Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

O que é cross selling e como adotar essa estratégia em seu negócio? Veja!

Escrito em 03 de Agosto de 2020 por Renato Ribeiro

Atualizado em 30 de Julho de 2021

Para aumentar as vendas, você não precisa necessariamente ampliar o número de clientes. Com o cross selling, é possível vender mais para os clientes atuais, elevando o faturamento sem tanto esforço.

Para um desenvolvedor, os desafios para aquisição de novos clientes é ainda maior, afinal, geralmente são investimentos um pouco mais altos e que devem trazer um bom retorno.

Neste post, vamos explicar o que é cross selling e como você pode aplicá-lo no seu negócio. Essas informações vão ajudar na satisfação do cliente e melhorar as vendas da sua empresa. Confira!

O que é cross selling?

O cross selling é uma estratégia de oferta de outros produtos para o cliente, capazes de complementar a experiência. Para a empresa, é uma possibilidade de aumentar o ticket médio, impactando positivamente o faturamento.

Vamos usar um exemplo simples para ilustrar melhor? Sabe quando você vai ao restaurante de fast food? Você pede um hambúrguer e a atendente pergunta se o pedido acompanha batatas ou oferece um tamanho maior de refrigerante. Ou então, você já pede o combo completo e ouve se quer uma sobremesa. Essa é uma prática comum de cross selling.

Quais são as diferenças entre up selling e cross selling?

O cross selling é comumente confundido com o up selling, mas as duas práticas guardam diferenças importantes entre si. Enquanto no cross selling é ofertado outro produto complementar ou relacionado à venda, no up selling a tentativa é de encorajar o cliente a adquirir itens de qualidade superior ou com mais funcionalidades, e claro, mais caros.

Vamos novamente exemplificar para esclarecer o conceito: você já contratou um pacote de TV por assinatura? Os planos básicos trazem algumas opções, mas geralmente os canais mais interessantes ou exclusivos estão em combos mais caros, ou premium. Esse incentivo para que se interesse pelo pacote mais robusto é o up selling.

Conhecer a diferença entre os dois é importante para que os vendedores saibam qual estratégia adotar.

Como aplicar o cross selling?

Uma das grandes vantagens do cross selling é que ele pode ser usado para qualquer tipo de produto ou negócio. Para isso, basta avaliar o que você tem como ofertas e como atender melhor o público. Destacamos aqui alguns passos para isso.

Conheça o perfil do consumidor

Você sabe exatamente do que o seu cliente precisa e quais são suas preferências? O cross selling baseia-se na oferta de um produto complementar ou que seja interessante para o cliente.

Por isso, tente entender melhor o consumidor para fazer uma oferta cativante e que incentive a compra. Assim, ele também sentirá mais confiança no vendedor e provavelmente voltará a comprar no estabelecimento.

Ofereça pacotes complementares

Esse é um ponto importante para quem trabalha com SaaS e quer implementar o cross selling, Um erro comum é vender apenas uma opção de software, com todas as funcionalidades ativas.

Pense em como a plataforma pode ser customizada e ofereça essa possibilidade ao cliente, claro que com preços correspondentes. Talvez o consumidor não consiga adquirir o plano completo em um primeiro momento, mas pode contratar esses “acessórios” a médio prazo, se ficar satisfeito com o produto.

Aproveite as plataformas de venda

Boa parte dos empreendedores precisa de SaaS, mas não sabe onde procurar. Nesse sentido, aproveitar oportunidades como espaços de venda online voltados para o setor pode ser uma decisão inteligente.

Além de concentrar o público-alvo, essas plataformas ajudam em questões mais práticas, como o gerenciamento de clientes.

Quais são as vantagens do cross selling?

Já vimos o que é cross selling e como aplicá-lo. Agora, vamos entender como ele pode ajudar a sua empresa? Conheça os benefícios dessa prática.

Diferencial competitivo

Ao ofertar serviços interessantes para o cliente, ele percebe que é observado e valorizado pela empresa. Isso traz um grande diferencial, afinal, esse consumidor sentirá maior proximidade, consciente de que pode buscar o seu negócio para novas aquisições e que será bem atendido, além de encontrar o que precisa, mesmo que não saiba exatamente qual produto solucionará seu problema.

Aumento no número de clientes

Essa preocupação em oferecer opções e satisfazer o consumidor, quando bem trabalhada, é um componente valioso para o bom atendimento. Como resultado, essa pessoa pode indicar a empresa para conhecidos e até colegas do setor de atuação, aumentando a sua cartela de clientes.

Aumento do lucro

Citamos brevemente essa vantagem bem no início desse artigo, mas vamos explicar melhor para deixar claro. Você já ouviu falar no princípio de Pareto? Ele defende que 80% dos resultados provêm de 20% dos esforços.

Ou seja, é provável que boa parte da renda da sua empresa venha de alguns clientes principais. A maneira de estimular isso é com o cross selling, aumentando o ticket médio de cada compra.

Consequentemente, o faturamento do negócio aumentará, abrindo espaço para o crescimento dos lucros.

Fidelização dos clientes

Já mencionamos como é importante conhecer as preferências e necessidades do consumidor para realizar o cross selling adequadamente, certo? Imagine que ele ainda não sabe exatamente como resolver alguns problemas. Conversando um pouco com esse consumidor e oferecendo as soluções ideais, é muito provável que ele sinta mais confiança em comprar com a sua empresa, em detrimento da concorrência.

Afinal, entender quais soluções se aplicam e ofertar o que realmente é relevante otimiza o tempo desse cliente, que não precisará de pesquisas para encontrar o produto ideal.

Para aplicar corretamente o cross selling, é essencial contar com uma solução eficiente de pagamentos. Com a ajuda de uma boa infraestrutura para a sua empresa, é possível acompanhar as vendas e seus respectivos valores, além de fazer as cobranças de maneira consistente.

Se o seu serviço é por assinatura, esses valores serão debitados do cartão do crédito automaticamente. A emissão de boletos também é prática e rápida, melhorando a relação entre a sua empresa e o cliente.

Ficou mais claro o que é cross selling e como pode ajudar a sua organização a crescer? Aposte nessa prática para expandir não só o faturamento, mas a reputação da sua empresa em um mercado tão competitivo.

Aproveite para entrar em contato conosco, conhecer as nossas soluções e saber como podemos ajudar!