Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Afinal, como aplicar omnichannel no ecommerce?

Você já pensou em investir em uma estratégia que envolva aplicar o omnichannel no ecommerce da sua empresa? Neste post, te explicamos como fazer.

Escrito em 02 de Setembro de 2020 por Redação iugu

Atualizado em 30 de Julho de 2021

Você já pensou em investir em uma estratégia que envolva aplicar o omnichannel no e-commerce da sua empresa? Disponibilizar a sua marca em múltiplos canais é fundamental para ter sucesso em médio e longo prazo.

Com essa mudança, sua empresa pode se adaptar melhor às demandas de seus clientes. Além disso, conseguirá se manter à frente da concorrência, oferecendo uma melhor experiência de consumo. Tudo isso, sem ter problemas com gastos.

Quer saber mais sobre o tema e como adotar o omnichannel no e-commerce? Então, confira o post!

O que é uma estratégia omnichannel?

Ter uma estratégia omnichannel no e-commerce implica levar a marca para mais lugares. Os canais de vendas, em outras palavras, serão ampliados. Redes sociais, chatbots, e-mail e até mesmo o WhatsApp serão formas de conseguir vender produtos para os seus clientes em potencial.

Em outras palavras, uma empresa que pratica o omnichannel no e-commerce consegue vender os seus produtos em lugares que vão além da sua página na web. Isso traz mais disponibilidade e flexilidade para a marca: o cliente poderá encontrar o que precisa sempre e onde for mais conveniente para ele.

Por que utilizar essa abordagem?

Investir em omnichannel no e-commerce traz mais competitividade e flexibilidade para a sua marca. Também amplia a disponibilidade do negócio. Esses fatores facilitam a realização de vendas, afinal, o cliente conseguirá entrar em contato com as suas soluções sempre que desejar.

Portanto, a estratégia torna o negócio mais alinhado com o seu consumidor. Isso evita que vendas sejam perdidas por questões relacionadas à marca: sempre que o cliente precisar, a sua empresa estará lá para ajudá-lo.

Quais os benefícios de ter a sua marca em múltiplos canais?

Para ajudar você a compreender como o investimento no omnichannel no e-commerce se traduz em mais competitividade, trouxemos os impactos positivos dessa abordagem. Confira, a seguir!

Aumento da taxa de conversão

Se a sua empresa sempre está disponível para o cliente onde ele mais precisa, as taxas de conversão de leads crescerão.

Muitas vezes, por exemplo, o cliente pode desejar fechar a compra diretamente por e-mail ou pelo aplicativo de mensagens instantâneas que ele utiliza. Se o negócio está preparado para isso, o atrito para concluir a compra será muito menor.

Maior satisfação do cliente

A satisfação do seu cliente deve ser buscada sempre. Quanto melhor a experiência do seu consumidor, mais ele ficará fidelizado. Se o negócio está alinhado com os canais que ele utiliza para fazer compras, as chances de isso acontecer crescerão rapidamente.

Redução de custos

Mais canais de vendas diminuem o gasto do negócio para converter leads. Afinal, o esforço para convencer o cliente a fechar a compra cairá. Consequentemente, o lucro obtido com cada venda será maximizado.

Mais flexibilidade para atender o seu cliente

A empresa que pode atender em mais canais se torna mais flexível. O vendedor não terá que esperar o lead ficar disponível em um ambiente para conseguir fechar a venda. Assim, a adaptação a cenários desafiadores não será um problema.

Como aplicar o omnichannel na sua marca?

Para aplicar o omnichannel em seu e-commerce, alguns cuidados devem ser tomados. Eles reduzem riscos e melhoram o impacto da estratégia. Veja como fazer isso!

Conheça o perfil do seu cliente

Conhecer o perfil do seu cliente ajuda a definir em quais canais a marca estará. Por isso, invista em soluções de coleta e armazenamento de dados. Dessa maneira, a estratégia será definida com uma visão abrangente sobre o perfil do consumidor.

Mude a cultura do negócio

A cultura da empresa também deve ser adaptada para a implementação do omnichannel no e-commerce. Se isso não ocorrer, o negócio terá mais dificuldades para se alinhar com a nova realidade. Ao mesmo tempo, o engajamento de profissionais cairá.

Por isso, não deixe de treinar a sua equipe. Mantenha uma comunicação clara e direcionada para que todos entendam os motivos de cada decisão tomada. Assim, os times entenderão os benefícios da nova abordagem e se envolverão na nova cultura.

Centralize dados

A centralização de dados é fundamental para que a empresa possa trabalhar de modo inteligente e sem grandes gargalos. Ferramentas como o CRM precisam fazer parte do fluxo de investimentos da marca. Elas garantem que os dados sempre estarão disponíveis para os outros sistemas e para os vendedores.

Em outras palavras, o CRM permite que o seu negócio estruture uma política de vendas realmente omnichannel. O vendedor sempre poderá entender o estágio de trabalho do lead e os seus dados recentes. Assim, terminar o processo de vendas será algo simples e preciso.

Tenha as tecnologias adequadas

O CRM não é a única tecnologia que pode ser utilizada para adotar o omnichannel no e-commerce. A empresa também deve ter chatbots, sistemas de processamento de pagamentos, ferramentas de gestão e de relacionamento robustas.

Todas precisam estar integradas para garantir um fluxo de dados livre de erros, por isso, fique atento!

O mercado de vendas online está passando por mudanças rápidas. Da pandemia da Covid-19 até a abertura do mercado nacional, múltiplos foram os fatores que tornaram a competição do setor mais acirrada. Por isso a sua empresa deve sempre se manter preparada.

Com um e-commerce mais estruturado e multicanal, seu negócio pode sair à frente da concorrência e ainda ganhar mais performance. As equipes conseguirão identificar demandas rapidamente e se adaptar a novos cenários em prazos curtos. Ao mesmo tempo, poderão mitigar riscos e focar mais a experiência de consumo.

Por isso, não deixe de investir na adaptação da sua empresa e na criação do omnichannel no e-commerce do negócio. Faça os ajustes necessários e busque o apoio de um especialista, se for necessário. Assim, a sua marca conseguirá um lugar de destaque diante de parceiros e clientes estratégicos.

Gostou da nossa dica e quer saber mais sobre o que fazer para a sua empresa ter o destaque esperado diante da concorrência? Então, assine já a nossa newsletter e receba as novidades do blog em primeira mão!