Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Digitalização do varejo: saiba por quê aplicar na sua empresa

Em meio às mudanças do comportamento do consumidor, digitalizar processos é fundamental para a sobrevivência

Escrito em 12 de Agosto de 2022 por Thainara Carvalho

Atualizado em 30 de Agosto de 2022

 

O comportamento dos consumidores foi drasticamente afetado pela pandemia de  COVID-19. O contexto pandêmico trouxe, também, uma grande aceleração tecnológica, e impulsionou, ainda mais, a digitalização do varejo

Logo, a reinvenção e a implementação de novas tecnologias se tornam imprescindíveis para a sobrevivência em um ambiente de constantes transformações

Agora, não se trata mais de escolher ou não modernizar os negócios, mas sim entender que essa escolha já foi feita pelo consumidor e que, para sobreviver, o seu varejo deve se adaptar às mudanças e tendências.

Então, que tal saber mais sobre o que é digitalização do varejo, seus impactos e como você pode participar do processo? 

Sem tempo para ler? Experimente ouvir esse conteúdo.

O que é digitalização do varejo?

A digitalização do varejo, como o próprio nome sugere, diz respeito a profunda transformação digital do segmento, que passou a adotar, nos dois últimos anos, mais tecnologias em seus processos e reinventar estratégias de vendas.

Apesar de já acontecer há alguns anos –  principalmente com o maior acesso  aos smartphones pela população brasileira –, a digitalização foi drasticamente impulsionada pela pandemia de COVID-19.

Para se ter uma ideia, uma pesquisa feita pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), mais de 20 milhões de consumidores realizaram pela primeira vez uma compra pela internet durante o isolamento social.

Com as lojas fechadas e as restrições impostas, muitos negócios tradicionais se viram obrigados a migrar para o online a fim de continuar as operações. 

Dessa forma, o digital passou a ser uma peça-chave para a sobrevivência de negócios em tempos de turbulências. 

Qual é a importância da digitalização do varejo?

Seja pelas redes sociais, por sites, por aplicativos de loja ou até por Whatsapp, hoje as opções de canais de compra são diversas e estão espalhadas por todo o lugar – uma realidade bastante diferente daquela experienciada por boa parte dos brasileiros há 10 anos.

Diante dessa variedade de opções e maior acesso à informação, os consumidores ficaram mais exigentes, e anseiam por comodidades, como:

  • Praticidade;
  • Conforto; 
  • Horários de atendimento para dúvidas e reclamações;
  • Segurança;
  • Qualidade nos produtos;
  • Facilidade na hora de comprar e atendimento personalizado.

Além disso, a agilidade, a transparência, a conexão, a diversidade de meios de pagamento e, claro, um excelente pós-venda, também se tornaram essenciais para o processo de atração e fidelização de clientes.

Diante desses novos comportamentos, a digitalização de empresas traz diversos benefícios, como a oferta de uma multiplicidade de canais aos consumidores, a redução de custos e o aumento do lucro. 

Afinal, é muito mais econômico investir em sites e redes sociais do que na manutenção de lojas físicas.

A tecnologia ainda permite o acesso e a coleta de dados fundamentais para a personalização e otimização de processos. 

Dessa forma, é possível ter uma visão assertiva sobre as  vendas, o estoque e ainda ter acesso ao histórico de compras e navegação dos clientes.

É também a partir desses dados que as empresas adquirem um conhecimento profundo sobre o perfil dos consumidores.

Assim, elas contam com mais informações sobre suas preferências, sexo, idade e hobbies, que podem ser utilizadas para aprimorar estratégias de marketing, garantir ações assertivas acerca do público-alvo e melhorar as vendas.

Digitalização do varejo e meios de pagamento: o que tem a ver?

O varejo sempre foi um fator de influência na vida financeira da população. Desde a possibilidade de “comprar fiado” em uma loja de bairro até os carnês oferecidos pelas grandes lojas, não é de hoje que ele atua na inserção econômica e facilita o acesso a produtos.

Com as novas tecnologias e a digitalização de processos, essa parceria ficou ainda mais forte. Além de ingressarem de vez no online, grandes players do varejo passaram a oferecer soluções financeiras completas aos consumidores.

Além do boleto e do cartão de crédito, o Pix, as carteiras e contas digitais também passaram a compor o leque de serviços oferecidos pelas empresas do segmento.

O Embedded Finance – como é conhecida a tendência de serviços financeiros incorporados a empresas que não fazem parte do setor –, passou a ser uma estratégia cada vez mais cobiçada, e que já traz resultados significativos para a economia. 

No início da pandemia, o número de desbancarizados no Brasil caiu 73%, de acordo com o estudo “Aceleração da inclusão financeira durante a pandemia da Covid-19″, realizado pela Americas Market Intelligence com a Mastercard.

Nesse contexto, a crescente digitalização do varejo — além de garantir a sobrevivência e vantagem competitiva às empresas —,  impacta diretamente a vida financeira da população, e permite  um maior acesso a soluções que antes não estavam ao alcance.

Como a iugu pode potencializar a digitalização do seu negócio?

Até aqui, vimos que, para sobreviver, as empresas precisam estar inseridas no processo de digitalização.

Mas sabemos que essa tarefa não é tão fácil. Pensando em te ajudar a entender mais sobre o assunto, preparamos um material completo sobre o papel do varejo na digitalização financeira do consumidor.

Com esse material, você vai ficar por dentro de todas as vantagens dessa estratégia,  descobrir como implementá-la e ainda ter acesso às dicas do Alfredo Soares para bombar suas vendas online. Baixe gratuitamente o E-book do Crédito à Cripto e aproveite!

Nova call to action