. Software de gestão financeira

É, basicamente, a ferramenta que propicia o controle da entrada e saída de dinheiro na companhia. É por meio dela que se emite boletos e notas fiscais eletrônicas, por exemplo. Também é esse software que controla o fluxo de caixa, elabora os relatórios financeiros e emergenciais, administra as contas a pagar e a receber, entre outras atribuições.

Sendo assim, empresas que adotam esses assistentes têm mais facilidade para prever a condição futura de seu caixa, otimizando os ganhos e cortando os gastos desnecessários. Além disso, ao identificarem eventuais problemas, podem promover ações a fim de corrigir ou prevenir. 

O ideal é contratar  uma plataforma de pagamentos online, capaz de automatizar todo o processo de gestão de cobranças com débito em conta, cartão de crédito e boleto bancário. Isso acontece nos modelos de vendas pontuais ou recorrentes, além de oferecer gateway de pagamento próprio, a iugu oferece este tipo de funcionalidade..

O programa atende, também, diversos tipos de segmentos, tanto para companhias que querem automatizar os processos de cobrança por meio de régua de pagamento, quanto as que pretendem automatizá-los.

2. Software de controle de estoque

Saber como gerir o estoque é vital para as empresas, principalmente no varejo. É imprescindível controlar tudo o que entra e sai, assim como os gastos com cada um dos itens e a quantidade necessária de produtos.

Esse controle é uma maneira de economizar que leva a companhia a lucrar mais, já que enquanto um item tem demanda, o estoque deve ser mantido em dia. Deixá-lo desabastecido significa perda de vendas e até de clientes. É aí que entra o programa para controle de estoque e de vendas, de forma interligada.

O Software Conta Azul é uma ferramenta nacional, fácil de usar e bastante completa em suas funcionalidades. O programa auxilia com as finanças e na gestão de estoque, além de emissão de notas fiscais eletrônicas e boletos. Ele é ideal para empresas de médio ou pequeno porte, já que ele possibilita o controle de diferentes enfoques gerenciais e financeiros dos negócios em um único lugar.

3. Software de gestão de projetos

O gerenciamento de projetos já deixou de ser sinônimo de papéis acumulados, controle fragmentado e ausência de comunicação. Hoje, a tecnologia trouxe um grande avanço para auxiliar as empresas nesse processo. Já existe um mercado vasto quando o assunto é ferramenta de gestão dessa área e, assim, os gestores e as equipes conseguem planejar, executar e documentar todo o projeto sem perder a sincronia.

Assim, o Trello é uma das mais intuitivas em termos de gerenciamento de projetos e, também, uma das mais conhecidas e usadas para cumprir essa finalidade. Fundamenta-se na metodologia Kanban e proporciona uma visualização muito acessível dos fluxos de trabalho. Com ele, é possível definir cronogramas, acompanhar métricas, delegar tarefas, emitir notificações, criar checklists e muitas outras funções.

O programa tem, ainda, uma API aberta, que permite aos desenvolvedores fazer integrações entre outros softwares de gestão e a plataforma. 

4. Software de gestão de marketing

A área de marketing requer o suporte de ferramentas capazes de adicionar velocidade na conclusão de tarefas e inteligência na hora de analisar dados. As aplicações direcionadas a esse setor conectam-se com outros departamentos da empresa a fim de proporcionar uma visão mais ampla do negócio. Assim, esses softwares encampam a prospecção, a criação e automação de marketing, a gestão e a qualificação de leads, de mídias sociais e campanhas publicitárias.

vários profissionais em uma mesa tentando descobrir como utilizar softwares de gestão

Nesse setor, portanto, o RD Station Marketing é completo para gerir e automatizar as ações de marketing digital. É uma ferramenta própria para gerir redes sociais, criar landing pages, subir formulários e pop-ups no seu blog ou site, analisar dados por intermédio do módulo de BI e disparar campanhas de e-mail marketing. 

É possível, também, fazer lead tracking e lead scoring. O software é integrado com mais de 100 ferramentas de vendas e marketing e oferece o RD Station CRM para controlar o seu processo comercial.

5. Software de gestão de vendas e de relacionamento com o Cliente

Muitas ferramentas estão disponíveis para a área de vendas com suporte a atividades de funil de vendas e CRM, prospecção, inteligência de mercado, análise do comportamento, jornada de compra. São softwares especializados que garantem uma visão completa do gerenciamento de métricas, relatórios, priorização de oportunidades, desempenho de equipes e outras funcionalidades.

O Agendor é um software voltado para gestão de relacionamento com o cliente e, também, é útil para as vendas. Por isso, seu foco é na antecipação das necessidades do público, com a finalidade de ofertar o melhor atendimento e as soluções mais personalizadas possível. Trata-se de uma ferramenta de CRM intuitiva e robusta com destaque para o assistente virtual, implantado recentemente. Dessa forma, é possível acompanhar, via smartphone, as interações mais atualizadas entre cliente e vendedor e, assim, receber recomendações sobre como proceder nas etapas seguintes do funil de vendas.

6. Software de gestão empresarial

Na gestão empresarial, o objetivo da implementação de um software é otimizar a administração dos negócios por meio da automatização dos processos, integrando as diversas áreas da organização. São as atividades relacionadas a finanças, compras, vendas, recursos humanos, sistema contábil, logística e outros. Para organizar e comandar todas essas funções, o ERP é o tipo de sistema mais usado no mercado e serve para empresas de todo porte.

Aqui, podemos citar o Tiny ERP, que reúne informações de áreas distintas da empresa, com agilidade, transparência e precisão. É direcionado para médias e pequenas empresas e, também, para o e-commerce. Com ela, você pode evitar informações desconexas e implementar a automatização, evitando a atualização de dados de forma manual.

Case vittude

Quanto custa um software de gestão?

O mercado oferece softwares de gestão com valores entre R$ 19,00 a R$5.000,00. Tudo depende do tamanho da empresa e mais uma porção de fatores que influenciam no preço. No entanto, vale lembrar que se trata de uma estimativa, apenas. O ideal é analisar as reais necessidades da companhia e só depois pesquisar no mercado para identificar qual deles é o mais adequado para o seu caso.

Além disso, é interessante procurar pelas empresas parceiras a fim de propor testes com softwares diferentes. É importante usufruir de um período de testes para avaliar a qualidade do sistema, do suporte, do atendimento e outros fatores relevantes. 

Lembre-se de que não é vantajoso adquirir um software eficiente se o atendimento é precário, por exemplo. Esse tipo de situação atrapalha o bom andamento dos negócios do mesmo jeito.

Por isso, não tenha pressa ao fazer a sua escolha, nem se deixe levar pelo valor, ou seja, nem mais caro, nem mais barato. Adote o software com o melhor custo-benefício.

E qual é o melhor software de gestão empresarial?

O melhor software é o que se adapta às necessidades do seu negócio, ou seja, funciona sob medida para o tamanho da sua empresa e outros fatores específicos, exatamente de acordo com o que acabamos de ponderar acima.

Quando for preciso escolher a ferramenta mais eficiente para gerenciar os processos de cobrança da sua empresa, não se esqueça de procurar parceiros capazes de oferecer soluções personalizadas e adequadas ao seu negócio. Por isso, um bom sistema, que cria um ambiente ideal para o cliente, com acesso fácil aos serviços, você encontra na iugu.

Nossa plataforma oferece uma gestão financeira completa, desde o faturamento até a liquidação, com tecnologias inteligentes e fáceis de assimilar. Além disso, acompanha e personaliza de acordo com o tipo de negócio do cliente. Assim, você pode aumentar as suas vendas, oferecendo múltiplos métodos para pagamento, em faturas para recebimento via Pix, boleto ou cartão de crédito.

O mercado atual tem cultivado práticas cada vez mais voltadas à personalização dos serviços e dos produtos. Isso é um reflexo dos novos hábitos do consumidor, aliado às possibilidades que a tecnologia oferece.

Com isso, cada modelo de negócio pode ser gerenciado de forma automatizada de acordo com suas necessidades particulares, já que o mercado está abastecido com inúmeros softwares e sistemas diferentes. 

Neste post, apresentamos alguns tipos de software de gestão para tecer um panorama das diversas alternativas de que o mercado dispõe. No mais, o papel de cada empreendedor é buscar o que melhor se adapte ao seu negócio.

Aproveite para continuar aprimorando seus conhecimentos neste assunto e confira os principais meios de pagamento e as tendências do setor.

Fale com nossos consultores