Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica, não sejam MEI e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Indiquei um cliente pelo programa de Afiliados. Como eu posso consultar minha indicação?

Você pode consultar sua indicação no Painel do Indicador.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Quero ser cliente

O que é busca visual e por que incorporá-la ao seu negócio?

Escrito em 16 de Junho de 2020 por Natalia Spigai

A transformação digital mudou as relações de consumo e traz novas opções para escolher e comprar produtos. Uma das ferramentas que facilita essa relação é a busca visual, que permite que o cliente encontre exatamente o item que procura.

Com a internet sendo cada vez mais usada como meio de intermediação de compras, esse recurso torna-se ainda mais necessário e seu uso pode ser muito bem aproveitado por marketplaces e e-commerces, que encontram na busca visual uma maneira de fazer com que a sua oferta chegue ao consumidor.

Quer entender melhor como essa busca funciona e como ela pode impulsionar o crescimento do seu negócio? Então, continue a leitura!

O que é busca visual?

A busca visual permite pesquisas na internet com o uso de imagens em vez de palavras para a navegação. Pode ser por uma foto (tirada pelo usuário ou coletada na própria rede) ou até mesmo um printscreen.

Esse recurso já estava disponível na rede social Pinterest e agora pode ser aplicado também no Google, ajudando o usuário a encontrar determinado produto ou referência visual.

Como o machine learning ajuda a fazer a busca visual?

Esses recursos só são possíveis graças à tecnologia do machine learning, que oferece as ferramentas necessárias para que os algoritmos consigam fazer a leitura da imagem e busquem opções com os mesmos elementos, apresentando-as como alternativa para o usuário.

O machine learning vai acumulando informações, aumentando o seu banco de dados e ampliando a capacidade de interpretação. Ou seja, quanto mais essa ferramenta for usada, maior a proximidade dos resultados com a intenção de busca do usuário.

Quais são as principais ferramentas de busca visual?

Já existem na rede diversas ferramentas que possibilitam o uso da busca visual. Podemos encontrar esse recurso no Instagram e Snapchat, por exemplo. Porém, algumas dessas ferramentas já começam a despontar no mercado, usando a busca visual em larga escala. Conheça algumas delas.

Google Lens

O Google Lens faz a captura das fotos disponíveis no seu smartphone e oferece buscas por produtos parecidos, funcionando até mesmo com fotos de textos, que têm suas informações traduzidas e convertidas em dados para a procura na internet.

Essa ferramenta poderosa reconhece mais de um bilhão de itens diferentes, e pode ir além da aplicação comercial ― um cartão de visitas pode ser usado como fonte para que os dados ali registrados sejam adicionados a uma lista de contatos com a ajuda de um assistente de voz do próprio celular, por exemplo.

Pinterest Lens

O Pinterest é uma rede social com foco principalmente nas referências visuais. Se você procura por fotos de determinado assunto, essa rede tem uma vasta coleção sobre qualquer tema que deseja buscar.

Um dos maiores destaques do Pinterest Lens é o recurso Shop the Looks, que liga a busca visual à compra de produtos. Quando o usuário encontra, por exemplo, a foto da camisa que deseja, a rede já direciona para as lojas virtuais que têm o mesmo modelo de camisa, facilitando a aquisição.

Como a busca visual deve ser aplicada no e-commerce?

A busca visual traz diversos benefícios para o varejo, estreitando o caminho entre a pesquisa e a efetivação da compra. Se o cliente precisava ficar andando nas lojas procurando um item, por meio dessa ferramenta ele consegue em alguns minutos localizar as lojas que comercializam o produto e já efetuar a compra.

Apenas para que você tenha uma noção exata da importância do recurso para as relações de consumo atuais e como ela deve ser cada vez mais presente nos próximos anos, lojas como Dafiti e Tommy Hilfiger já aplicam a busca visual com excelentes resultados.

Para que o seu e-commerce possa aproveitar a ferramenta da melhor maneira possível, é necessário que as imagens dos produtos sigam alguns padrões. Assim elas serão localizadas pelo organismo de busca e apresentadas como opção para o consumidor.

Saiba como fazer essa inclusão de imagens da maneira correta.

Dê o máximo de informações possíveis

Para que a busca consiga relacionar a imagem com a busca do cliente, é preciso detalhar ao máximo os elementos da foto, como modelo, cor, tamanho, tendência etc. A riqueza de dados sobre o item faz com que o algoritmo encontre a foto com facilidade e apresente-a ao cliente.

Outro detalhe importante é que esses mesmos dados serão usados de maneira racional pelo consumidor para ajudar na decisão de compra, dando uma visão muito mais clara sobre o produto.

Personalize o nome do arquivo

Toda imagem que é enviada para as redes recebe um nome automático do sistema, uma combinação de letras e números que não colaboram para a localização dessa foto pelos mecanismos de busca.

Para resolver esse problema, nomeie a imagem com o nome do produto ou uma palavra-chave relacionada, permitindo que os mecanismos consigam ligar a foto ao termo.

Use imagens de boa qualidade

As fotos da sua loja virtual devem ser exatamente dos seus produtos (e não imagens tiradas de outros sites) e de boa qualidade. Esses cuidados, além de melhorarem a experiência do consumidor, demonstram profissionalismo e favorecem os algoritmos de busca.

Vale lembrar que fotos pixeladas ou confusas são pouco atraentes e influenciam negativamente a decisão de compra.

Torne a loja mobile friendly

Boa parte das pesquisas e compras da internet são feitas pelo smartphone ― sendo o meio usado por 67% dos entrevistados em pesquisa conduzida pela Confederação Nacional dos Lojistas.

Por isso, use plataformas para hospedar a sua loja virtual que sejam adaptáveis ao celular, favorecendo a experiência do usuário e permitindo que a compra seja concretizada com facilidade por esse dispositivo. Assim, é possível aumentar o volume de vendas e estreitar o relacionamento com o consumidor.

Vale lembrar que a busca visual está disponível há algum tempo e vem sendo aperfeiçoada. O uso desse tipo de conteúdo por profissionais de marketing é cada vez mais valorizado e vale a pena apostar nesse tipo de ferramenta para impulsionar a sua loja virtual.

Quer receber mais conteúdos que vão ajudar na gestão do seu negócio? Curta a nossa página no Facebook e acompanhe as postagens!