Credit as a Service: como funciona e quais os impactos nos negócios?

Escrito em 06 de Abril de 2023 por Maria Carolina Rosa

Atualizado em 24 de Agosto de 2023

A intersecção entre tecnologia e finanças está mais estreita a cada dia. Na esteira de novos produtos e serviços, como o BaaS e o FaaS (Banking As a Service e Fintech As a Service, respectivamente), o Credit as a Service aparece como uma solução para revolucionar o mercado de crédito brasileiro. 

Assim como nos outros serviços, a inovação por trás do Credit as a Service consiste em oferecer soluções financeiras ou bancárias por meio da tecnologia e de forma personalizada, resolvendo as dores específicas de cada cliente.

No Brasil, o segmento de crédito como serviço tem se expandido de forma consistente: de acordo com a pesquisa “Fintechs de Crédito Digital”, realizada pela Associação Brasileira de Crédito Digital (ABCD) e a PwC Brasil, o volume de crédito concedido pelas fintechs foi de R$ 12,8 bilhões, quase o dobro em relação a 2020 e praticamente 5 vezes mais do que os R$ 2,6 bilhões registrados em 2019.

Então, que tal saber mais sobre esse promissor segmento? Continue a leitura do conteúdo e entenda o que é Credit as a Service, o mercado e as vantagens desse modelo de negócios.

Boa leitura!

Sem tempo para ler? Experimente o player abaixo!

O que é o Credit As a Service (CaaS)?

O Credit as a Service (CaaS) é um modelo de negócios que permite que empresas ofereçam serviços de crédito para outras empresaS. 

A ideia principal é que a empresa fornecedora de crédito ofereça uma plataforma que permita que outras empresas possam oferecer crédito aos seus clientes. Isso pode incluir a verificação de crédito, a gestão de risco e a avaliação de risco, bem como outras ferramentas que ajudem as empresas a gerenciar seu portfólio de crédito.

Então, de forma resumida, essas startups oferecerem a tecnologia necessária – por meio de APIs financeiras –, para que outras empresas possam oferecer atividades de crédito. 

O conceito por trás da oferta de CaaS é conhecido como White Label ou “etiqueta em branco”, em português, que nada mais é do que uma solução financeira desenvolvida por uma empresa de tecnologia, mas que pode ser incorporada ao portfólio de outras empresas.

Dessa forma, ao contratar uma solução de CaaS, ela passa a fazer parte do seu sistema operacional como se fosse desenvolvida pela sua empresa, levando o nome e o logo da sua marca.

capa api financeira

Overviews sobre o mercado de crédito brasileiro

A concessão de crédito no Brasil se deu por meio dos tradicionais bancões. Contudo, a chegada de fintechs e bancos digitais alterou o panorama do mercado crediário. 

Ainda que o Credit as A Service esteja em seu estágio embrionário por aqui, os resultados já são visíveis. 

De acordo com a pesquisa Febraban de Economia Bancária e Expectativas, em 2023, o mercado de crédito deve crescer 8,2% em comparação a 2022.

O movimento de aceleração do segmento pode ser explicado, em partes, pela atual conjuntura econômica: com a desaceleração causada pelos efeitos da pandemia de COVID-19, muitas pessoas e empresas têm recorrido a condições mais simples e especializadas de crédito.

Além disso, o avanço da regulação do setor e o aumento da competitividade graças a aderência do Open Finance tem promovido serviços cada vez mais completos aos consumidores.

Nesse contexto, as fintechs de Credit as a Service se destacam por proporcionarem soluções mais aderentes a cada perfil: a partir de tecnologias como análise de dados, APIs e Inteligência Artificial, elas conseguem ofertas condições personalizadas, de forma ágil e sem burocracias,  resolvendo as dores específicas dos clientes.

arte de infográfico de panorama open finance

Quais são os benefícios do Credit As a Service?

Agora que você já entendeu como funciona o Credit as a Service e o overview do mercado de crédito, é hora de entender as vantagens desse modelo de negócio. Veja só.

1. Redução de riscos

Com o CaaS, as empresas podem reduzir seus riscos ao oferecer crédito a seus clientes.

Isso acontece porque as startups de Credit as a Service geralmente têm ferramentas mais sofisticadas para avaliar o risco de crédito, e podem ter uma visão mais clara do risco envolvido em suas transações.

2. Redução de custos

O Credit as a Service também pode ajudar as empresas a reduzir seus custos operacionais associados à gestão de crédito, de cobranças e riscos. 

Com uma tecnologia de crédito externa, esses custos podem ser reduzidos significativamente.  

3. Melhora da experiência do cliente

O Credit as a Service também contribui para a melhora da experiência do cliente, já que ela proporciona uma maneira mais ágil e eficiente para que as empresas ofereçam crédito de forma personalizada, o que contribui para a retenção e fidelização dos consumidores.

4. Maior flexibilidade

O CaaS ainda oferece mais flexibilidade para que as empresas gerenciem seu portfólio de crédito. 

Com esse serviço, as companhias podem escolher entre financiamento de faturas, empréstimos de curto prazo e longo prazo e linhas de crédito rotativas.

Como o Credit As a Service está impactando os negócios?

Apesar de ser um segmento recente no Brasil, o CaaS já está promovendo um impacto significativo nos negócios, tais como:

1. Acesso a mais capital

O crédito como serviço está permitindo que as empresas tenham acesso a mais capital do que nunca. Com a ajuda de fornecedores de crédito externos, as empresas podem oferecer um portfólio de crédito personalizado e abrangente para seus clientes, realizar investimentos e expandir seus negócios.

2. Maior concorrência

Com o crescimento do CaaS, a concorrência tem sido cada vez mais acirrada no mercado de crédito. Dessa forma, à medida em que mais empresas fornecem serviços de crédito, os preços diminuem e a personalização e qualidade do serviço melhoram ainda mais.

3. Mais eficiência

O Credit as a Service está tornando o processo de gestão de crédito mais eficiente para as empresas.

Com ferramentas e softwares sofisticados para a avaliação de risco, KYC, e gestão de cobranças, as empresas podem gerenciar seu portfólio de crédito de forma mais eficaz e com menos recursos, reduzindo as chances de inadimplência.

4. Novas oportunidades de negócio

As fintechs de CaaS está criando novas oportunidades de negócio para empresas que oferecem serviços de crédito. À medida em que mais empresas terceirizam a gestão de crédito, elas podem expandir seus negócios e oferecer novos serviços.

Escale o seu portfólio de produtos com a potência da tecnologia

Ao longo do artigo, você entendeu que o Credit as a Service no Brasil está mudando a forma como empresas oferecem e gerenciam o acesso ao crédito. 

Como vimos, a tecnologia White Label por trás desse serviço tem impulsionado não apenas o mercado de crédito, mas o ecossistema financeiro como um todo. 

Afinal, com o White Label, não é necessário grandes investimentos para desenvolver uma estrutura própria de pagamento ou ou sistema de crédito.

Ao contar com uma plataforma especializada e com tecnologia de ponta, como a iugu, é possível adquirir uma solução financeira já desenvolvido e customizada às necessidades da sua empresa. 

Além de diferentes meios de pagamento, a iugu oferece cobranças recorrentes, avulsas, split de pagamentos e antecipação de recebíveis para o seu negócio deslanchar.

Quer saber mais sobre como a tecnologia financeira da iugu pode potencializar o seu financeiro? Entre em contato com nossos especialistas e conheça os planos disponíveis.

recorrência controle

pagamentos online

Posts relacionados