Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica, não sejam MEI e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Indiquei um cliente pelo programa de Afiliados. Como eu posso consultar minha indicação?

Você pode consultar sua indicação no Painel do Indicador.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Quero ser cliente

Entenda como tratar e editar fotos para seu e-commerce

Saiba como tratar fotos para e-commerce e também editá-las por meio de dicas simples e diretas.

Escrito em 27 de Março de 2020 por Natalia Spigai

Saber como tratar e editar fotos para e-commerce deve estar entre as prioridades de todo dono de loja virtual. Isso porque hoje, mais do que nunca, é essencial propor excelentes experiências de compra para quem visita um e-commerce. 

Além de retratar o profissionalismo de um negócio, uma boa foto pode ser determinante no processo de compra. Apesar da descrição dos produtos de e-commerce ser essencial, o primeiro fator que chama a atenção do usuário é a imagem. Logo, se ela não for instigante o suficiente, é possível que a compra não aconteça.

Para não cair nessa cilada e atender às expectativas de seu cliente em potencial, saber como tratar e editar fotos para e-commerce é crucial, percebe? Para saber tudo sobre o tema, basta ler este post até o fim! 

Como tratar fotos para e-commerce: conheça algumas dicas valiosas 

Conheça agora algumas dicas importantes para valorizar as fotos para seu e-commerce. 

1. Priorize a qualidade as imagens

Para priorizar a qualidade das fotos de seu e-commerce, uma boa alternativa é contratar um fotógrafo profissional para realizar essa tarefa. Talvez você torça o nariz para essa opção, mas ao contar com uma ajuda especializada, que conheça todas as questões técnicas para tirar uma fotografia, como luz, profundidade e perspectiva, vale a pena fazer um orçamento com alguns fotógrafos. 

Um tipo de investimento desse pode até parecer incoerente para quem está começando, mas é preciso pensar que a imagem de sua marca também está em jogo! Desse modo, é essencial avaliar bem essa relação de custo-benefício.

Caso não queira investir em um profissional, você mesmo pode tentar fotografar. Para isso, a Internet conta com alguns tutoriais. No entanto, é fundamental já ter uma boa noção sobre fotografia. Não basta sair fotografando! 

2. Dê atenção ao tratamento

Saber como tratar fotos para e-commerce não só diz respeito à qualidade das imagens, como também é um assunto totalmente ligado ao tamanho dos arquivos. 

Esse tema merece atenção porque o tamanho da fotografia pode prejudicar o carregamento da página, deixando-a mais lenta. A consequência? Piora na experiência da navegação, um fator decisivo na jornada de compra.

Nesse contexto, vale destacar que quanto melhor for a foto, menor é a necessidade de tratá-la. Desse modo, você ou a pessoa escolhida para realizar essa tarefa, precisa se focar em um assunto de extrema importância: a luz. Caso contrário, terá que utilizar softwares de edição e, para tanto, precisará de alguma habilidade. 

3. Fique de olho na resolução e ao tamanho da imagem

Uma boa dica para editar fotos para uma loja virtual é ficar de olho na resolução. É importante saber que quanto mais pixel uma imagem apresentar, melhor será a sua resolução. 

Neste contexto, é importante ressaltar que se aumentar demais a resolução, mais pesada a imagem ficará. Sendo assim, será preciso utilizar um software para compactar a foto e assim deixá-la mais “leve”. 

Em relação aos tamanhos, os mais recomendados e usados para uma foto para e-commerce são os descritos abaixo.
Para foto retangular:

  • na horizontal : 640 pixels de largura por 480 pixels de altura;
  • na vertical: 480 pixels de altura por 640 pixels de largura.

Caso prefira utilizar o formato em quadrado, os tamanhos são: 

  • 640 pixels x 640 pixels
  •  1024 pixels x 1024 pixels. 

como tratar fotos para e-commerce

Como editar fotos para uma loja virtual? + 3 dicas bônus 

Confira mais dicas para saber, como ninguém, tratar e editar fotos para sua loja virtual.

1. Não se esqueça do padrão 

Outro ponto imprescindível para editar fotos para uma loja virtual é não se esquecer do padrão. Isso porque, independentemente do tamanho escolhido e do formato, é essencial adotar um padrão específico para utilizar em seu site. 

Neste sentido, é interessante também manter uma coerência e harmonia das imagens. Para isso, você pode adotar um mesmo ângulo ou então uma cor de fundo que simbolize a identidade de sua marca. 

2. Humanize suas imagens

Não é fundamental, mas é recomendável apresentar um pouco de humanidade em suas fotos. Isso porque uma fotografia que, além do produto, apresenta uma pessoa, gera mais identificação com o consumidor. 

Neste item, é válido enfatizar que a produção fica mais cara. Porém, isso não o impede de adotar essa prática. Para isso, escolha os produtos de mais destaque e dê, literalmente, um toque pessoal, o que acha? 

3. Utilize bancos de dados de imagens gratuitos

Para dar um “up”, em seu e-commerce, você também pode utilizar bancos de dados gratuitos na Internet, entre eles:

Para conhecer outras opções, recomendamos que assista ao vídeo abaixo. 

 

 

O que você deste post? Gostou de saber como editar e tratar fotos para seu e-commerce? Compartilhe sua opinião, ela é muito importante!

Aproveite o momento de aprendizado para incrementar suas vendas de forma simples! Para isso, basta baixar o e-book gratuito: “Como aumentar a vendas melhorando a experiência de pagamento do seu cliente”. 

Neste material, você irá aprender:

  • os motivos que levam os clientes a abandonar o carrinho de compras;
  • o que não pode faltar no processo de pagamento de marketplaces, serviços de assinatura, e-commerce e aplicativos móveis;
  • que informações dos clientes devem ser coletadas. 

Interessante, não é mesmo? Para fazer o download, basta clicar aqui! 

Crédito da foto de capa: Search Engine Journal