Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Qual a importância de uma régua de cobrança de aluguel?

Não sabe o que é régua de cobrança? Vem cá que a gente te explica o conceito e como ele facilita a gestão de alugueis, para proprietários e imobiliárias!

Escrito em 30 de Setembro de 2021 por iugu

Atualizado em 30 de Setembro de 2021

Ganhar dinheiro com casas para alugar tem suas vantagens – e desvantagens também. Entre as desvantagens, a inadimplência está entre as maiores vilãs. Mas há soluções para lidar com esse problema, e uma delas é a chamada régua de cobrança de aluguel.

A ferramenta tecnológica busca facilitar o gerenciamento das finanças voltadas a casas para alugar.

A seguir, você descobrirá como a régua de cobrança funciona e de que maneira ajudará a gerir seus investimentos no mercado de locação de propriedades. 

1. Régua de cobrança de aluguel: o que é? 

A régua de cobrança de aluguel trata-se de uma ferramenta tecnológica. O seu objetivo é organizar todo o processo de notificação de cobrança de aluguéis de casas.

A ferramenta possibilita organizar e padronizar desde os primeiros contatos com os locatários até a recuperação do crédito, caso o aluguel não seja pago a tempo.

A régua simplifica o trabalho de enviar os boletos, informar que o vencimento está próximo e notificar os casos em que não houve pagamento.

O utilitário permite ainda organizar as providências que devam ser tomadas no pós-vencimento, a exemplo do cancelamento do serviço, se for necessário.

2. Régua de cobrança de aluguel: quais os benefícios?

De maneira simplificada, é possível dizer, a respeito da régua de cobrança, que a mesma coloca em prática, sozinha, toda a estratégia de recebimento de aluguéis para você.

Os contatos de locatários e as necessidades de notificações dos mesmos, no entanto, devem estar mapeados para sua execução regular e nos prazos necessários.

Outra vantagem da ferramenta é que previne situações que possam estar causando situações de não pagamento do aluguel de kitnets.

Além disso, a régua é bastante importante para o próprio locatário, pois acaba sendo um instrumento que o ajuda a organizar-se conforme os valores e prazos devidos.

Automatize o processo de cobrança, notifique os locatários, envie os boletos nos prazos certos e dê baixa no sistema de maneira eficiente com esta ferramenta!

Acredite: com uma régua de cobrança, o gerenciamento de despesas e receitas provenientes das suas casas para alugar nunca mais será o mesmo.

Quer saber outros benefícios da ferramenta que comprovam a sua importância para quem investe em kitnets para alugar?

É só continuar lendo para descobrir como esta ajuda tecnológica pode melhorar os seus processos de cobrança de aluguel.

Evitar esquecimentos

Fatores diversos podem levar à falta de pagamento de uma mensalidade do aluguel.

Como já falamos na introdução do texto, a inadimplência não é algo incomum.

E, por mais que muitos donos de sobrados para alugar não admitam, não é só o esquecimento por parte do inquilino que gera a inadimplência, não.

Às vezes, é o locador que se esquece de enviar os boletos de cobrança, muitas vezes por administrar mais de um imóvel alugado, e a sobrecarga de propriedades gera isso.

A fim de prevenir isso, a régua de cobrança de aluguel permite que sejam enviados automaticamente boletos e alertas perto da data de vencimento.

Assim, a ferramenta acaba prestando um serviço para o locatário e para o próprio locador também.

Prevenção de erros

A régua de cobrança de aluguel possibilita, com antecedência, programar o envio de notificações quando o dia do vencimento do aluguel estiver próximo.

Esse envio de notificações é feito através de disparos automáticos para os inquilinos de suas casas para alugar.

Comparados com os disparos manuais que você teria que fazer por conta própria, que exigiriam maior dedicação e tempo, na automatização, a produtividade é muito maior.

Isso reduz a chance de erros que poderiam ocorrer se tudo fosse feito de maneira manual.

A cobrança de uma pendência de aluguel que, por exemplo, na verdade é inexistente, geralmente causa um baita de um mal-estar com o locatário.

Contudo, não há o risco disso ocorrer se você usar a régua de cobrança de aluguel para gerir de forma automatizada as pendências dos inquilinos das suas casas alugadas.

Recebimentos ágeis

Com uma régua de cobrança dá para conferir mais agilidade ao processo de recebimento dos valores referentes aos aluguéis.

Não há a necessidade de preocupar-se com o reenvio de boletos, por exemplo.

É possível, com a régua de cobrança, programar essa tarefa para que ocorra juntamente com o envio da notificação.

E, assim que o pagamento for realizado, automaticamente é feita a baixa no sistema, sem precisar realizar nenhum tipo de processo manual. 

3. Régua de cobrança de aluguel: como fazer uma?

 Para que a régua de cobrança se torne uma ferramenta realmente eficaz para a agilidade da gestão financeira das suas casas para alugar, é importante uma estratégia.

Essa estratégia deve ser feita de forma clara, com a definição exata de todas as etapas do processo de cobrança.

Para que a parte automática funcione bem, é preciso primeiro, determinar a periodicidade das comunicações.

Em seguida, também de forma manual, definir os meios que serão usados para essas comunicações.

E-mails e mensagens de SMS são as opções mais indicadas, por serem práticas.

Telefonemas também são bons, caso seja preciso reforçar termos de acordos realizados previamente com o inquilino ou para reagendar prazos, mas use somente quando estritamente necessário.

Alimentada com essas informações, sua régua de cobrança com certeza facilitará a administração de apartamentos para alugar.

Régua de cobrança de aluguel: vale a pena investir nisso agora?

Uma pesquisa revela que a demanda por casas no Brasil pode disparar na segunda metade deste ano.

Isso pode fazer com que o mercado imobiliário tenha o seu melhor semestre das últimas décadas.

Outro estudo, feito em 2019, lançou uma visão prospectiva sobre o futuro, mais especificamente sobre como será o perfil do consumidor de imóveis em 2040.

De acordo com a pesquisa, o aluguel deve se consolidar como uma opção para uma geração que quer empreender, viajar e experimentar coisas novas.

A compra da casa própria, ainda que desejada pelas gerações Y e Z, pode ficar para mais tarde do que como foi para as gerações anteriores.

A estabilidade financeira e o estabelecimento de família estão ocorrendo de forma cada vez mais tardia, o que desfavorece o mercado de venda de imóveis e favorece a locação.

Contudo, o estudo também ressaltou que a burocracia relacionada ao aluguel pode ser um entrave.

É que a burocracia (até em relação à cobrança de aluguéis) diminui a praticidade e eficiência exigidas pelas gerações mais novas.

Nesse contexto, a régua de cobrança surge como uma das soluções tecnológicas mais eficazes para trazer uma maior comodidade tanto ao inquilino, como ao locador.

Investir nessa ferramenta não só vale a pena, como é essencial para manter a sustentabilidade do negócio de locação de imóveis nos anos vindouros.

Portanto, caso administre casas para alugar e queira manter-se a par das inovações tecnológicas e previsões para o futuro, investir em uma régua de aluguel é essencial.

Já segue a gente nas redes sociais? Lá tem muitos outros assuntos legais feitos especialmente para você!

 

Conteúdo produzido por Andressa Pereira.