Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica, não sejam MEI e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Indiquei um cliente pelo programa de Afiliados. Como eu posso consultar minha indicação?

Você pode consultar sua indicação no Painel do Indicador.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Quero ser cliente

Recorrência SaaS: por que é tão importante e como implantar?

Entenda a importância da recorrência SaaS como aliada financeira na era dos serviços digitais e saiba e como implementá-la.

Escrito em 29 de Outubro de 2020 por Renato Ribeiro

O modelo de entrega de produtos digitais como serviço, vem revolucionando o mercado em pouco tempo. De um lado, ele traz mais comodidade e flexibilidade para o uso de soluções por clientes. De outro, vantagens de gestão e finanças para os negócios.

Será que a sua empresa não pode ser a próxima a se transformar, apostando na recorrência SaaS? Neste artigo, preparamos um guia rápido e objetivo sobre o modelo. Veja a seguir, o que é esse tipo de pagamento, suas vantagens e como você pode implementar. Confira!

O que é recorrência SaaS?

Quando analisamos o percurso mercadológico de várias soluções e serviços digitais, vemos que existe uma grande tendência acontecendo nos últimos anos. Por exemplo, o modelo de compra de licenças, normalmente, é substituído pelo chamado SaaS, ou Software como Serviço.

A maior diferença está no modo de pagamento. Em vez de pagar uma vez por um produto digital, o usuário dilui esse valor em uma assinatura periódica. Ele paga o preço adequado e pelo tempo necessário para ter sua demanda atendida. Esses planos se encaixam em uma modalidade de cobrança recorrente.

Como funciona na prática?

Na teoria, a recorrência SaaS parece muito um modelo de assinatura tradicional, mas existem algumas diferenças.

Quando olhamos para o que era feito até pouco tempo com o SaaS, notamos que a cobrança anterior não era tão atrativa para clientes. Naquele caso, a assinatura era na verdade, uma compra parcelada. O usuário se comprometia com um grande valor de uma vez e apenas pagava em período diluído.

A recorrência não exige essa barreira de entrada. Como a empresa utiliza um sistema automatizado de pagamentos e cobranças, o valor é automaticamente debitado do cartão (ou um boleto é gerado), diante do vencimento daquele período combinado em contrato.

Dessa forma, todo o processo é feito sem a necessidade de interferência humana, o que aumenta muito a eficiência e o retorno para o negócio que investe na tecnologia.

Quais as vantagens de implementar?

A facilidade de utilizar um sistema de pagamento recorrente, é um benefício que está revolucionando o mercado. Veja o que esse modelo traz de mais importante para o sucesso do seu produto ou serviço digital.

Cobrança simplificada

Reforçando este ponto que talvez seja o principal: investir em recorrência automatizada, é ter um processo mais simples de cobrança, e ainda mais, de pagamento.

Na maioria dos casos em que as assinaturas são pagas com cartões de crédito, nenhuma das partes precisa de qualquer ação para manter o plano ativo. Isso é bom, inclusive, para controle de inadimplência, além de manter o seu fluxo de caixa mais saudável e estável ao longo do tempo.

Menos obstáculos para a conversão

Assinaturas no modelo de compra parcelada, exigem comprometimento de limites de cartão, e também do tempo que o cliente ficará preso àquela solução. Muitas conversões são perdidas por causa disso. Com uma barreira de entrada bem menor, você consegue converter mais e então, usar a qualidade do serviço para mantê-los por mais tempo.

Mais clientes fidelizados

Sim, a recorrência SaaS ajuda muito na fidelização. Parece contraditório, já que o cliente pode parar de usar o serviço quando quiser. No entanto, é exatamente essa simplicidade que conquista o público.

"Prender" o público a um plano hoje, é visto como uma prática pouco desejável. O foco deve ser em um relacionamento, uma parceria entre as partes. Sem o peso da obrigação, os clientes ficam mais abertos a experimentar, testar, entrar em contato e demonstrar o que acham do seu serviço. Você cria uma base mais sólida e participativa.

Maior previsibilidade de receita

Clientes fidelizados, pagamento automatizado e menos inadimplência. O resultado dessa combinação não poderia ser outro. Sua empresa ganha estabilidade de faturamento, conseguindo projetar receitas e custos em prazos maiores.

Com isso, você consegue levantar um pouco mais os olhos e mirar no futuro, como novos projetos, produtos e estratégias. É possível investir com menos riscos e buscar tendências antes dos concorrentes.

Quais os indicadores para mensurar seu sucesso?

Quando você, finalmente, implementar sua estratégia de recorrência SaaS, vai perceber uma melhora considerável em vários aspectos internos de gestão financeira e administrativa. Mas, medindo os indicadores certos, também consegue perceber a melhora nos ganhos relacionados à retenção de público.

Estudando esses números, é possível aprimorar ainda mais a estratégia, ajustar preços, planos e ofertas para faturar cada vez mais. Veja os KPIs principais da recorrência.

Custo de Aquisição de Cliente

Quando falamos em menos barreiras de conversão, estamos entrando diretamente na influência do CAC — o valor que você gasta para conseguir cada novo cliente.

É um indicador mais voltado para o marketing, mas acompanhá-lo na implementação de pagamento recorrente, pode mostrar os fatores mais relevantes para atrair novos assinantes.

Ticket médio

Outra vantagem de automatizar o pagamento, é ter mais flexibilidade de criar planos e pacotes especiais com valores distintos. Aproveite o momento para experimentar novas combinações entre preços e oferta. Assim, você pode otimizar o ticket médio em geral.

Taxa de Churn

A taxa de churn, demonstra a porcentagem de clientes convertidos que deixam de ser recorrentes, depois de determinado período. A tendência é que esse indicador melhore bastante com a recorrência SaaS, mas é sempre bom analisar e entender esses números para mantê-los, ainda mais tempo, consumindo suas soluções.

NPS

Que tal mensurar seu sucesso perguntando diretamente aos seus clientes? O Net Promoter Score, demonstra a satisfação e a propensão da sua base de indicar o serviço ou produto à outras pessoas.

Você pode fazer pesquisas NPS específicas para preços, períodos de vencimento e ofertas. Assim, encontrar um equilíbrio perfeito entre o que cobra, como cobra e o que entrega.

Como implementar?

Cada negócio tem sua própria solução digital, forma de entrega e estratégia de faturamento. Ou seja, não existe um plano universal de implementação.

Mas podemos terminar apontando para um caminho que talvez seja melhor para todos, ou pelo menos, para a maioria seguir: o investimento em uma boa solução automatizada de pagamento recorrente.

Plataformas especializadas não só garantem a eficiência do processo, como fornecem dados para indicadores e auxiliam na busca por aprimorar questões como inadimplência.

Com um bom sistema em mãos, é hora de traçar planos, buscar as melhores condições de pagamento, prazos, entender a expectativa do cliente e se adequar a ela. A recorrência SaaS é um passo que coloca a sua empresa no futuro.

E aí, gostou das dicas? Se você quer se informar ainda mais sobre como conseguir mais clientes por mais tempo, assine a nossa newsletter!