Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Estoque virtual: entenda como funciona e veja as vantagens

Entenda o que é estoque virtual, saiba como ele funciona, conheça as vantagens e desvantagens e descubra como adotá-lo.

Escrito em 10 de Abril de 2020 por Renato Ribeiro

Atualizado em 11 de Outubro de 2021

Saber o que é estoque virtual, entender a sua importância e conhecer suas vantagens e desvantagens é uma prática essencial que deve ser adotada por todo gestor que deseja ter sucesso em seu empreendimento. 

De forma simples, é fundamental que toda empresa realize um controle eficiente de seu estoque. Não se trata de uma tarefa complexa, mas que requer foco e organização. Não aplicá-la pode gerar dores de cabeça e prejuízos tanto para o lojista como para o cliente. 

Só para você ter uma ideia, de acordo com um levantamento, quase R$ 10 bilhões de mercadorias são perdidas no varejo e, logo, deixam de ser vendidas. Nesse contexto, quase R$ 7 bilhões correspondem a danos ocasionados pelo estoque virtual. 

Além disso, um estoque mal administrado também acarreta a falta de uma determinada mercadoria no momento de compra. Esse processo se chama ruptura de estoque e representa, em média, uma redução da de vendas de mais 10%, em alguns casos.  

A tabela abaixo apresenta a porcentagem de ruptura de estoque do mercado varejista, em 2018. 

o que é estoque virtual

Diante desses dados, não dá para negar que os números sejam altos, não é mesmo? Porém, apesar dessa questão ser uma pedra no sapato para muitos empresários, a boa notícia é que existem medidas eficazes que diminuem os riscos de problemas em um estoque virtual. 

Para saber quais são elas e entender o que é estoque virtual, é só ler este post até o fim! 

Afinal, o que é estoque virtual? 

Estoque virtual nada mais é do que o registro de entrada e saída de mercadorias no sistema. Isto é, todos os itens comercializados em uma loja virtual são lançados de forma automatizada. Desse modo, o gestor consegue ter uma ampla visão sobre suas compras e vendas. Logo, fica mais fácil para ele conseguir alinhar a demanda de itens com seus fornecedores. 

Porém, é comum que o estoque virtual seja negligenciado e, logo, um processo que deveria apresentar só vantagens, acaba gerando problemas. 

Isso porque um estoque virtual desorganizado e mal gerenciado pode ocasionar graves prejuízos para toda cadeia de distribuição. Afinal, um registro incorreto fornece informações erradas tanto para o lojista como para o fornecedor. Logo, em posse de dados equivocados, as tomadas de decisão também são erradas. 

Entre os principais problemas de controle de estoque virtual, os de mais destaque são:

  • estoque virtual positivo X estoque físico zerado: o cliente é prejudicado diretamente, pois não encontra a mercadoria desejada. Nesse cenário, o lojista também é afetado, já que acredita que existam os produtos necessários em seu estoque. Desse modo, nem a venda é realizada, nem o lojista aciona o fornecedor para comprar novos itens;
  • estoque virtual zerado X estoque físico positivo: aqui o cliente não consegue encontrar o item desejado e o lojista entra em contato com o fornecedor e pede, sem necessidade, mais mercadorias. Logo, aumenta, o volume de seu estoque. Ou seja: há perda de tempo e de dinheiro. 

As divergências entre o estoque virtual e o físico acontecem devido a alguns problemas. Os principais deles são:

  • furtos;
  • dados duplicados;
  • a existência de mercadorias estragadas ou danificadas;
  • erros de cadastramento de produtos;
  • falhas no checkout. 

Diante dessas informações, é possível compreender a importância de ter um estoque virtual bem gerido, não é mesmo? Engana-se quem pensa que esse processo demanda altos investimentos e complexidade. Existem soluções práticas e que não exigem gastos elevados para adotá-las.

Você sabia que para sair na frente da concorrência e conseguir se destacar no varejo, um mercado tão competitivo, é fundamental inserir em seu negócio ferramentas tecnológicas? Não se desespere, pois isso é mais fácil do que imagina! Para saber mais, confira o post: “A importância da tecnologia no varejo: táticas infalíveis”. 

Conheça as vantagens desse sistema

Como você já sabe o que é estoque virtual e conheceu os cuidados que precisa tomar em relação a ele para não ter danos financeiros e nem prejudicar seu relacionamento com seu cliente e fornecedores, siga lendo para descobrir quais as vantagens desse sistema:

  • planejamento adequado entre as demandas sazonais;
  • conhecimento sobre a quantidade e o volume de itens;
  • alinhamento entre compra e venda dos produtos;
  • clientes mais satisfeitos;
  • organização;
  • conhecimento sobre os produtos que precisam girar e os que apresentam mais liquidez;
  • diminuição dos custos logísticos;
  • redução de despesas;
  • estímulo ao aumento das vendas

Em outras palavras, contar com um estoque virtual bem gerenciado apresenta benefícios bastante significativos, concorda? 

Entendendo o que é estoque virtual e sabendo sobre as vantagens de adotá-lo em seu negócio, você, agora, deve estar se perguntando como inserir esse sistema em sua empresa, certo? É o que veremos a seguir.

Saiba como abraçar essa tecnologia

Para ter um estoque virtual bem gerenciado e conseguir alinhar todas as questões relacionadas às mercadorias e, assim, manter um bom relacionamento com seus clientes e também impulsionar suas vendas, a dica é: abrace ferramentas tecnológicas. Para isso, é preciso investir em:

1. Software de gestão ERP

Por meio de um software de gestão ERP, é possível agilizar e organizar seu estoque de modo automatizado e eficiente.

Com esse recurso, sua empresa:

  • otimiza custos; 
  • diminui as perdas de produtos;
  • conta com um alerta sobre o status do estoque;
  • reduz informações erradas relacionadas ao cadastramento de itens;
  • tem aumento de produtividade

o que é estoque virtual

2. Sistemas integrados 

Os dados gerados por um estoque virtual são fundamentais para guiar as tomadas de decisão dos departamentos financeiros, de compra e de vendas de sua organização. 

Desse modo, para garantir que ele seja bem-administrado e efetivo e que os seus departamentos fiquem na mesma página, adotar uma API que conecte todos esses processos, é uma estratégia inteligente. 

Para isso, existe a iugu, uma das empresas de mais autoridade no mercado em relação à sistema de cobranças e de diversificação de pagamentos online.  

Para saber podemos ajudá-lo, basta clicar aqui e conversar com um de nossos especialistas. Ele estará aberto a entender o seu negócio e a propor soluções práticas e eficientes para que sua empresa conquiste um lugar de destaque no mercado! 

Crédito da foto de capa: Freepik