Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Onboarding: como contribui para a entrega de valor do negócio ao público?

Escrito em 22 de Maio de 2020 por Natalia Spigai

Atualizado em 21 de Dezembro de 2020

Depois de todo o trabalho de atração, nutrição e conversão, é chegado o tão sonhado momento daquele visitante do começo tornar-se um cliente do presente e do futuro. Como recebê-lo e fazer com que ele se sinta confiante e confortável no início do projeto?

O onboarding é a excelente estratégia de abrir as portas para os clientes recém-chegados na empresa e ambientá-los — a primeira etapa deve oferecer riqueza de detalhes sobre a estrutura e os passos do projeto.

Quer entender um pouco melhor o que é o onboarding e como criar um processo linear que agregue valor para o cliente e manter o encantamento que o fez decidir-se pela sua empresa? Continue com a gente neste post e saiba como tudo funciona!

O que é onboarding de clientes?

O onboarding é o processo de oferecer ao cliente todo o suporte que ele precisa ao contratar os serviços de uma empresa. Não se trata apenas de um suporte técnico, mas de disponibilizar todos os recursos para conduzir essa nova parceira e superar as expectativas.

Afinal, o cliente decidiu contratar a empresa por acreditar no valor da proposta e que seus problemas serão solucionados. Logo no início, é essencial ratificar essa impressão e promover diversas ações que colaborem para a certeza de que ele fez a escolha certa.

Por que a usar a estratégia com novos clientes?

Com um volume grande de empresas no mercado oferecendo similaridade entre os serviços, ganhará aquela que apresentar diferenciais e confiabilidade já na primeira abordagem, além de transmitir ao potencial cliente a segurança de que ele tanto precisa.

Se, por um lado, vencer a concorrência é bom, por outro, a responsabilidade sobre o sucesso do cliente está só começando. O onboarding é o melhor momento para alinhar todos os processos e acordar com o cliente como será dali para a frente.

A sensação de abandono que muitos clientes sentem quando fecham contrato e não têm o apoio esperado deve ser praticamente eliminada com ações concretas de alinhamento entre o que a empresa tem a oferecer e os objetivos que o cliente deseja alcançar em médio e longo prazos.

Qual é a contribuição do onboarding para uma empresa?

O onboarding é a base da entrega de valor do negócio para os clientes que acabaram de chegar. É a oportunidade de mostrar a eficiência da empresa e dos profissionais envolvidos, sobretudo quando a fase é ainda de implementação e adequação da estratégia.

Algumas contribuições são facilmente percebidas nesse processo!

Oferece proximidade

As reuniões de aproximação e alinhamento são essenciais para definir os objetivos e traçar as metas de atuação junto ao cliente. Todas as etapas são importantes, mas é no início que se fortalecem as promessas e definições sobre o trabalho a ser entregue pela empresa.

Estar perto do cliente e surpreendê-lo antes mesmo de uma dúvida sobre seu produto ou serviço é ganhar pontos e torná-lo um defensor natural da sua marca — o que somente a proximidade é capaz de promover.

Aprimora a experiência

Como dissemos, se o cliente decidiu contratar sua empresa, é por considerar que, em diversos aspectos, ela está apta a atender ao que ele precisa. Com as ações de onboarding, a primeira impressão pode ser melhorada, o que agrega uma experiência já positiva do cliente.

Realiza integração

Certamente o cliente terá um ou mais profissionais responsáveis pelo projeto a ser implantado. O momento inicial possibilita às duas equipes se conhecerem e se integrarem para desenvolver as atividades com melhores chances de acerto.

Os papéis podem ser definidos mais claramente, assim como a metodologia de trabalhos, os prazos e a expectativa de entrega. Trata-se de uma etapa importante para compreender o funcionamento das duas empresas e determinar um ritmo de trabalho que será bom para ambas as partes e trará resultados mais rápidos.

Melhora o engajamento

Com a participação e integração dos envolvidos, entendimento e criação de um follow up adequado, será possível perceber um envolvimento mais profundo não apenas da equipe envolvida, mas de todos da empresa.

É primordial envolver todos em uma atmosfera de conquista, pois um novo cliente significa que a empresa se mantém firme no mercado e que isso requer que cada um cumpra seu papel com qualidade e dedicação.

Ao perceber a disposição de todos na empresa para atender prontamente e solucionar qualquer tipo de problema, o cliente se sentirá acolhido e diferenciado. São pequenas ações iniciais que retêm o cliente por mais tempo.

Ajuda na retenção

Por falar em retenção, essa é uma das principais motivações depois do fechamento do contrato. A empresa deve esforçar-se por um onboarding de excelência, para manter o cliente por muitos anos.

Mesmo quando os problemas surgirem, o que é normal quando se implanta novos processos, a confiança gerada nos primeiros tempos de contrato é substancial para a retenção e o encorajamento a dar passos ainda mais ousados.

Oferece sucesso ao cliente

O cliente precisa entender e sentir que sua empresa está totalmente disponível para ele. Pode ser que surjam, no meio do processo de onboarding, algumas considerações não previstas antes do fechamento do contrato.

Vale ressaltar que um cliente bem-sucedido reflete em um prestador de serviços eficiente. Os resultados alcançados pelo cliente, principalmente, nos serviços que têm a ver com sua empresa, são também uma oferta de sucesso para seu negócio.

Para colocar o onboarding em prática, não basta apenas convocar reuniões e desenhar o processo. É preciso, acima de tudo, conectar as duas empresas e compreender que os ganhos serão possíveis com uma estruturação completa de tudo que o cliente precisa e sua empresa pode proporcionar.

Naturalmente, a sintonia vai se delineando e mostrando o potencial de crescimento em ambos os negócios. A equipe ideal para desenvolver o onboarding deve ter um conhecimento técnico aprofundado, ser dinâmica, organizada e essencialmente voltada para resultados, ou seja, com foco direcionado na solução de problemas.

Se você curtiu este post e se interessa em oferecer ao cliente cada vez mais uma experiência diferenciada, leia mais um conteúdo sobre o cenário de customer experience na atualidade, para entender como e o que disponibilizar aos clientes da sua empresa!