Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica, não sejam MEI e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Indiquei um cliente pelo programa de Afiliados. Como eu posso consultar minha indicação?

Você pode consultar sua indicação no Painel do Indicador.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Quero ser cliente

Como criar um site de venda de serviços: coloque a sua loja em posição de destaque! 

Escrito em 27 de Abril de 2020 por Patrick Negri

Saber como criar um site de venda de serviços é uma atitude estratégica. Afinal, mesmo com um cenário econômico incerto, a e-commerce brasileiro tem conseguido um belo lugar de destaque nos últimos anos. 

Só no primeiro semestre de 2019, por exemplo, segundo pesquisa recente, esse setor faturou quase R$ 27 bilhões, registrando um crescimento de 12% em relação ao mesmo período do ano anterior.

criar site para vender serviços

Crédito: E-commerce Brasil

Em outras palavras, esse segmento parece bem promissor, não é mesmo? No entanto, alcançar o sucesso financeiro nesse setor não acontece de um dia para o outro. Para tanto, é necessário ter conhecimento, planejamento e estratégia. 

Para auxiliá-lo nessa jornada, preparamos um passo a passo completo para que você saiba como criar um site de venda de serviços. Boa leitura! 

Como criar um site de venda de serviços: passo a passo 

Confira agora os primeiros passos para criar um site de venda de serviços. 

1. Faça um estudo profundo 

O primeiro passo para criar um site para vender serviços  é: estude diversos cenários! Isso porque, apesar desse mercado está em alta, você precisa analisar variáveis, como: preço, investimento e público-alvo.

Sendo assim, é essencial fazer uma pesquisa minuciosa e profunda em relação a esses assuntos. Desse modo, é preciso analisar:

  • as necessidades e desejos de seu público-alvo;
  • se o seu produto ou serviço resolverá os problemas de sua audiência;
  • quanto precisará investir em sua fase inicial. 

2. Analise a concorrência

Estudou o mercado e conclui que seu produto é aderente e que atenderá às expectativas de seu público-alvo? Então, o segundo passo para criar uma loja virtual de prestação de serviços é analisar o que as empresas concorrentes oferecem. Nesse contexto, é crucial verificar:

  • se a logística é eficaz;
  • se o frete é grátis;
  • se o site é rápido e responsivo;
  • se o preço é inferior ao da média do mercado;
  • se os canais de atendimento são eficientes;
  • como é a presença digital;
  • se há diversidade nos meios de pagamento

Depois de realizada essa análise, você saberá os pontos fortes e fracos da concorrência e , assim, poderá planejar uma estratégia diferenciada e, logo, estará bem próximo de criar um site para vender serviços de sucesso. 

3. Planeje a construção de seu site  

Ter um bom site é um dos passos mais importantes para saber como criar um site de venda de serviços. Isso porque é nesse ambiente que a pessoa saberá mais sobre a sua marca, conhecerá o seu produto ou serviço e realizará a compra. 

Sendo assim, é essencial:

  • adquirir um domínio (há na Internet algumas empresas que oferecem domínio gratuito);
  • contar com um plano de hospedagem (é o processo mais recomendado, pois, como um plano de hospedagem, a qualidade do seu site é priorizada);
  • desenvolver o site (tanto a parte técnica como de conteúdo, aqui você pode investir em um time interno ou entrar contratar profissionais terceirizados).

loja virtual de prestação de serviços

Crédito: Organic Themes

Como criar um site de venda de serviços: próximos passos

Conheça agora os próximos passos para ter uma loja virtual de prestação de serviços de sucesso.

1. Ofereça ao usuário uma ótima experiência

O cliente da atualidade está cada vez mais exigente. Sendo assim, se o seu site não oferecer a melhor experiência para ele, ele não só não efetuará a compra, como também fará comentários negativos sobre a sua marca. 

Desse modo, o seu site:

  • precisa ser responsivo, ou seja, deve ser facilmente acessado e apresentar uma boa navegabilidade tanto via desktop como por celular;
  • ter um bom design, pois cores e botões interferem, diretamente, no processo de compra;
  • contar com um excelente tempo de resposta, já que a demora caracteriza o abandono de carrinho
  • oferecer checkout transparente, uma etapa essencial para a conversão. Ou seja, evite direcionar o usuário para outra página no processo da jornada de compra. 

Além disso, um bom site deve:

  • ser intuitivo;
  • ter um bom suporte;
  • ter informações claras e diretas.

2. Promova a confiança 

Uma das razões para o abandono de carrinho é a falta de segurança. Isso porque, com tantas tentativas de golpes e fraudes no mercado, alguns consumidores ainda têm receio de comprar online. 

Sendo assim, é muito importante inserir selos e aviso de segurança em todas as páginas de seu site. Para valorizar a confiança em sua loja, é também imprescindível que o seu site não apresente erros de português, assim como tenha um visual limpo e de bom gosto.

Nesse contexto, o seu conteúdo também precisa ser bastante completo. Isto é, deve apresentar uma seção de FAQ, com as perguntas mais comuns, uma parte que revele a missão e os valores de sua empresa e também uma seção que aborde o tema de devolução e troca de produtos. 

3. Tenha um diferencial que o destaque

Não é segredo para ninguém que para se destacar em um mercado competitivo, uma empresa precisa apresentar certos diferenciais, não é mesmo? No e-commerce, isso não é diferente. 

Para isso, é essencial oferecer serviços que superem as expectativas. Um excelente sistema de pagamentos digitais, é, certamente, uma delas! 

Isso porque, além de promover a segurança tanto para o seu negócio como para o cliente, uma plataforma de pagamentos online também dá mais agilidade às transações e oferece mais opções de meios de pagamento. O resultado disso? A conquista de mais clientes e o crescimento de consumidores satisfeitos!

Nessa jornada, você pode contar com a iugu, que apresenta a plataforma de pagamentos mais robusta e intuitiva do mercado. Com ela, os processos financeiros de seu negócio são estruturados e otimizados de ponta a ponta! Que tal saber mais sobre isso? Basta clicar aqui e conversar, sem compromisso, um dos especialistas da iugu! 

Crédito da foto de capa: Bit Degree Tutorials