Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Atente aos cuidados necessários ao fazer renovação de contratos SaaS!

Escrito em 03 de Setembro de 2020 por Renato Ribeiro

Atualizado em 21 de Dezembro de 2020

Empresas que trabalham com modelos de negócios podem ter um grande desafio, que é a hora da renovação de contratos SaaS. Nesse momento é necessário realinhar valores com os clientes, repensar métricas e normas. Além disso, detalhes jurídicos precisam ser atualizados para manter o contrato dentro das regras do setor.

Fazer esse processo com cuidado pode evitar, portanto, problemas e prejuízos para o negócio. Ao mesmo tempo, garante que o cliente sairá satisfeito e se manterá fidelizado — mesmo que o valor do contrato aumente, ele conseguirá visualizar o custo-benefício de se manter fiel à sua marca.

Quer saber mais sobre o tema e como evitar problemas durante a renovação de contratos SaaS do seu negócio? Então confira o post a seguir!

Como o contrato na modalidade SaaS funciona?

Os contratos de empresas que mantêm o pagamento recorrente são relativamente diferentes dos contratos de negócios que adotam outras formas de pagamento. Ele precisa estar adaptado ao modelo de venda de serviços, ou seja, ter normas claras para garantir ao cliente que ele pagará um valor fixo conforme a quantidade de itens que são consumidos ao longo de um período. Assim, ele consegue fazer um investimento com maior segurança e previsibilidade.

Uma empresa que trabalha com o fornecimento de recursos em nuvem via SaaS, por exemplo, deve deixar claro como o valor da assinatura é definido. Afinal, existem negócios que utilizam como principal variável o número de recursos que é entregue para o usuário. Já outros tomam como base o número de contas ativas em um determinado período.

Outro ponto importante é a forma como o pagamento é feito. Além de listar o meio utilizado para processar a cobrança, a sua frequência também deve ser registrada. Assim, cliente e empresa saberão o momento certo de fazer essa operação.

Por que ele é importante?

Contratos são documentos fundamentais para a execução de qualquer serviço ou relação comercial. Com ele, empresas e clientes sabem exatamente o que estará envolvido em um projeto. Isso torna o investimento muito mais robusto.

As regras de controle, o escopo das ações, os requisitos de segurança e os caminhos para cancelar o contrato serão definidos de modo claro e objetivo. Ao mesmo tempo, as normas de pagamento e renovação serão validadas por todos, evitando imprevistos e problemas na hora de renovar o contrato.

O que considerar na hora de renovar o seu contrato?

A renovação de contratos SaaS exige alguns cuidados. Se bem-feita, o cliente sairá satisfeito e com uma visão completa sobre tudo o que ele terá direito. Confira a seguir os passos necessários para renovar os seus contratos!

1. Confirme quais garantias serão mantidas

Todo contrato de prestação de serviços mantém um conjunto de requisitos básicos. Eles orientam os envolvidos sobre o mínimo de performance que será exigido das soluções e serviços prestados. Assim, é possível validar a qualidade do investimento e fazer ajustes rapidamente se algo ficar abaixo do nível de qualidade esperado.

Na hora de renovar os seus contratos, sempre verifique esse ponto. Avalie se o trabalho foi executado dentro do padrão esperado e se requer a demanda por aumentar as exigências. Assim, você conseguirá adaptar a sua equipe para a nova realidade e reduzir problemas de performance.

2. Negocie alterações que não estavam previstas

Toda empresa mantém um conjunto de expectativas sobre o serviço que ela deverá entregar para o seu cliente. Durante a renovação de contratos SaaS, essas expectativas são revisadas. Não raramente, elas podem se modificar, seja por mudanças na economia, seja por novos objetivos operacionais.

Se essas demandas ficarem além da capacidade de prestação de serviços da empresa, vale a pena negociar com o seu cliente. Sempre entenda as suas demandas e verifique se há a possibilidade de fazer mudanças para atender a cada uma delas. Alinhando o perfil da sua empresa com o que o cliente quer, ficará mais fácil manter um contrato que certamente será cumprido à risca.

3. Tenha o apoio de um especialista jurídico

Para prevenir problemas a médio e longo prazo, não deixe de buscar o apoio de um especialista jurídico. Ele fará a revisão de todos os pontos do contrato e o seu alinhamento com as normas internas da empresa. Ao mesmo tempo, conseguirá identificar pontos que possam estar fora de conformidade com as leis do setor.

Ou seja, o apoio de um especialista garante ao negócio e aos seus clientes muito mais segurança na hora de renovar o contrato SaaS. Nenhum ponto ficará fora das normas do setor. Como consequência, as chances de algum problema ocorrer serão menores.

4. Verifique as condições de cancelamento

Todo contrato, em algum momento, pode ser cancelado. Mas para que isso possa ser feito sem comprometer o orçamento da empresa, algumas normas devem ser aplicadas. Além dos requisitos mínimos, é comum que multas e períodos de carência sejam adotados.

Essas normas sempre precisam ser revisadas. Elas dão previsibilidade para os envolvidos e evitam que a empresa faça um investimento que não se pagará com o tempo. Dessa forma, se o contrato for realmente cancelado, a empresa poderá interromper as suas atividades com um prejuízo reduzido.

5. Mensure o intervalo entre renovações e pagamentos

Esse é um dos pontos mais importantes de contratos SaaS. É importante que a hora de reavaliação e do pagamento sejam claros. Assim, a empresa saberá exatamente quando fará cobranças e o momento ideal para buscar o seu cliente para renovar o contrato.

Toda empresa mantém contratos com fornecedores e clientes. Eles oferecem garantias de que a prestação de serviços se dará dentro de um conjunto de regras conhecidas por todos. Assim, há mais confiabilidade no investimento e uma base sólida para todos os envolvidos planejarem as suas ações.

No mercado SaaS, os contratos são ainda mais importantes. Com eles, o fornecedor e o cliente terão uma visão completa sobre a relação comercial. Isso evita riscos e aumenta a satisfação, uma vez que as expectativas serão alinhadas corretamente.

No momento em que ocorrer a renovação de contratos SaaS, sempre adote medidas que tornem a revisão e o acordo mais seguro para todos os envolvidos. Com boas práticas, você e o seu cliente poderão manter a relação comercial livre de imprevistos e de problemas de comunicação.

Gostou das nossas dicas e quer saber mais sobre como melhorar o dia a dia da sua empresa SaaS? Então assine a nossa newsletter e receba as novidades do blog em primeira mão!