Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Bitcoin: o hype das cripto e o futuro do dinheiro

Bitcoin ditará o futuro do dinheiro no mundo? Veja nossa análise.

Escrito em 08 de Abril de 2022 por Redação iugu

Atualizado em 09 de Maio de 2022

O Bitcoin não é uma novidade no mercado, embora muitas pessoas ainda não entendam como essa tecnologia funciona. No início de abril de 2022 a mineração da moeda alcançou 19 milhões de unidades e está próxima de atingir seu limite, que é de 21 milhões.

Apesar de não restarem muitas unidades à venda no mercado, pesquisas mostram que a moeda digital saiu de US$ 37.000 e pode custar, até o fim de 2022, cerca de US$ 93.700. Ou seja, a tendência é que o futuro do dinheiro possa, sim, ser afetado pelas criptomoedas.

Fique por dentro sobre como o Bitcoin funciona no mercado e entenda como as criptomoedas têm crescido no mundo.

Está sem tempo de ler? Que tal ouvir esse conteúdo?

Afinal, o que é Bitcoin?

Bitcoin é uma moeda digital descentralizada, que não passa pela mão dos Bancos Centrais de cada país. Ele está presente apenas no mundo digital e não existe na forma de cédulas físicas circulando no mercado. 

Porém, é importante salientar que essa não é a única moeda presente no mundo digital. Existem várias opções de criptomoedas disponíveis para compra na internet e que circulam pelo sistema de blockchain - que é responsável por rastrear o envio e recebimento desses ativos.

No Brasil, o cenário do Bitcoin é bastante positivo. De acordo com pesquisas da Receita Federal Brasileira, houve um aumento de 73,3% na compra dessa moeda digital entre os anos de 2020 e 2021. A expectativa é que esse número aumente cada vez mais, apesar das instabilidades políticas no país e no mundo.

Quem pensa em investir em criptomoedas não precisa se restringir ao Bitcoin. Existem outras opções como o Ethereum, Litecoin, Ripple e outros. Você pode conferir a lista completa aqui

Bitcoin é realmente seguro?

O Bitcoin é uma moeda digital segura, já que está criptografada na rede. Basicamente, existe uma camada de segurança que gera códigos cifrados; ou seja, não é qualquer pessoa que consegue entender e acessar a criptomoeda.

A criptografia é muito utilizada pelo mercado de tecnologia pela sua segurança. Cada informação criptografada gera um código cifrado, que impede a leitura de terceiros. Isso significa que invasores muito dificilmente terão acesso às moedas digitais.

Todavia, é preciso destacar um ponto: muitas criptomoedas, como o próprio Bitcoin, ficam alocadas em uma carteira de corretagem digital, que nem sempre é 100% segura. Existem casos de roubos milionários a essas contas, que geraram prejuízos quase incontáveis. 

No final de 2021, a corretora BitMart foi roubada em mais de US$ 1 bilhão por falhas na sua segurança. A moeda em si era segura, porém a empresa não tinha os requisitos mais fortes para combater esse tipo de invasão. 

Por que o Bitcoin é tão famoso?

O mercado de criptomoedas está bastante aquecido nos dias de hoje. Contudo, a primeira versão a surgir foi o Bitcoin por isso, acredita-se que a moeda digital seja tão famosa.

Além disso, sua limitação de vendas enche os olhos de muitas pessoas. Como foi estipulado que serão comercializadas até 21 milhões de unidades em todo o mundo, a procura é cada vez mais acirrada, a fim de garantir uma fatia dessa pizza de ouro.

Isso tudo sem contar suas vantagens. Esse dinheiro do futuro não precisa passar pelas inflações de cada país, já que não está centralizado nas mãos dos Bancos Centrais. Outro ponto positivo é sua universalização, já que não existe diferença entre real, euro ou dólar tudo é um Bitcoin. 

A segurança é, sem dúvidas, um dos principais motivos pelos investidores procurarem Bitcoins. A criptografia é uma tecnologia de altíssima qualidade, que realmente assegura contra invasões e qualquer outro tipo de crime cibernético. São poucos casos de pessoas que conseguiram hackear corretoras. 

Ainda relacionado à segurança, a proteção de dados dos usuários é outro ponto interessante, que atrai muitos investidores para a moeda Bitcoin. No blockchain, o usuário não precisa divulgar suas informações pessoais e correr o risco de tê-las vazadas pela internet. É tudo muito sigiloso, sem a necessidade de preencher dados privados.

Ou seja, podemos listar aqui como principais vantagens:

  • Descentralização e não necessidade de passar pela inflação de cada país;
  • Universalização da moeda, sem diferenciação de união para união;
  • Segurança do Bitcoin e dos dados de cada pessoa.

Veja também: As principais tendências sobre os meios de pagamento no futuro além do Bitcoin!

Qual o futuro do dinheiro e dos pagamentos digitais?

Embora muitas pessoas acreditem que o futuro do dinheiro físico está contado, estudos revelam que isso não é previsto. Mesmo que outros métodos de pagamento ganhem destaque, como o Pix, as notas terão seu valor garantido entre as pessoas. 

O mesmo acontece em relação ao Bitcoin. Apesar do número de suas moedas estarem acabando, o cenário é bastante promissor: só em 2021, o Brasil teve um salto de 1.266% na compra de criptomoedas em relação ao ano anterior. 

Ou seja, o futuro do dinheiro é tanto na nota física como na moeda digital. A tendência é diversificar ainda mais e atender diferentes públicos no mercado. 

Por mais que o Bitcoin tenha quedas no seu valor, o crescimento é certo. Todos os anos milhares de investidores apostam nessa moeda, assim como em outras criptomoedas famosas no mundo inteiro. 

O futuro do dinheiro será variado e com muitas opções para os consumidores. 

Para conhecer e entender um pouco mais sobre esse mundo, ouça o cast “Criptomoedas e o futuro do Dinheiro”, do Resenha B2B, podcast da iugu que tem como missão simplificar o universo financeiro para empreendedores.

Banner-Full_Resenha-B2B-_c15