Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica, não sejam MEI e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Indiquei um cliente pelo programa de Afiliados. Como eu posso consultar minha indicação?

Você pode consultar sua indicação no Painel do Indicador.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Quero ser cliente

Como aumentar o tráfego em e-commerce? Entenda!

Nesse artigo, contamos as melhores dicas sobre como aumentar tráfego em e-commerce e alavancar as vendas.

Escrito em 24 de Outubro de 2020 por Marcos Madureira

Se você tem um e-commerce, com certeza, deve sempre buscar formas de como aumentar o tráfego dos seus perfis nas redes sociais e, principalmente, na sua loja virtual. Atrair leads não é uma tarefa fácil, mas ao seguir as dicas corretas e garantir a mensuração das ações, o crescimento do seu negócio é inevitável.

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo!

O tráfego é importante porque mostra o alcance da sua marca. É imprescindível destacar que ele não é sinônimo de vendas. Muitas vezes, a ausência de técnicas de conversão faz com que um alto volume de tráfego não retorne receita para o seu negócio. Por isso, é essencial ter uma estratégia digital para fortalecer a sua marca com foco em alcance, engajamento e vendas.

Neste artigo conheça as boas práticas fundamentais para alavancar o seu e-commerce. Aproveite a leitura!

Desenvolva uma estratégia digital da marca

O primeiro passo para aumentar o tráfego do seu e-commerce é desenvolver uma estratégia digital para a sua marca. Você precisa enxergar a sua loja como, de fato, uma empresa e tem a necessidade de se posicionar para atrair clientes. Mesmo que você esteja começando o seu negócio do zero é essencial ter visão empresarial, e isso só pode ser alcançado quando você mesmo acredita no potencial da sua marca.

Por isso é interessante fazer um plano de negócios e construir um planejamento estratégico digital. Nesse documento deve estar previstas as ações para ampliar o alcance da marca, as expectativas quanto aos seus resultados e como elas devem impactar no desempenho do e-commerce.

As ações previstas devem trazer um orçamento disponível, enquanto as expectativas são traduzidas em metas de negócios. Elas devem ter indicadores que vão mensurar a sua performance e o retorno dos investimentos realizados para a sua empresa. Garanta que a sua marca estará presente nas principais redes sociais, como Instagram e YouTube.

Produza vídeos educativos sobre seu produto

Você deve acreditar na qualidade do seu produto e transmitir isso para outras pessoas. Uma forma indispensável de fazer isso é a produção de vídeos com conteúdos educativos sobre o seu produto. Dessa maneira, é possível mostrar o quão bom é o seu produto e apresentá-lo para as pessoas como a solução que elas precisam.

Essa é uma estratégia muito interessante. Afinal, uma pesquisa recente feita pela TIC Domicílios aponta que mais de 70% dos usuários consumiram conteúdo em vídeo ou áudio online. Conhecer esses dados é essencial para que a sua estratégia tenha, de fato, o resultado esperado. Saber quais canais de comunicação utilizar é preciso se você quer alavancar a sua marca e aumentar o tráfego do seu e-commerce.

O Instagram e o YouTube são as principais ferramentas usadas para promover engajamento por meio do conteúdo em vídeo. No Instagram, por exemplo, é possível explorar diversos recursos, como os reels (recurso lançado recentemente), a postagem no modelo de carrossel e os stories.

Aposte na estratégia do Google Adwords

O Adwords, ou apenas Ads, é um recurso da Google que faz toda a diferença na hora de alavancar a sua marca. Para se ter uma ideia, hoje ela é a principal fonte de receita da empresa. Com certeza, você já pesquisou alguma palavra-chave na plataforma de buscas da Google e se deparou com links sinalizados como "anúncio". Esses são pagos por meio da plataforma Ads para serem divulgados no buscador.

Para usar essa ferramenta é simples: basta ter uma conta do Gmail. Feito isso, você pode acessá-la e disponibilizar um valor para impulsionar determinado link do seu site. Pode ser a sua marca propriamente dita, algum modelo de produto ou algum artigo publicado no seu blog. Você define o prazo da sua campanha por meio do painel de gerenciamento. Trabalhar com o Google Ads não é complicado, não é mesmo?

Invista na produção de conteúdo relevante

Produzir conteúdo atrai o interesse de muitas pessoas. De acordo com a quinta edição da Content Trends 97,6% dos respondentes afirmam que consomem conteúdo online. O caminho ideal é ter um blog para divulgar o conteúdo relevante. Você deve usar as redes sociais para atrair os leads, também com conteúdo, e nutri-los com informações ricas no seu blog. Dessa maneira, é possível guiar o seu lead por meio do funil de vendas e fazer com que o aumento do tráfego se torne também em crescimento da receita do seu e-commerce.

É importante garantir que o conteúdo produzido esteja em acordo com o seu público espera ver. Por isso, você deve fazer o mapeamento de quem são as personas do seu negócio. É por meio desse estudo que as suas estratégias devem ser guiadas. Assim, é possível alcançar a alta performance. Afinal, a sua marca se posicionará da maneira que a sua audiência espera.

Tenha boas práticas de SEO nas suas páginas

A técnica de SEO (Search Engine Optimization, ou Otimização de Sites), na verdade, é um conjunto de boas práticas estratégicas que tornam a sua página mais escaneável e faz com que ela fique melhor posicionada nos motores de busca. O SEO está diretamente relacionado à experiência do usuário.

Por isso, quanto melhor for a usabilidade do seu site e quanto mais qualidade tiver os conteúdos produzidos, mais a sua página vai ser vista. É dessa maneira que o seu e-commerce consegue potencializar o alcance da sua marca, aumentando-se, assim, o tráfego da página.

É importante que você pense que qualquer tipo de pessoa pode usar o seu produto. Dessa forma, é essencial que o seu e-commerce seja inclusivo. Pessoas com deficiência devem ter facilidade de navegar pela sua loja e de comprar nela. Além disso, uma dica de como aumentar tráfego de qualquer página por meio do SEO é garantir que ela vai ser responsiva: com qualidade e navegabilidade em notebooks, smartphones e tablets.

Com as dicas especiais de como aumentar tráfego de sites e e-commerces que apresentamos neste artigo, com certeza, você vai conseguir impulsionar o seu negócio. Coloque em práticas as estratégias citadas e mensure os seus resultados por meio de ferramentas de BI (Business Intelligence, ou Inteligência do Negócio).

Se este post foi útil para você, aproveite e confira o nosso artigo sobre como fazer a descrição de produtos para um e-commerce!