Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica, não sejam MEI e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Indiquei um cliente pelo programa de Afiliados. Como eu posso consultar minha indicação?

Você pode consultar sua indicação no Painel do Indicador.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Quero ser cliente

Exemplos de fintechs no Brasil: unicórnios e segmentos que estão bombando 

Escrito em 12 de Agosto de 2020 por Renato Ribeiro

Conhecer os principais exemplos de fintechs no Brasil deve estar entre as prioridades de todo empreendedor antenado. Afinal, esse segmento tem chamado a atenção internacionalmente de modo significativo.

Só para você ter uma ideia, de acordo com pesquisa da Finnovating, os investimentos nesse setor na América Latina registraram um crescimento de 130% em 2019, registrando uma marca de mais de 2 bilhões de dólares.  

Nesse cenário, as startups brasileiras foram as que mais ganharam, recebendo 70% do valor total, o que, em termos numéricos, corresponde a mais de 1 bilhão de dólares. 

exemplos de fintechs no brasil

Crédito: Valor Investe 

Diante desses dados, é possível concluir que 2019 foi um ano memorável para as fintechs brasileiras, não é mesmo? Esse cenário promissor promete continuar. 

Afinal, quais empresas impulsionam esse setor? Para descobrir e conhecer grandes exemplos de fintechs no Brasil, basta seguir com sua leitura!

Exemplos de fintechs no Brasil: 3 unicórnios para você conhecer 

Confira agora, exemplos de fintechs no Brasil que já se transformaram em unicórnios. Ou seja, as companhias que já faturaram mais de 1 bilhão de dólares. 

Nubank

Avaliado em 10 bilhões de dólares, o Nubank é considerado o pioneiro no segmento de fintechs. 

Por promover a desburocratização e não cobrar tarifas de seus clientes, esse banco online conta com um aplicativo de elevada qualidade e por oferecer atendimento humanizado.

Stone 

Avaliada em mais de 12 bilhões de dólares, a Stone surpreendeu ao entrar na luta das maquininhas, conquistando um marketshare de 8% nessa indústria. 

Essa fintech especialista em pagamentos atraiu investidores de renome internacional, como Warren Buffett e o brasileiro Jorge Paulo Lemann. 

PagSeguro

Arrecadando mais de 2 bilhões de dólares ao abrir seu IPO em 2018 na Bolsa de Valores de Nova York, o PagSeguro é um unicórnio brasileiro conhecido no meio de pagamentos por oferecer segurança em suas transações online e offline. 

exemplos de fintechs no brasil

Crédito:  Gyra Mais 

Exemplos de fintechs no Brasil de acordo com seus segmentos de atuação

Confira, agora, outros exemplos de fintechs no Brasil com base em seus campos de atuação. 

exemplos de fintechs no brasil

Crédito: Mobile Time 

Fintechs de pagamento

As fintechs de pagamento são a maiores no Brasil. Simplificando e desburocratizando o setor, essas startups oferecem opções diferenciadas em cartão de crédito, menos taxas e máquinas sem cobrança de aluguel. 

Alguns exemplos de fintechs no Brasil que atuam nessa área são: Nubank, Banco Inter, Creditas e Treasy. 

Fintechs de gestão financeira

De acordo com levantamento da consultoria EY, cerca de 40% dos brasileiros utilizam os serviços de fintechs de gestão financeira e de investimentos. 

Essas empresas reúnem produtos e serviços que facilitam a vida tanto da pessoa jurídica como física. 

Para isso, contam com ferramentas automatizadas que ajudam a controlar despesas e gerir, de forma efetiva, o orçamento empresarial e pessoal, auxiliando também no controle de folha de pagamento e nos aspectos contábeis e fiscais. 

Alguns exemplos de fintechs no Brasil de gestão financeira são: ContaAzul, Contabilizei, GuiaBolso e Mobills. 

Fintechs de seguros

Bastante eficazes na comparação de preços entre seguros, essas fintechs contam com recursos automatizados que realizam essa tarefa com segurança e agilidade e, assim, ajudam empresas e pessoas físicas a encontrarem a solução que mais combine com seus anseios. 

Exemplos de fintechs de seguros no Brasil: Bidu, Youse, ThinkSeg, Escolher Seguro e Onli. 

Fintechs de empréstimos 

O Brasil também tem forte atuação no segmento de empréstimos financeiros. Logo, conta com fintechs importantes nesse setor. 

Para tanto, essas empresas desburocratizam processos e democratizam o acesso a empréstimos.

Algumas fintechs de empréstimos brasileiras são: Geru, Gyra +, Nexoos e Creditas. 

Fintechs de investimento

Trazendo facilidades e inovações, as fintechs de investimento também chegaram para ficar. 

Com o objetivo de oferecerem melhores rendimentos, essas empresas contam com soluções e expertise de times altamente gabaritados e preparados para dar o suporte necessário para os investimentos de seus clientes. 

Algumas fintechs de investimento que têm se destacado no mercado brasileiro são:  Toro Investimentos, Eleven Financial, XP Investimentos e Empiricus. 

Fintechs de crowdfunding 

O setor de crowdfunding de investimento no Brasil cresceu mais de 400% em 2018 em relação ao valor registrado de dois anos antes. 

Essas empresas atuam de forma online e têm como base o financiamento ou a arrecadação de capital coletiva. Ou seja, colaboram para que a pessoa ou a empresa consiga receber um financiamento sem precisar da ajuda do governo ou de organizações privadas. 

Alguns exemplos de destaque dessa área são: Catarse, Benfeitoria, Vakinha e Bicharia. 

exemplos de fintechs no brasil

Crédito: Estadão 

Como você pôde perceber neste texto, há muitas startups brasileiras que estão se destacando por incentivarem a descomplicação financeira. 

A iugu também valoriza essa questão! 

Com mais de 8 anos de mercado e mais de 6 bilhões processados ao ano, a iugu é, hoje, a maior especialista em solução de cobranças para marketplace e recorrência. 

Com uma API de pagamentos intuitiva e robusta, a iugu apresenta o melhor custo-benefício do mercado e personalizável de acordo com suas regras de negócio. Ou seja, está apta a personalizar todo o seu ambiente de cobranças. 

Com ela, a emissão de boleto apresenta baixo custo e só é paga depois de compensada. 

Se interessou, mas não sabe se o seu negócio se alinha com as soluções apresentadas pela iugu? Não tem problema! Nossos especialistas da iugu estão capacitados para conversarem com você e entenderem o seu negócio.

Com transparência e ética, podemos avaliar as necessidades de sua empresa sem que você precise pagar nada por isso!

Que tal conversar com nossa equipe agora mesmo?

Crédito da foto de capa: Freepik