Split de pagamentos para Software Houses e SaaS

Entenda o que é o split de pagamentos e quais vantagens ele pode agregar às software houses

Escrito em 28 de Julho de 2021 por Daniela Giglio

Atualizado em 23 de Maio de 2022

As software houses, ou fábricas de software, são prestadoras de serviços que desenvolvem produtos de tecnologia para clientes, podendo ser sob demanda ou padronizados. Esses produtos são websites, softwares (SaaS ou on-premise), sistemas de automação e até aplicativos, dependendo do escopo realizado pela desenvolvedora.

Como exemplo, há softwares houses que desenvolvem ERPs, sistemas de gestão, ou lojas virtuais e suas integrações de logística, pagamentos, estoque, dentre outras diversas possibilidades. 

O seu objetivo é viabilizar para os clientes, geralmente outras empresas, soluções de TI customizadas e que atendam todas as necessidades de negócio. Na maioria dos casos, a parte financeira é muito procurada em softwares próprios, o que gera maior trabalho para o time de desenvolvedores. 

Mas, hoje, o desenvolvimento de APIs tem permitido diversas integrações que não sejam o core da house. Uma delas é da solução de pagamentos com diversas funcionalidades, como o split de pagamentos, que agregam praticidade e valor ao produto de tecnologia das software houses e são importantes caminhos de retenção de clientes!

No post de hoje, vamos falar mais sobre o assunto! Acompanhe.

O que é split e como ele funciona para software houses

O split de pagamentos é uma funcionalidade de automação atrelada a tecnologia financeira. Ele processa, divide e distribui um pagamento para duas ou mais contas de destino.

Ele é usado mais comumente em marketplaces, onde as vendas são comissionadas, havendo uma divisão do valor entre o vendedor e a plataforma de marketplace, que cobra pelo serviço de intermediação. O split elimina a necessidade dos repasses entre contas, ele faz isso na origem do pagamento, tornando o processo mais ágil e seguro.

Além desse caso, o split de pagamentos tem aplicação em diversos modelos de negócios.

A principal função do split é obedecer uma regra de divisão de recebíveis entre as partes envolvidas na venda ou mensalidade.

Regras de Split

As regras de split nas ferramentas profissionais são customizáveis e atendem a diferentes modelos de comissionamento, podendo ser percentuais variáveis, valores fixos ou a junção de ambos os critérios. Os valores também são configuráveis.

Como exemplo, uma venda de um valor X, dividido entre os participantes A e B, algumas opções de regras de split (valores fictícios) seriam:

  1. Splitar 10% sobre o valor da venda para a parte A e 90% para a parte B;
  2. Splitar R$100 fixos para A e o restante para B;
  3. Splitar R$100 fixos + 10% sobre a venda para a parte A e o restante para B.

Isso vai depender do acordo entre as partes, sendo a tecnologia do split flexível para quaisquer variáveis de negócio.

O split da iugu funciona desta forma e, a partir do processamento do pagamento, destina os respectivos valores para a conta-mestre (do contratante) e subcontas (dos parceiros de negócio).

As subcontas são individuais e acessíveis apenas por seus titulares. O recebível da subconta (vendedor) não passa pela conta-mestre, assim, elimina-se qualquer risco de bitributação e de omissão de repasses.

A solução da iugu é, ainda, white label, e pode ser adicionada a diversas plataformas de e-commerce, softwares e sistemas, de forma customizável e integrada à marca.

Integrar a solução de split e pagamentos nos produtos da sua software house pode trazer inúmeras vantagens para o seu negócio. Veja algumas delas abaixo.

Vantagens de integrar a solução de pagamentos

Como explicamos, hoje, diversas empresas no mercado buscam cada vez mais serviços in house para atender sua área financeira. É uma maneira delas terem soluções sob medida e rápidas na absorção de novidades tecnológicas, sem depender de burocracias bancárias.

Um exemplo disso é o crescimento do setor de Banking as a Service, que oferece quase que um banco completo para os negócios customizarem conforme seu interesse e demanda do público. 

Portanto, na área de tecnologia, contar com um parceiro de serviços financeiros - pagamentos, automação financeira, split e recorrência - permitirá a adaptação da sua software house a essa tendência de mercado e possibilitará que:

  1. Desenvolva produtos, lojas virtuais e sites mais completos, com uma frente que processa e automatiza recebimentos;
  2. Economize mão de obra do seu time de devs em relação a essa demanda;
  3. Conte com uma solução parceira robusta e confiável;
  4. Não se preocupe com as múltiplas regulações obrigatórias do Banco Central e de Compliance para meios de pagamento, deixando isso com o parceiro especialista;
  5. Atenda uma gama maior de clientes que procuram soluções financeiras;
  6. Aumente a rentabilidade da sua solução, agregando valor ao produto;
  7. Fidelize clientes através do cluster de meios de pagamento e ferramentas;
  8. Conte com suporte da desenvolvedora de pagamentos para quaisquer questões técnicas durante e após a integração;
  9. Escale novas funcionalidades no seu escopo de serviços;
  10. Tenha uma nova fonte de receita a partir de comissionamento nas ferramentas de pagamento.

A iugu tem uma API robusta e fácil de implementar. Atendemos grandes contas na área de TI, que agregaram nossa solução e hoje conseguem reduzir custos de emissão de boletos para seus usuários, adicionar o split de pagamentos mais robusto do mercado, fidelizar clientes e ganhar maior visibilidade no mercado.

Abaixo separamos alguns cases para exemplificar nossa parceria com software houses e os resultados obtidos:

Temos um time de especialistas preparados para ouvir a necessidade do seu negócio e do seu público e chegar à melhor solução de integração para você! Solicite nosso contato.

Alta_especialização