Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica, não sejam MEI e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Indiquei um cliente pelo programa de Afiliados. Como eu posso consultar minha indicação?

Você pode consultar sua indicação no Painel do Indicador.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Quero ser cliente

Como fazer a gestão de fornecedores de forma eficiente e ter ótimos resultados para sua loja?

Escrito em 09 de Julho de 2020 por Renato Ribeiro

Se a sua empresa tem um fluxo constante de vendas, a gestão de fornecedores é essencial. Isso porque essa etapa garante que os prazos das entregas sejam cumpridos e a habilidade de competir no mercado seja mantida.

Para quem trabalha com vendas online, por exemplo, a gestão de fornecedores tem uma importância estratégica. Esse é um setor que precisa estar continuamente atento a prazos e custos para manter os clientes fidelizados. Por isso, quando há um investimento robusto nesse tipo de processo, as chances de falhas ocorrerem são baixas.

Quer saber mais sobre a gestão de fornecedores e como boas soluções de TI podem ajudar você? Então confira o post a seguir!

O que é a gestão de fornecedores?

A gestão de fornecedores é o processo no qual a empresa investe em estratégias para evitar problemas no contato diário com os seus parceiros comerciais. Tudo é feito para evitar atrasos, otimizar gastos e garantir que a empresa sempre tenha o apoio de soluções de alto custo-benefício. Por isso, para ser bem-feita, a gestão de fornecedores passa por pontos como:

  • o gerenciamento de prazos de entrega;
  • a avaliação contínua de contratos em busca de novas oportunidades;
  • uma comunicação direta com as áreas de vendas, publicidade e planejamento em busca do alinhamento de metas;
  • a verificação da quantidade de insumos existentes;
  • a identificação da quantidade de suprimentos que são necessários;
  • o planejamento de novas compras para que elas possam ocorrer sempre no melhor momento.

A partir de cada rotina, a empresa busca organizar o seu fluxo de trabalho para sempre ter todos os materiais necessários para cumprir com os prazos acordados com clientes. Ou seja, a gestão de fornecedores auxilia os times a terem os materiais necessários para serem ágeis, precisos e econômicos. Assim, o negócio pode ampliar o seu retorno sobre investimentos e evitar quedas de produtividade ocasionadas por falta de matéria-prima.

Quais impactos a gestão de fornecedores traz para a sua empresa?

A gestão de fornecedores tem um papel-chave para tornar empresas mais produtivas e competitivas. A partir do manejo correto da compra de produtos, do pagamento de contas e da avaliação de prazos, todo o planejamento da companhia será mais dinâmico. Os times saberão como se planejar para atender às demandas existentes e evitar atrasos.

Da mesma maneira, as equipes de compra de mercadorias conseguirão identificar qual a melhor hora para comprar cada insumo, o que reduz custos na fabricação de produtos. Além disso, atrasos no pagamento de contas deixarão de ser frequentes. Isso evita multas e prejuízos financeiros.

Juntos, todos esses ganhos se traduzirão em uma companhia com uma cadeia operacional econômica e ágil. As rotinas serão feitas sem interrupções. Desse modo, empresas de e-commerce, por exemplo, conseguirão entregar para os seus consumidores os produtos vendidos com os melhores prazos do mercado.

Como otimizar a gestão de fornecedores?

Para otimizar a gestão de fornecedores, há uma série de estratégias que podem ser implementadas. Juntas, elas conseguem flexibilizar o trabalho da equipe, evitar gastos desnecessários e a não aderência a prazos. Veja a seguir!

Mantenha um catálogo dos fornecedores

Uma empresa pode contar com vários parceiros comerciais. Diante disso, contar com um catálogo com os dados básicos de todos pode ser um ótimo investimento. Afinal, isso centralizará o acesso às informações necessárias para adquirir novos itens.

Quando há a necessidade de comprar um item em caráter de urgência, por exemplo, o catálogo pode poupar um grande esforço do negócio. A empresa não perderá muito tempo encontrando a companhia que melhor atende às suas demandas. Desse modo, será mais fácil focar em rotinas críticas.

Sempre faça uma pesquisa de preços

Sempre que a compra permitir, faça uma pesquisa extensa de preços. Identifique os prazos existentes, custos adicionais e as características de cada produto. Desse modo, o negócio conseguirá direcionar as suas escolhas para que elas sempre foquem no que tem o melhor custo-benefício.

Em outras palavras, a pesquisa evita que o negócio pague a mais por um produto ou escolha algo que, apesar de barato, não atende às suas necessidades. A decisão vai ser direcionada para o fornecedor com o maior custo-benefício. Assim, a competitividade será mantida.

Comunique-se com outras áreas para planejar as compras

Empresas regularmente começam projetos, reformulam objetivos internos e buscam novas formas de atender a solicitações externas. Isso pode acontecer tanto pelas demandas do público-alvo quanto pela necessidade de manter uma boa experiência de consumo. Nessas horas, o time de compras deve estar preparado.

Afinal, muitas vezes isso exigirá a aquisição de novas mercadorias. Por isso, mantenha um canal de comunicação contínuo com as equipes da área. Dessa maneira, a companhia conseguirá evitar atrasos na compra de novos materiais e fará um planejamento mais econômico.

Revise contratos

Como apontamos, as metas da empresa podem variar continuamente. Nessas horas, uma boa escolha é revisar os contratos existentes. Desse modo, o negócio conseguirá manter a sua relação com os consumidores sempre alinhada com os seus objetivos.

Em outras palavras, a empresa evitará que contratos de prestação de serviços tenham serviços que não são necessários. Da mesma maneira, a companhia poderá diminuir os riscos de manter algum contrato que não tenha algo que ela precisa. Ou seja, todos os contratos terão alto custo-benefício.

Por que é uma boa ideia utilizar a tecnologia para a gestão de fornecedores?

A tecnologia pode ser de grande apoio para a gestão de fornecedores. Utilizando as ferramentas corretas, o negócio consegue cortar gastos, evitar atrasos e melhorar o acesso a dados. Assim, os prazos se reduzem e a companhia pode se manter focada em assuntos estratégicos.

As soluções da iugu são ideais para você manter o controle financeiro do negócio e evitar problemas no gerenciamento dos fornecedores. Dos dados de contratos ao pagamento de contas, tudo pode ser feito com mais transparência. Além disso, as rotinas deixarão de ter erros comuns, o que melhora os seus prazos e evita gastos desnecessários.

Portanto, sempre procure um parceiro especializado como a iugu para otimizar a gestão de fornecedores do seu negócio. Isso dará para a empresa as bases para evitar prejuízos e focar no que importa: a criação de uma experiência única para o seu público-alvo.

Quer saber mais sobre as nossas ferramentas? Então fale com a gente!