Planilha de orçamento: o que é e dicas para criar a sua

Conheça a importância do documento e saiba como fazer o seu em passos simples

Escrito em 29 de Agosto de 2022 por Thainara Carvalho

Atualizado em 30 de Agosto de 2022

Fazer a gestão financeira de um negócio está longe de ser uma tarefa fácil. Com entradas e saídas diárias, pode ser difícil acompanhar os resultados do negócio. Para reverter o problema, é preciso contar com as ferramentas certas, como a planilha de orçamento empresarial.

Dessa forma, é possível fazer melhores projeções e entender como investir no seu negócio sem prejudicar o orçamento, evitando prejuízos à saúde do empreendimento.

No entanto, pode ser difícil saber por onde começar. Pensando nisso, preparamos um conteúdo para te ajudar a entender o que é uma planilha de orçamento e dicas para que você possa criar a sua em passos simples.

Vamos lá?

O que é a planilha de orçamento?

A planilha de orçamento empresarial é uma ferramenta de planejamento financeiro. A partir dela, é possível entender os volumes de entrada e saída de dinheiro de um determinado período, e comparar os resultados obtidos com os resultados desejados.

Geralmente, o documento é dividido em abas, que podem ser semanais, quinzenais, mensais ou anuais, e também contém informações sobre vendas e despesas.

Com ela, é possível ter uma visão macro sobre as movimentações financeiras da empresa, e identificar as áreas que merecem mais atenção.

Dessa forma, as finanças ficam mais organizadas, o que contribui para as tomadas de decisão assertivas, a economia de recursos e aumento da lucratividade.

Qual é a importância da planilha de orçamento?

Seja em uma multinacional ou em um comércio de bairro, uma gestão financeira eficiente é imprescindível para o sucesso de qualquer negócio. 

Afinal de contas, ela é o motor da empresa, e possibilita a continuidade das operações.

E a importância desse controle fica ainda mais nítida em períodos turbulentos.  De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), desde que a pandemia do novo coronavírus chegou ao Brasil, 716.000 empresas fecharam as portas. 

Do total de negócios fechados, temporária ou definitivamente, quatro em cada 10 afirmaram que a situação deveu-se à falta de um planejamento financeiro perante a crise da pandemia.

Diante desse cenário, é nítida a importância de ferramentas que auxiliem na organização das finanças, como as projeções de receitas e despesas, as entradas de saída e entre outros elementos de gestão. 

Com uma planilha de orçamento empresarial, você tem um guia prático para tomar as melhores decisões para o negócio, e ainda consegue visualizar o histórico de receitas e despesas. 

Assim, fica mais fácil fazer um acompanhamento e realizar os ajustes necessários para otimizar o desempenho da empresa com mais segurança.

O que deve constar em uma planilha de orçamento empresarial?

A planilha de orçamento empresarial deve ser feita em programas como o Microsoft Excel ou Google Spreadsheets, já que estes oferecem fórmulas e gráficos que facilitam os cálculos, eliminam as chances de erros e dão mais agilidade às operações.

Diferente de uma planilha de orçamento familiar ou pessoal, a planilha empresarial deve conter elementos que permitam a avaliação das finanças e monitoramento de resultados de forma detalhada, como:

  • Abas divididas por semana, mês, trimestre, semestre ou ano, atendendo as análises da empresas;
  • Valores estimados e efetivos, como vendas de mercadorias, vendas de produtos e prestação de serviços;
  • Fórmulas para avaliação do desempenho da empresa de acordo com o período escolhido; 
  • Valores com estimados e efetivos de despesas fixas e ocasionais, como compra de insumos, softwares, energia, aluguel, etc;
  • Saldo da diferença entre rendimentos e despesas.

Controle o seu financeiro com a ajuda da tecnologia

Agora que você já sabe como fazer uma planilha de orçamento e a importância desse documento para a saúde da sua empresa, que tal contar com a ajuda da tecnologia para deixar esse processo ainda mais eficiente?

Baixe gratuitamente o seu Mini Guia de Eficiência Financeira para Empresas e entenda, na prática, mensurar a saúde financeira do seu negócio através de métricas e como implementar a transformação digital necessária nesta área.

eficiencia financeira