Como funciona o Pix Saque e Pix Troco?

Escrito em 02 de Dezembro de 2021 por Redação iugu

Atualizado em 24 de Agosto de 2023

Você piscou, o Pix completou um ano de funcionamento e você, provavelmente, é uma das milhões de pessoas que já utiliza essa ferramenta de pagamentos. Desde o lançamento oficial, em novembro de 2020, o Banco Central foi liberando, aos poucos, novas funcionalidades do Pix, como o Pix Saque e o Pix Troco.

Descubra como funcionam o Pix Saque e Pix Troco e quais são as expectativas de novos lançamentos!

O que é Pix Saque e Pix Troco?

Se você achava que o Pix já facilitava muito a sua vida, espere até conhecer melhor as novas funcionalidades!

O Pix Saque e o Pix Troco começaram a valer a partir do dia 29 de novembro de 2021, como mais uma opção para a população sacar dinheiro, além do caixa eletrônico e agência bancária.

As novas funcionalidades permitem o saque de dinheiro em espécie em estabelecimentos comerciais físicos em que o cliente já faz compras, como por exemplo: lojas, padarias e supermercados.

De acordo com Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central (BC), o Pix troco e Pix saque serão disponibilizados gradualmente pela rede varejista. Então, fique de olho!

Para realizar Pix saque, basta que o cliente envie um Pix para o estabelecimento, utilizando o mesmo processo de envio de um Pix normal, a partir da leitura de um QR Code específico mostrado ao cliente ou a partir do aplicativo do prestador do serviço.

Feito isso, a loja vai repassar o valor do Pix integralmente em dinheiro para o cliente.

No Pix Troco, o processo é parecido. O cliente faz uma compra, efetua o pagamento com Pix, mas num valor superior ao das mercadorias ou serviços. O estabelecimento então, devolve em dinheiro o valor excedido.

Limites do Pix Saque e Pix Troco

O limite máximo das transações do Pix Saque e do Pix Troco é de R$ 500 durante o dia e de R$ 100 à noite, entre 20h e 6h. No entanto, os estabelecimentos terão autonomia para ofertarem limites menores, caso considerem mais seguro e adequado.

Existe também um limite de operações. Os clientes podem fazer até oito operações de Pix Saque ou Pix Troco gratuitas ao mês.

E o que o comércio ganha com isso?

Claro que a vantagem não ficaria somente do lado dos consumidores. Para incentivar os comércios a oferecerem as novas funcionalidades, o comércio que disponibilizar o serviço vai receber uma tarifa que pode variar de R$ 0,25 a R$ 0,95 por transação, dependendo dos bancos.

O pagamento será feito pela instituição financeira onde o usuário que fizer o saque tem conta.

Além de ter como vantagem o aumento da receita, o comércio que oferecer o Pix Saque e o Pix Troco também pode:

  • Atrair mais movimento para sua loja;
  • Oferecer mais comodidade para seus clientes;
  • Evitar chegar ao fim do dia com grandes quantias de dinheiro em espécie no caixa, o que gera maior segurança ao estabelecimento.

Ficou interessado em oferecer as novas funcionalidades em seu comércio? Veja como funcionará na prática!

Como o Pix Saque e o Pix Troco funcionam na prática?

Agora, vamos entender como funciona o Pix saque e o Pix troco na prática.

Os estabelecimentos interessados em fazer parte da rede que aceitam o Pix Saque e o Pix Troco já podem fazer a solicitação ao Banco Central, com a condição de se adaptar para oferecer o QR Code vinculado aos serviços.

O portal de dados abertos do Bacen vai informar quais comércios aderiram à ferramenta.

Além disso, a nova funcionalidade será oferecida também por geolocalização. Ou seja, o consumidor poderá abrir o aplicativo do banco em que tem conta e encontrar o estabelecimento mais próximo com as opções do Pix Saque e Troco!

O que ainda está por vir do Pix

E as novidades não param por aí. Além do saque com Pix, são esperados os lançamentos de novas funcionalidades como:

  • O Pix podendo ser incorporado a aplicativos como o WhatsApp e de controle financeiro, serviços, dentre outros negócios que se homologarem no Bacen como Iniciadores de Pagamentos.
  • Pix por Aproximação: consiste no uso de smartphone para pagamentos por aproximação em maquininhas de estabelecimentos.
  • Pix Offline: possibilita o uso do Pix mesmo em situações em que pagador e/ou recebedor esteja sem conexão com a internet.

Para 2022, as novidades aguardadas são:

  • Pix Garantido: garantia de pagamento que poderá facilitar parcelamentos de compras pelo Pix.
  • Débito automático no Pix: funcionalidade que facilitará pagamentos recorrentes por meio do Pix.

O que você achou de todas essas novidades?

Quer saber mais sobre o Pix e como utilizá-lo para potencializar o seu negócio? Entre em contato com nossos especialistas e saiba mais.

imagem de uma mulher com oculos e celular na mão realizando um pagamento com o pix

 

Posts relacionados

homem segurando um celular e um cartão de crédito fazendo um pagamento online
mão de uma mulher, segurando cartão de crédito e usando o gateway de pagamento iugu