Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Saiba o que é o marketplace B2B e as vantagens de fazer parte de um

Escrito em 28 de Janeiro de 2020 por Patrick Negri

Atualizado em 03 de Maio de 2021

A Transformação Digital trouxe para o ambiente virtual as relações de consumo, agilizando e facilitando a aquisição de bens e serviços. Nesse contexto, o marketplace B2B é a plataforma que vem ganhando destaque no ramo corporativo.

As compras nesse modelo de fazer negócio superaram 1 trilhão de dólares em 2018, segundo publicação da Digital Commerce 360, empresa especializada em pesquisas sobre e-commerce — sendo a Amazon e a Alibaba as grandes referências globais no setor.

Continue a leitura para entender melhor o conceito, as vantagens de sua aplicação e os motivos para investir nessa plataforma que tem um futuro altamente promissor e atrai cada vez mais o mercado consumidor.

O que é o marketplace B2B?

Estamos falando de um espaço de transação entre pessoas jurídicas em que determinada empresa vende produtos e serviços de terceiras para outras organizações, funcionando como uma espécie de facilitadora.

O grande destaque do marketplace B2B é a possibilidade de comercializar itens de lojas variadas em um único domínio, isentando o consumidor da compra fracionada e da perda de tempo para entrar em cada site e realizar o pedido um por um. 

Essa facilidade é especialmente significativa quando consideramos que os compradores são empresas, ou seja, geralmente precisam adquirir os bens em grande volume para não haver empecilhos operacionais.

Especificidades do marketplace B2B

O ticket médio é maior nesse modelo de negócio, justamente porque os consumidores fazem o pedido em grandes quantidades, e o produto tem maior valor agregado em comparação com o normalmente vendido ao indivíduo.

Ainda, as compras são mais recorrentes no marketplace B2B em analogia com o B2C (comercialização entre empresa e a pessoa física). Uma rede de varejo não pode ficar sem estoque sob pena de comprometer as operações e prejudicar seu nome no mercado, mas você pode ficar sem ventilador em casa sem grandes prejuízos.

O pipeline de vendas também tem peculiaridades nesse modelo de negócio, porque as organizações, diferentemente dos indivíduos, não compram por impulso. Seu orçamento é fechado, e a atenção à saúde financeira faz com que elas pesquisem, realizem cotações, negociem e apenas depois de algum tempo fechem a compra.

Outro fator favorável à demora na conclusão da transação é a demora para a proposta ser analisada pelo gestor certo. Talvez você esteja em contato com o gerente X, mas o responsável por definir se a sua solução vai ser adquirida ou não é o superior hierárquico dele ou até algum profissional de outra área.

Quais são as vantagens do marketplace B2B?

Existem atualmente no mercado empresas de móveis planejados que fornecem para os lojistas o produto a ser vendido aos clientes deles. Os detalhes do projeto podem ser definidos no e-commerce e talvez a fornecedora, dona da página eletrônica, ofereça a entrega do armário feito sob medida diretamente ao consumidor final. 

A situação descrita esclarece uma das vantagens do marketplace B2B: isentar o comprador de preocupações com a logística, por exemplo. A negociação nesse modelo de negócio ainda apresenta as vantagens elencadas a seguir.

Aumento da exposição do produto

Quando o fornecedor abre suas vendas em uma plataforma online como essa, ele associa o seu nome ao do parceiro comercial e utiliza a credibilidade do endereço eletrônico da plataforma ao seu favor. Essa simbiose é altamente favorável a pequenas e médias empresas que estão conquistando seu espaço no mercado.

Os produtos e serviços expostos nessa espécie de galeria virtual ganham visibilidade e podem ser encontrados por filtros diferentes que não dependem do seu renome no segmento de atuação. Tamanha exposição ajuda a consolidar sua marca, publicidade favorável a novas oportunidades de venda.

Melhoria na gestão interna de compras

Imagine que você precise comprar eletrodomésticos para sua casa nova. E se ao invés de entrar em múltiplos sites das cinco ou seis redes de varejo mais renomadas, você pudesse comparar preços em uma única plataforma? O marketplace B2B funciona assim para as empresas.

Além de facilitar cotações, comparações entre as funcionalidades e as propriedades do produto, esse modelo de negócio melhora a gestão interna das compras. Isso porque ele admite a reposição de estoque em um sistema 100% digitalizado, evitando a necessidade de espera pela visita comercial do vendedor para concluir a transação.

Diversificação de produtos

Outra vantagem de ter todos os itens dispostos no marketplace B2B é a variedade: a busca por suprimentos é otimizada em filtros, podendo o pedido ser feito a partir da procura por itens mais vendidos ou mais baratos. Se você é fornecedor, pense nisso como um investimento na experiência de compra do cliente.

Ainda, o próprio expositor pode verificar boas práticas adotadas pela concorrência e oferecer melhores oportunidades ao comprador, como vantagens no frete. A concessão de benefícios favorece a sua competitividade no setor e é útil à fidelização da clientela.

Fornecimento de dados

A empresa que anuncia no marketplace B2B pode utilizar os algoritmos da plataforma para orientar a tomada de decisão em seu negócio. Os sites mostram gráficos de desempenho, ajudam a planejar o faturamento nos próximos meses e a adotar boas estratégias, forma eficiente de se precaver contra sazonalidades, por exemplo.

Integração com as ferramentas da empresa

Toda essa parceria comercial pode ser feita sem que você abdique de seu CRM ou sistema interno de gerenciamento de contratos. As plataformas integram diferentes programas para tornar sua rotina mais fácil e alavancar as vendas.

Por que investir no marketplace B2B?

A divulgação de bens e serviços no mercado precisa ser estratégica, e é cada vez mais difícil conquistar o consumidor quando a competitividade no ramo corporativo está tão acirrada. Inove!

Pense no marketplace B2B como um complemento às suas práticas organizacionais: a plataforma não precisa substituir suas ferramentas atuais; apenas serve como uma fonte a mais de informação.

O poder empresarial está hoje centralizado nos dados, responsáveis pela otimização de processos e melhoria no atendimento ao cliente. Com eles, a empresa pode definir estratégias com maior amparo, mitigar riscos, explorar oportunidades de expansão e reavaliar processos pouco funcionais.

Investir no marketplace B2B é uma forma eficiente de conquistar novos espaços, mostrar seu produto ou serviço a mais pessoas e ampliar sua participação no mercado. Utilize esse recurso tecnológico a favor da sua gestão e veja os impactos positivos nos resultados organizacionais. 

Gostou do assunto? Queremos saber sua opinião e experiência. Deixe um comentário no post!