Techfin: o que é, como funciona e qual a diferença para as fintechs?

Escrito em 09 de Março de 2023 por Maria Carolina Rosa

Atualizado em 19 de Dezembro de 2023

Techfin é a fusão dinâmica entre tecnologia e finanças, redefinindo o setor por meio de inovações disruptivas. Desde pagamentos digitais até análises avançadas, essa convergência impulsiona soluções eficientes, transformando a experiência financeira e moldando o futuro das transações econômicas

Dos bancos digitais às fintechs, não há como negar que a tecnologia e a transformação digital trouxeram impactos significativos para o setor financeiro. Nesse cenário, empresas techfin têm ganhado cada vez mais tração no mercado. 

Apesar de se parecer com uma fintech, a techfin possui uma proposta um pouco diferente, e promete oferecer soluções ainda mais inovadoras às empresas. Então, que tal saber mais sobre o que é techfin e como funciona essa tendência de negócios? Acompanhe o conteúdo a seguir.

Sem tempo para ler? Experimente o player abaixo!

O que é uma techfin? 

A techfin é uma empresa de tecnologia que oferece serviços financeiros e inovadores para outras empresas com base em dados e em sua base de clientes. Dessa forma, elas proporcionam uma visão geral sobre os dados dos clientes e acesso a serviços e produtos personalizados, contribuindo para a melhora da gestão financeira como um todo. 

O termo pode até ser recente, mas algumas techfins já existem há bastante tempo, e você provavelmente utiliza algumas delas no seu dia a dia. Gigantes da tecnologia, como Google, Apple e Amazon, são alguns exemplos de techfins de sucesso que já fazem parte da rotina de milhares de empresas e pessoas ao redor do mundo. 

O termo techfin, foi, inclusive, criado por Jack Ma, empresário e fundador da gigante chinesa Alibaba, que decidiu incorporar produtos financeiros a soluções já existentes.

Para que serve uma techfin? 

Uma techfin serve como catalisadora da transformação digital no setor financeiro. Ela proporciona soluções inovadoras que otimizam processos, melhoram a eficiência e democratizam o acesso a serviços financeiros. 

Desde pagamentos móveis até plataformas de investimento automatizado, as techfins capacitam indivíduos e empresas, simplificando transações, reduzindo custos e oferecendo experiências financeiras mais acessíveis e personalizadas. 

Elas desempenham um papel fundamental na modernização do sistema financeiro, impulsionando a inclusão e a agilidade em um cenário cada vez mais digital.

Como as techfins funcionam? 

As techfin funcionam de forma integrada ao sistema de gestão de uma empresa, como os ERPs ou CRMs, e disponibilizam as ferramentas financeiras na plataforma da organização.

Além disso, as techfin também fazem a análise dos dados das empresas, traçando um verdadeiro raio-x das necessidades e implementando as mudanças necessárias.

Sendo assim, as techfins podem oferecer diversos serviços financeiros para empresas que não fazem parte do segmento, como, por exemplo:

Quais são os serviços oferecidos por techfins? 

Uma techfin oferece uma ampla gama de serviços financeiros inovadores, incorporando tecnologias avançadas para transformar a experiência do usuário. 

Isso inclui soluções de pagamento digital, como carteiras eletrônicas e sistemas de transferência instantânea, plataformas de empréstimos peer-to-peer, robo-advisors para investimentos automatizados, além de análises de dados avançadas para avaliação de riscos e tomada de decisões. 

Essas empresas também exploram inteligência artificial, blockchain e outras tecnologias emergentes para criar produtos financeiros mais eficientes, acessíveis e personalizados, buscando modernizar e democratizar o acesso aos serviços financeiros.

Qual é a diferença entre Techfin e Fintech?

O termo fintech é uma abreviação de “tecnologia financeira”, e refere-se a startups que usam tecnologia para oferecer produtos e serviços financeiros inovadores, acessíveis e mais eficientes do que os bancos tradicionais.

O termo Techfin, por sua vez, refere-se às grandes empresas de tecnologia, como Google, Amazon, Facebook e Apple, que decidem se aventurar no setor financeiro, já que possuem recursos, escala e dados de clientes para oferecer serviços mais personalizados.

De forma resumida, podemos dizer, então, que as fintechs e techfins representam duas ondas de inovação na indústria financeira, que estão transformando o setor significativamente. 

Quais são as vantagens das Techfins?

Agora que você já entendeu a diferença entre fintech e techfin, é hora de conhecer as principais vantagens desse modelo de negócios. Veja só.

  • Dados robustos: a partir das integrações com ERPs, CRM e plataformas de pagamento, as techfins conseguem fornecer dados analíticos mais robustos, favorecendo a tomada de decisão;
  • Personalização: os produtos e serviços oferecidos por techfins costumam ser personalizados segundo a necessidade dos clientes;
  • Redução de erros: a partir da automatização de rotinas, as techfin conseguem reduzir as chances de erros manuais e o retrabalho;

Fique por dentro das tendências do mercado de pagamento

Como vimos ao longo do artigo, ao lado das fintechs, as techfin representam um novo capítulo do universo financeiro, prometendo mudanças drásticas no ecossistema e aumentando a competitividade do setor.

Nessa esteira de constantes inovações, é preciso estar sempre atualizado sobre as principais tendências.  E para não perder nenhuma novidade, é só assinar a news da iugu e receber as principais notícias sobre o universo financeiro e dos meios de pagamento.

CTA news

Posts relacionados

homem segurando um celular e um cartão de crédito fazendo um pagamento online
mão de cliente segurando celular e fazendo um pix automático
homem de cabelos louros com tablet assinando serviço de energia solar por assinatura