Net Zero: o que é e por que sua empresa precisa se importar?

De acordo com 25ª edição da Pesquisa Anual Global com CEOs da PwC, 25% das empresas brasileiras assumiram um compromisso Net Zero

Escrito em 12 de Janeiro de 2023 por Thainara Carvalho

Atualizado em 17 de Janeiro de 2023

Nas últimas décadas, acompanhamos de perto a intensificação de catástrofes ambientais em decorrência da emissão desenfreada de Gases de Efeito Estufa (GEE). Hoje, o debate acerca das mudanças climáticas têm preocupado governos e até empresas ao redor do mundo, que, agora, têm como meta se tornarem Net Zero.

Diretamente atrelado ao ESG (Environmental, Social e Governance), o Net Zero tem como objetivo implantar a redução drástica do uso de fontes fósseis de energia, como petróleo e carvão, que contribuem para o agravamento dos desastres ambientais.

Mas para que isso aconteça, é preciso que empresas, governos e a sociedade civil estabeleçam um compromisso Net Zero

Para te ajudar a entender mais sobre o assunto, preparamos um conteúdo completo sobre o que é Net Zero, a sua importância e o impacto nas empresas.

Vamos lá?

O que é Net Zero?

O termo Net Zero é o encurtamento da expressão Net Zero Carbon Emissions, que, em português, significa zero emissões líquidas de carbono (CO2).  

Trata-se de um compromisso que, como o próprio nome sugere, tem como objetivo reduzir ao máximo ou eliminar as emissões de carbono e, assim, desacelerar o processo de aquecimento global e mudanças climáticas. 

Dessa forma, podemos definir o Net Zero como um contrato da humanidade com o planeta Terra, que envolve a sociedade civil, as empresas e governos. 

Neutralidade de carbono e Net Zero: entenda as diferenças

Quando falamos sobre redução de emissões de carbono, é comum que aconteçam confusões entre a neutralidade de carbono e o Net Zero.

Entretanto, os dois conceitos possuem diferenças importantes:

De acordo com o GHG Protocol (Protocolo de Gases de Efeito Estufa), a neutralização de carbono consiste em diminuir as emissões de gases e compensá-las. 

O Net Zero, por sua vez, vai um pouco além: seu objetivo é compensar, também, as emissões geradas por toda a cadeia produtiva, ou seja, os fornecedores, parceiros, terceirizados e até clientes.

Um panorama sobre o Net Zero nas empresas brasileiras

A 25ª edição da Pesquisa Anual Global com CEOs da PwC (25th Annual Global CEO Survey), revelou que as companhias brasileiras estão mais preocupadas com compromissos Net Zero que a média global, mas o país ainda tem muito o que avançar.

De acordo com a pesquisa, 27% das empresas brasileiras assumiram algum compromisso Net Zero, enquanto a média global é de 22%.

Em contrapartida, 38% dos executivos do Brasil afirmam não ter se comprometido com o movimento net-zero, enquanto 43% das empresas brasileiras não possuem compromissos de carbono neutro alinhados com metas científicas.

Net Zero e os negócios: por que as empresas querem ser neutras em carbono?

Como mencionamos acima, o ESG já está no radar das companhias de diferentes portes e segmentos. 

O ano de 2023, inclusive, será decisivo para as políticas ESG e para as empresas.

Isso porque, ainda em 2022, o Pacto Global da ONU no Brasil lançou uma ferramenta que ajuda empresas a implementarem a agenda ESG. 

A Trilha de Direitos Humanos pode ser entendida como uma espécie de termômetro que mede o nível de comprometimento e engajamento das companhias com as pautas ambientais, sociais e de governança.

Diante do contexto, muitas empresas se perguntam como se tornar Net Zero.

Afinal, a pauta climática deixou de ser uma preocupação e se tornou um alerta urgente.

Sendo assim, as empresas que não estão comprometidas com as causas sociais e ambientais podem sofrer danos à imagem e, consequentemente, nos lucros. 

Logo, implementar uma agenda real de ESG e ser uma Net Zero será fundamental para a sobrevivência e competitividade dos negócios.

O que as empresas precisam fazer para se tornarem Net Zero?

Não há dúvidas de que se tornar uma empresa Net Zero é um grande desafio. Contudo, trata-se de um compromisso que garantirá a sobrevivência e o bem-estar de toda a população, o que também gera impactos a médio e longo prazo para os negócios. 

Dessa forma, empresas que querem se tornar Net Zero precisam adotar uma estratégia multifacetada  para reduzir as emissões de carbono de operações internas, externas e de toda a cadeia produtiva. 

Mas como fazer isso?

Assim como em outros processos, a  tecnologia pode ser uma grande aliada para o início de uma jornada Net Zero.  

Isso porque, a partir de uma maior digitalização e dados precisos, as companhias podem começar a entender a emissões e, assim, trabalhar para reduzi-las.

Ou seja, a busca pela neutralidade de carbono passa pela aplicação desses recursos, sempre com o objetivo de integrar essa cadeia de valor

Tecnologia que impulsiona o seu negócio

Ao longo do artigo, você entendeu o que é uma empresa Net Zero, a importância do tema e um breve panorama sobre o cenário brasileiro.

Como vimos, o processo rumo ao Net Zero também passa pela implementação de tecnologias que otimizam as soluções do seu negócio, reduzindo as burocracias e auxiliando na tomada de decisões.

A iugu é uma empresa de pagamentos online com soluções completas que se adaptam às necessidades do seu negócio. 

Por meio de uma tecnologia robusta e APIs de fácil integração, você automatiza o financeiro do seu negócio e proporciona uma experiência ágil e transparente aos clientes do seu negócio. 

Quer saber mais? Fale com um de nossos especialistas e escolha o plano certo. 

Planos-iugu