Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Solicitar Contato

Nichos de mercado: veja qual a melhor opção para seu negócio

Conheça quais são as segmentações mais comuns para os nichos de mercado e escolha o melhor para suas estratégias

Escrito em 21 de Janeiro de 2021 por Renato Ribeiro

Se você está começando um negócio, já deve ter percebido que não é possível criar um produto ou serviço que atenda às necessidades de todas as pessoas, não é mesmo? Há inúmeros tipos de público e perfis demográficos. 

Então, saber como escolher um nicho de mercado específico é fundamental para quem está iniciando um projeto, e isso não é diferente quando o empreendimento é online.

Na internet, as alternativas são mais diversificadas e o público ilimitado, sem falar na ausência de fronteiras, já que é possível vender para o mundo todo, ainda mais se o seu produto tiver características totalmente digitais. Mas, você já se perguntou o que realmente constitui um nicho de mercado?

O que são nichos de mercado?

Todos nós ouvimos esse termo o tempo todo, mas você sabe exatamente do que se trata o conceito? O nicho de mercado representa um segmento de público com um perfil semelhante entre os indivíduos que compõem aquele grupo. É uma parcela de consumidores com peculiaridades próprias.

Portanto, quando você define um nicho para a sua marca, está determinando o público para quem deverá se dirigir e oferecer o seu produto. Consequentemente, as estratégias usadas para chegar até ele devem ser alinhadas com seus interesses, expectativas, dores e outras demandas.

Até agora, usamos o termo “específico”, no entanto, existe a possibilidade de considerar um nicho mais amplo, como vestuário infantil. Para esse caso, um exemplo de nicho específico seria vestuário infantil para crianças de 4 a 7 anos. 

No entanto, além de definir a persona ideal para o seu produto, o nicho pode explorar novos mercados, a fim de suprir necessidades que ainda não recebem muita atenção.

Um exemplo bem claro de nicho amplo são marcas como a Submarino, Amazon e Magazine Luiza, que trabalham com uma gama extremamente ampla de produtos e serviços. Com isso, atendem públicos dos mais variados. 

O que se pensar em comprar, pode ser encontrado nesses e-commerces. Trata-se de um modelo de negócio que abarca desde o público infantil até idosos, sem falar nos demais aspectos envolvendo os tipos de nichos.

Já uma marca como a Natura, empresa brasileira de maquiagem, perfumaria e cosméticos, verá que o público é mais específico, ou seja, são pessoas que usam esse tipo de produto. E o detalhe, faz da comunicação e dos influenciadores da marca algo totalmente direcionado ao atendimento das necessidades desse público.

Agora, se restringirmos ainda mais o alcance de um nicho específico, podemos citar a marca Eleiko, que oferece plataformas e barras para profissionais e atletas praticantes de Crossfit. Assim, já chegamos a um nicho muito específico.

Em situações como essa, o grupo de consumidores é muito reduzido, todavia, por se tratar de um produto bastante singular no mercado, a marca tem chances de ser mais assertiva nas estratégias de marketing.

Como diferenciar mercado, segmento e nicho?

Já mencionamos um pouco sobre isso, porém, é sempre bom deixar claro exatamente o que é cada um. À primeira vista, podemos confundir facilmente os três termos e introduzi-los no mesmo conceito, mas, eles se encontram em patamares diferentes e é sobre isso que falaremos, diferenciando cada um deles. Confira!

Mercado

Ao falar de mercado, estamos nos referindo a um conceito bem amplo, por exemplo: o mercado de moda, de games, de alimentos, bebidas, entretenimento e outros, sem especificar de qual especialidade se trata. 

Segmento

Dentro do abrangente conceito de mercado existem os segmentos, que são as especialidades. Então, no nosso exemplo de mercado de moda, podemos afunilar um negócio para vestuário feminino ou acessórios, calçados, moda masculina, infantil e daí por diante. Isso nos mostra que um segmento é uma diferenciação de caminhos possíveis de serem trilhados em um mercado amplo.

Nicho

Agora, chegamos no centro do nosso interesse: o nicho. E, conforme já falamos antes, trata-se de uma delimitação ainda mais restrita. O nicho é um recorte bem menor dentro da segmentação que você escolheu. 

Para continuar com a nossa diferenciação, podemos manter o universo da moda como nosso ponto de partida. Assim, dentro do segmento de vestuário feminino, há inúmeros nichos a serem seguidos, como: moda evangélica, plus size, moda jovem, senhora, e outros.

No segmento de moda infantil, podemos delimitar por faixa etária como, bebês e moda teen. No segmento de acessórios há uma imensidade de opções, como; acessórios para noivas, bijuterias de estilos variados, que constituem nichos, como maxicolares e por aí vai. 

Com esses exemplos de especificações cada vez mais reduzidas, percebemos que esse afunilamento, em muitos casos, parece não ter limites.

Dessa forma, a tarefa de determinar rigorosamente os tipos de nicho de mercado existentes em segmentos de mercado pode se tornar um tanto complexa e indefinida. Então, nesse sentido, concluímos que há inúmeros tipos de nichos dentro de cada segmento.

No final das contas, quando se faz segmentações de mercado, os nichos já começam a ser definidos e, quando mais específico for a segmentação, mais especializado será o seu negócio. 

Sendo assim, mais específicos, também, serão os gostos, as necessidades das pessoas, as características e outras particularidades do seu público de interesse. É possível até mesmo chegar a ter um cliente que consome um tipo de produto que reúne qualidades úteis apenas para ele, individualmente.

Como escolher um nicho para o seu negócio?

proficional aprendendo sobre nichos de mercado

 

Depois de decidir abrir o seu próprio negócio, é o momento de descobrir o melhor nicho para atuar. Acompanhe, então, alguns passos que você pode dar para ajudar na sua escolha.

Descubra o mercado que você pretende entrar

Conforme já abordamos, há uma imensidão de possibilidades de negócio no mercado para empreender, principalmente quando o assunto gira em torno de atividades digitais. No entanto, sabemos que o melhor caminho a seguir é aquele impulsionado por uma vocação ou paixão.

Parece desnecessário dizer que uma das piores formas de fracassar como empreendedor é apostar em um determinado mercado só porque ele está em alta. No começo, pode ser empolgante, mas, com o tempo, o volume de trabalho associado aos níveis de cobrança pesam consideravelmente. 

Caso a atividade escolhida não seja a que faz o seu coração pulsar, a desmotivação tende a chegar bem mais rápido. Portanto, não tenha dúvida, procure algo que você conheça e goste.

Identifique um problema

Se você já sabe onde atuar, talvez já conheça o problema. Se não conhece, procure algum ponto que ainda não foi contemplado pelos demais concorrentes ou, que ainda não foi satisfatoriamente solucionado. 

Busque essas informações em fóruns de grupos sociais ou mesmo, por meio de palavras-chave no buscador da internet. Em seguida, verifique as segmentações disponíveis, analisando feedbacks nas páginas de marcas mais populares.

Avalie a sua expertise

Você já sabe em qual mercado quer atuar, desvendou o problema, mas o seu conhecimento é suficiente para colocar a mão na massa e propor a solução? Então, analise bem se você é um especialista no nicho eleito, ou ainda precisa aprender mais. 

Lembre-se de que para entregar uma solução para alguém, você precisa dominar o assunto de todos os ângulos, inclusive, vivenciando o que você faz em profundidade.

Verifique a demanda

Para ter sucesso, o seu nicho de mercado precisa estar amparado em um problema real. Só assim a vida dos clientes poderá ser transformada e melhorada. É só por isso que as pessoas pagam para que alguém resolva algo por elas. Descubra as demandas por meio de observação de comentários em buscas das pessoas na web.

Analise a concorrência

Um mercado realmente atrativo é aquele com um número menor de marcas tentando entregar a mesma solução. Então, fique atento aos competidores, seus diferenciais e ferramentas usadas. O ideal é que sejam poucos, ainda mais se o seu diferencial puder se destacar e abraçar uma boa fatia de consumidores interessados no seu produto ou serviço. 

Quais são os nichos de mercado?

As formas de segmentar nichos de mercado mais usadas pelo marketing são:

  • Nicho geográfico: baseado na localização das pessoas por cidade, região, estado, país;
  • Nicho demográfico: diferenciado pelo perfil e características, como gênero, idade e profissão. Esse é muito usado no marketing B2C;
  • Nicho psicográfico: amparado em crenças, valores, cultura, costumes, comportamento das pessoas;
  • Nicho por comportamento de consumo: busca-se o que o público de interesse gosta de consumir;
  • Nicho por canal de consumo: mapeia-se os canais de venda (telefone, lojas físicas, lojas online, etc). Os consumidores de cada um desses canais apresentam hábitos diferentes. 

Tenha o controle financeiro de seu negócio!

pessoa pesquisando plataformas financeiras para diferentes tipos de nicho de mercadoCom o painel iugu, você acompanha facilmente o resultado financeiro independente do seu nicho de mercado

Depois de feitas todas as pesquisas, sondagens e reflexões necessárias para abrir o seu sonhado negócio, você já está certo de que pode competir no nicho eleito? Entenda bem o diferencial competitivo que o seu produto digital pode apresentar a fim de se destacar dos que já estão lá. 

E não desanime caso o nicho escolhido já tenha uma lista dos produtos mais vendidos. Talvez essa seja a oportunidade certa, afinal, se o índice de vendas é alto, significa que tem muita gente interessada. É aí que o seu diferencial pode ganhar força, então, entre com todo o seu potencial, a sua garra e talento e se destaque entre os concorrentes.

Lembre-se, também, de cuidar das finanças do seu negócio. Esse é um tópico importantíssimo, afinal, todo empreendimento lucrativo só tem razão de existir se o gestor for capaz de administrar seus ganhos, investimentos, despesas, custos e tudo o que envolve esse aspecto do negócio.

Portanto, é fundamental manter plataformas tecnológicas e de controle financeiro adequados ao seu nicho. Conte com uma boa ajuda no monitoramento do seu financeiro e mantenha o seu empreendimento virtual funcionando a todo vapor.

Encontre as soluções adequadas à necessidade do seu negócio, com a infraestrutura financeira completa e eficiente da iugu.Conheça nossas funcionalidades presentes em cada plano e escolha o melhor para você!

Conhecer planos iugu