Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Entenda o que é break even point e como calcular

Saiba o que é break even point, como calculá-lo, a importância do ponto de equilíbrio empresarial e muito mais!

Escrito em 23 de Março de 2020 por Renato Ribeiro

Atualizado em 04 de Dezembro de 2020

Saber o que é break even point é de suma importância para todo gestor que deseja ver o seu negócio deslanchar. Isso porque a compreensão desse assunto é fundamental para manter a saúde financeira em dia e atingir o equilíbrio financeiro. 

No entanto, apesar de ser um assunto extremamente relevante, muitos empresários não dão à devida importância a ele. Na maioria das vezes, isso acontece pelo fato de muitos acreditarem que se trata de um tema muito complicado. 

Este é o seu caso? Pois saiba que está no lugar certo! Afinal, ao longo deste post, você saberá, de uma vez por todas, o que é break even point, aprenderá a calculá-lo, conhecerá a diferença entre break even e payback e muito mais! Boa leitura. 

O que é break even point?2045

Break even point nada mais é do que o ponto de equilíbrio empresarial. Isto é, é o momento em que as receitas e as despesas se igualam. Em outras palavras, é o período em que a empresa consegue ter um respiro financeiro, pois ele indica que a companhia atingiu a receita necessária para cobrir seus custos. 

Esse equilíbrio financeiro empresarial é um forte indicador econômico, pois mede a fronteira entre o limite e o lucro de um empreendimento. No entanto, vale destacar, que esse conceito não exibe o quanto uma empresa lucrou, mas sim indica que os recursos são suficientes para suportar todos os gastos. Ou seja:

  • receita mensal = R$ 20.000,00;
  • gastos mensais = R$ 20.000,00;
  • saldo = R$ 0,00

Fácil compreender o que é break even point, não? Continue lendo para saber como o seu cálculo é realizado.

Leituras recomendadas: 

Como calcular o break even? 

Após entender o que é break even point, é essencial saber como calculá-lo. O primeiro passo nessa jornada é separar alguns itens financeiros importantes, como as entradas e saídas do fluxo de caixa da companhia para, depois, saber como calcular o break even. 

Com essas informações em mãos, é possível deduzir o valor necessário para atingir o ponto de equilíbrio empresarial. Então, separe os seguintes os dados

  • custos fixos: são as despesas e os gastos que independem de outros fatores, com o volume de vendas. São eles: folha de pagamento e impostos, por exemplo; 
  • custos variáveis: são os valores que apresentam variações de acordo com a produção. Entre eles, estão as contas de água, de luz e os custos relacionados à compra de matéria-prima, por exemplo;
  • volume de vendas: o volume total de vendas corresponde a base das operações de uma organização. Isso porque é por meio das vendas que a companhia consegue o seu fluxo de caixa. Logo, para saber como calcular o break even, é preciso especificar a quantidade total de vendas da empresa;
  • margem de contribuição: para estimar essa margem, é preciso subtrair do valor total da receita os valores variáveis. 

ponto de equilíbrio empresarial

Crédito: Execom

Logo, o cálculo do break even acontece dessa forma:

Break Even = (gastos fixos – gastos não desembolsáveis) / margem de contribuição

Que tal um exemplo prático para saber como calcular o break even?

Suponhamos que sua loja virtual seja especializada em maquiagem e que o custo médio dos produtos seja de R$ 10,00 a unidade. Para produzir uma unidade, os custos variáveis são de R$ 4,00. Logo, a margem de contribuição de cada mercadoria é de R$ 6,00. 

Então, é preciso considerar os custos fixos e o valor de depreciação (registro do custo de bens e equipamentos com perda de vida útil). Imagine que o custo fixo seja de R$ 20.000,00 e que o de depreciação seja de R$ 2.000,00. Logo: 

Break Even = (R$ 20.000,00- R$ 2.000,00)/ R$ 6,00

Break Even = 3000 unidades

Ou seja, será preciso vender 3000 unidades ao longo do ano para que sua empresa atinja o ponto de equilíbrio empresarial. Para saber em números, você precisa multiplicar o valor unitário de cada maquiagem pelas unidades que precisam ser comercializadas. 

Ou seja: R$ 10,00 x 3000. 

Pronto! O ponto de equilíbrio empresarial é de R$ 30.000,00. 

Qual a diferença entre break even e payback? 

O break even é o ponto de equilíbrio empresarial representado pelos valores das receitas totais que se interceptam com os custos. É nesse ponto de cruzamento que os valores se igualam. Logo, não há lucro nem prejuízo.

Já o payback é um indicativo de tempo, que engloba desde o investimento inicial até o momento em que o fluxo de caixa apresenta a receita necessária para cobri-lo.

Ciente da diferença break even e payback, siga com sua leitura para entender a importância do break even para uma startup.

Break even startup: por que ele é importante?

O break even para uma startup é importante porque uma empresa desse setor demora mais para reaver o seu investimento inicial. 

Logo, o dono de uma startup ou de uma fintech deve ter um controle ainda mais rigoroso sobre seus processos financeiros para, assim, atingir o ponto de equilíbrio empresarial. 

diferença entre break even e payback

Crédito: The Milla & Co

O que é break even point: considerações 

Neste post, você teve uma visão completa sobre o que é break even point. Para atingir esse ponto de equilíbrio, é preciso foco, planejamento e boas vendas. Uma estratégia inteligente para alavancar esses processos, é contar com uma ferramenta que automatize seus processos financeiros. 

Para isso, existe a iugu, uma empresa de autoridade em sistemas de cobranças, ideal para quem é dono de uma loja virtual, startups e quem trabalha com economia da recorrência

Com  a iugu, você pode construir o seu próprio meio de pagamento. Vale a pena pensar sobre isso, não é mesmo? Tire suas dúvidas sobre como a iugu pode ajudá-lo, aqui.