Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

O que é dropshipping: entenda as vantagens e desvantagens

Entenda o que é dropshipping e saiba as vantagens e desvantagens de adotar esse modelo nos negócios digitais

Escrito em 25 de Março de 2020 por Marcos Madureira

Atualizado em 27 de Janeiro de 2021

Saber o que é dropshipping é uma boa estratégia para todo gestor de e-commerce. Gigantes ao redor do mundo, como a Amazon, eBay e o AliExpress fazem uso dessa alternativa de venda e ganham bilhões com ela. 

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo!

No entanto, adotar essa modalidade não é sinônimo de unanimidade no ambiente corporativo. Para ajudá-lo em sua tomada de decisão, preparamos este post que explica o que é dropshipping, se ele é legal e quais são as suas vantagens e desvantagens. 

O que é dropshipping? Entenda sua proposta

O termo dropshipping tem com a origem a união de duas palavras, com drop - que remete ao verbo soltar e shipping - que significa remessa. Ou seja, em seu sentido literal, dropshipping significa “soltar remessa”.

Diante dessa explicação, dá para imaginar o que é dropshipping, não é mesmo? De forma simples, essa expressão em inglês se traduz em uma modalidade de vendas que tem como ponto de partida um e-commerce. Porém, não é ele o responsável pela entrega da mercadoria, mas sim o fornecedor

Em outras palavras, por meio dessa técnica, o estoque fica por conta do parceiro. Desse modo, o dono da loja virtual não se preocupa com essa questão. Assim, pode-se focar em propagar a sua marca.

Para entender melhor o que é dropshipping, recomendamos que assista ao vídeo abaixo (com legendas em português). 

 

 

Como funciona o dropshipping? 

Confira abaixo como funciona o dropshipping na prática - nacional ou internacional. Como poderá observar, ele apresenta um formato bastante simples. 

o que é dropshipping

Nesse cenário, é importante saber que o lucro desse modelo acontece por meio da diferença entre o valor divulgado no e-commerce e o custo cobrado pelo fornecedor. 

Apesar de apresentar uma proposta fácil, há muitos empresários que ficam na dúvida se devem apostar nessa alternativa de vendas. Um dos motivos para isso é a dúvida relacionada a sua legalidade. 

O dropshipping é legal no Brasil: compreenda a polêmica

Há uma certa polêmica sobre a legalidade do dropshipping. Isso porque algumas pessoas questionam o fato de que lucrar com uma venda sem pagar impostos não é uma prática legal. Esse processo é conhecido como descaminho fiscal e, realmente, é ilegal. 

No entanto, é fundamental destacar que não é essa é a proposta do dropshipping. Logo, essa prática está de acordo com a legislação brasileira, tanto que é realizada por grandes empresas, como o Ponto Frio. 

Porém, é essencial ressaltar também que para empregar essa modalidade, é preciso regularizá-la. Em outras palavras: você, lojista, precisará pagar os impostos relacionados a ela corretamente. Caso contrário, estará cometendo um crime. 

Neste contexto, é essencial ficar atento aos valores dos impostos e das tarifas, se você quiser trabalhar com um fornecedor internacional. Isso porque a sua margem de lucro pode não ficar interessante, sem falar que as mercadorias comercializadas podem ser barradas na alfândega, como é o caso de suplementos alimentares e dos remédios. 

Ciente do que é dropshipping e entendendo que essa prática não é ilegal, desde que pague correntemente os impostos, continue com sua leitura para conhecer as vantagens e desvantagens do dropshipping e descobrir se, afinal de contas, ele vale ou não a pena. 

Vantagens e desvantagens do dropshipping (vale a pena)?

Conheça agora algumas vantagens do dropshipping:

  1. não precisar investir em estoque: pelo fato de o estoque ficar sob responsabilidade do fornecedor, você não precisará investir dinheiro para controlá-lo e nem gastará com depósitos para armazenar suas mercadorias;
  2. ter seus custos reduzidos: com o dropshipping, não há a necessidade de gastar com processos logísticos, nem com infraestrutura ou matéria-prima. Logo, é uma alternativa interessante, principalmente para quem está iniciando seu negócio;
  3. não precisar se preocupar com o envio dos produtos: além do estoque, o processo de envio dos produtos é por conta do fornecedor. Você também não precisa se preocupar com essa questão;
  4. poder trabalhar em casa: essa atividade não demanda altos investimentos e nem um time robusto. Desse modo, você pode realizá-la remotamente, em sua casa mesmo. 

Desvantagens do dropshipping: saiba quais são 

Conheça agora as desvantagens do dropshipping: 

  1. não ter controle sobre a logística: como a entrega é de responsabilidade do fornecedor, caso existam atrasos ou problemas relacionados a ela, a reputação da sua marca pode ficar manchada; 
  2. não ter muito lucro: como você terá que dividir uma parte do faturamento com seu parceiro, talvez a margem de lucro não seja muito interessante, pelo menos no começo;
  3. enfrentar muita competição: afinal, outros e-commerces, provavelmente, venderão os mesmos itens que você e a concorrência pode ser elevada dependendo do seu nicho de atuação. 

Diante de todos esses dados, saber se o dropshipping vale a pena ou não dependerá muito de seu perfil. Nesse sentido, é bastante recomendado analisar a concorrência e escolher fornecedores bons e confiáveis.

Aliás, contar com parcerias inteligentes pode fazer toda a diferença para o seu negócio. 

Sabia que a  iugu pode garantir que todos os seus processos financeiros aconteçam com sucesso? Afinal, conta com uma plataforma robusta e a melhor, e mais intuitiva, API de pagamentos e cobranças para lojas virtuais, apps e marketplaces de modelo de cobrança recorrente do Brasil. 

A equipe da iugu é formada por especialistas treinados para entender as características de sua loja virtual e propor as melhores soluções.

Que tal marcar um bate papo? Fale com nossos consultores