Voice Banking: saiba como funciona o reconhecimento de voz em bancos

Escrito em 25 de Novembro de 2022 por Maria Carolina Rosa

Atualizado em 24 de Agosto de 2023

Se há alguns anos, alguém te dissesse que, no futuro, seria possível realizar transações financeiras por meio de comandos de voz, o que você pensaria? O conceito, denominado voice banking, pode parecer distópico, mas já é uma realidade.

E o interesse por esse método de transação não se dá à toa. Afinal, a utilização de assistentes de voz para tarefas diárias e até compras vem crescendo exponencialmente nos últimos anos. 

Para se ter uma ideia, um estudo da Juniper Research apontou que, em 2023, o mercado de voice commerce deve movimentar US $80 bilhões.

Logo, a utilização de comandos de voz atreladas a operações financeiras se dá como um caminho natural rumo a um panorama bancário cada vez mais tecnológico e invisível aos consumidores. 

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura do conteúdo a seguir e entenda o que é voice banking, como ele funciona e quais são as vantagens para consumidores e negócios.

Sem tempo para ler? Que tal ouvir esse conteúdo?

Afinal, o que é voice banking?

O voice banking, ou comando de voz em bancos, é uma solução que permite que usuários realizem transações financeiras por meio dos comandos de voz.

De forma resumida, a ideia é que usuários possam realizar operações bancárias da mesma maneira que realizam pesquisas por voz em buscadores, como o Google, ou para dar comandos a assistentes virtuais, como a Alexa.

Dessa maneira, um usuário pode falar que tipo de transação precisa e aguarda para que sua solicitação seja aceita e processada pela instituição financeira.

O conceito disruptivo está diretamente atrelado aos pagamentos invisíveis, que possibilitam transações que requerem o mínimo de participação dos clientes, diminuindo a fricção e melhorando a experiência dos usuários. 

Dessa maneira, os serviços financeiros podem ser facilmente incorporados ao dia a dia das pessoas, ao ponto em que elas não percebem que estão lidando com um banco.

Como funciona o voice banking?

Agora, vamos entender como funciona o voice banking

Basicamente, a solução pode estar disponível diretamente no aplicativo ou site da instituição financeira

Além disso, os comandos também podem ser acionados via assistentes virtuais, como Alexa, Google Assistente ou Siri. 

Quais são as vantagens do voice banking?

O Pix e o QR Code são tecnologias que reduziram a jornada de pagamentos do consumidor. 

Entretanto, mesmo práticas, essas operações ainda exigem alguns passos, como, por exemplo:

  • Entrar no app do banco;
  • Acessar a conta;
  • Escanear ou colar o código do QR Code;
  • Digitar a senha;
  • Confirmar a transação. 

A partir do uso do voice banking,  todo esse processo pode ser concluído a partir de uma única frase. 

Mas vale lembrar: para que o comando de voz em bancos funcione, a conta recebedora precisa estar cadastrada no aplicativo do pagador.

Para que sejam concluídos, os processos também precisam de validação, como senha ou a biometria, o que garante a segurança da operação. 

Veja, a seguir, as principais vantagens do voice banking para os consumidores:

  • Facilidade de uso: embora muitos bancos e fintechs já contem com serviços online ou apps, boa parte das transações costuma ter muitos passos até a conclusão. A partir do voice banking, os usuários podem verificar informações ou realizar operações com apenas uma frase, sem a necessidade de interromper outras atividades;
  • Serviços mais rápidos e automatizados:  outra vantagem do voice banking é uma melhor experiência de atendimento ao cliente. Isso porque a solução fornece informações com rapidez e precisão. Além disso, com o auxílio de um assistente de voz, a assistência se torna mais ágil; 
  • Segurança: os recursos de segurança de aplicativos de bancos e instituições financeiras são os mesmos usados ​​no reconhecimento de voz, o que confere uma camada extra de segurança às transações.

Para as empresas, a incorporação de comandos de voz nos serviços financeiros gera benefícios como:

  • Maior aderência às necessidades do consumidor moderno, que espera pagamentos mais ágeis e flexíveis;
  • Diminuição do atrito e melhora da experiência do cliente;
  • Possibilidade de aumento de receita, uma vez que, com o voice banking, o processo de compra ou contratação de serviços se dá em poucas etapas.

Como vimos ao longo do artigo, a união entre tecnologia e o universo financeiro vem potencializando a criação de soluções cada vez mais disruptivas, tanto para empresas, como consumidores. 

E frente as novas dinâmicas, empreendedores precisam estar preparados. Afinal, em um ambiente tão competitivo, ficar para trás certamente não é uma opção. 

Por isso, incorporar a tecnologia ao dia a dia do trabalho é um importante diferencial competitivo. 

Então, que tal potencializar o seu negócio e levá-lo ao próximo nível? Descubra como construir o seu motor financeiro com a iugu e entenda como automatizar processos financeiros com uma solução robusta e flexível.

https://www.iugu.com/material-motor-financeiro

Posts relacionados