Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Descubra o que é marketplace e quais são seus benefícios

Escrito em 30 de Setembro de 2018 por Renato Ribeiro

Atualizado em 03 de Maio de 2021

O mercado online se transformou na galinha dos ovos de ouro das empresas nos últimos tempos devido ao crescimento desse modelo de negócio. Só no primeiro semestre de 2018, segundo o relatório Ebit/Nielsen, o e-commerce brasileiro cresceu 12,1%. Nesse sentido, é interessante entrar em um nicho específico e que pode ajudar você a começar a vender online. Assim, você já ouviu falar ou sabe o que é marketplace?

Desde 2010, quando o negócio virtual ganhou mais força no Brasil, um dos modelos de vendas que mais cresce é o marketplace. De acordo com estudos da Precifica, esse mercado teve um aumento de 90,7% em 2018, chegando ao número de 14.204 lojas em território nacional.

Como o marketplace já é uma tendência nacional e se mantém em franca expansão, você vai aprender neste artigo o que ele é, como funciona, quais são as vantagens e os desafios de escolher esse tipo de loja virtual. Bons negócios!

O que é marketplace?

Marketplace é um espaço para compra e venda de produtos. Diferentemente das lojas e-commerce, o ambiente funciona como uma espécie de shopping center virtual, no qual diversos varejistas competem entre si pelo consumidor ao expor seus produtos em uma vitrine de ampla visibilidade.

Enquanto o e-commerce divulga e fortalece a imagem de um só fornecedor, o marketplace abre oportunidade para diversos vendedores, de segmentos diferentes em um espaço que incentiva o consumo diversificado, inclusive com aquisição por combos, o que pode ser vantajoso para um cliente que vai economizar com o frete, por exemplo.

Outro ponto de divergência com os negócios do tipo e-commerce é o estoque — os marketplaces têm estoque descentralizado e não carecem de um espaço grande para armazenamento de mercadorias, o que amplia a variedade de produtos, algo que nas lojas virtuais é limitado.

Além de um estoque descentralizado, outra característica do marketplace é a comissão por transação. Para cada venda é cobrada uma porcentagem de comissionamento, o que faz com que o vendedor calcule o preço de vendas do produto considerando as despesas com o marketplace sem afetar a margem de lucro.

Como é o funcionamento do marketplace?

O marketplace tem o objetivo de oferecer uma variedade grande de produtos ao contar com a parceria de diversos vendedores dispostos a formar uma cadeia ampla de fornecimento aos consumidores.

Com um ambiente virtual favorável ao comércio, o consumidor não precisa mais sair de casa para realizar suas compra. Durante toda a visitação e preenchimento do carrinho, é fundamental que ele sinta a experiência diferenciada que é não precisar se deslocar para fazer as compras ou enfrentar longas filas de pagamentos.

No marketplace, o consumidor entra na loja virtual, pesquisa sobre o produto que deseja comprar, faz suas escolhas, enche o carrinho e no processo de pagamento poderá escolher aquele que melhor se adeque às suas preferências ou possibilidades do momento — cartão de créditoboleto ou transferência bancária.

Independentemente da quantidade de produtos ou dos diversos vendedores envolvidos na operação, as vendas devem acontecer naturalmente, com segurança, em um checkout transparente e ágil para não deixar o cliente insatisfeito com um processo prolongado e burocrático.

Quais são as vantagens dos marketplaces?

Depois de entender o que é marketplace, agora você vai conhecer os benefícios desta plataforma de venda. Ela produz um efeito positivo no modo de compras do cliente e pode ajudar na taxa de conversão, inclusive, com aumento do ticket médio de compras. Veja algumas vantagens!

Visibilidade

Entre as plataformas de vendas online, o marketplace se destaca pela grande quantidade de visitas diárias no site, com aumento significativo do tráfego, tornando o domínio mais sólido para venda.

O enorme número de acessos traz confiança para o cliente, e isso é positivo para seu negócio. Como se trata de uma plataforma com grandes fornecedores, a sua empresa, mesmo que nova no segmento, aumenta as chances de venda e fidelização.

Além disso, a plataforma de marketplace tem uma grande redução de custos com divulgação, pois todo o trabalho de aumento do número de acessos é feito pelo próprio site e o desempenho se forma a partir do impacto que a disposição e qualidade visual dos produtos causam no consumidor visitante.

Redução de despesas

Da mesma forma que os marketplaces reduzem os custos com publicidade e marketing, a diminuição é grande em outras áreas, como a criação do site, design, a identidade visual, custos com a criação de sistemas de pagamento online e com estoque. É uma excelente opção para lojistas iniciantes.

A economia é percebida na inexistência de aluguel de imóvel, despesas contínuas com as contas concessionárias ou ainda reposição e armazenamento de mercadorias. Cada vendedor deve cuidar do seu estoque e o marketplace do fortalecimento da imagem dos produtos para impulsionar as vendas e o aumento do faturamento.

Melhor posicionamento com SEO

As vendas da sua loja serão mais fortes com uma boa otimização de SEO, pois o posicionamento da loja será uma referência muito bem indexada nos sites de busca como o Google, melhorando o ranqueamento e as oportunidades de vendas. Nada melhor que saber que na busca por um site que inspire confiança e autoridade, o da sua loja poderá surgir no topo da lista.

Caso não saiba como fazer, o mercado oferece serviços de consultoria de SEO que podem ajudar você a montar estratégias específicas para o tipo de negócio, voltadas para o virtual e alcance de grandes massas com comportamento de compra online.

Aumento das vendas

Se há uma boa visibilidade, é possível que as vendas tenham picos de aumento e melhor no desempenho. Um bom faturamento depende da aceitação do produto e das facilidades oferecidas nas condições de pagamento e recebimento do produto.

Quanto mais o cliente perceber que é favorecido comercialmente, maior a probabilidade de ele se fidelizar ao marketplace. O consumidor da atualidade aprecia a ideia de um tratamento personalizado e totalmente voltado para a sua comodidade e conforto na hora das compras.

Diversidade de públicos

A segmentação dos marketplaces pode ser mais ampla devido ao grande número de pessoas que entram diariamente no site. Isso resulta num possível aumento das vendas e referenciamento a outros consumidores por aquele que se sente acolhido, bem atendido e beneficiado durante as compras.

Quanto maior o número de produtos disponíveis, maior a oportunidade de oferecer um tratamento diferenciado ao cliente e abarcar uma procura em grande escala, o que aumenta as vendas e melhora a margem de lucro da empresa.

Quais os desafios encontrados pelo marketplace?

Embora seja um negócio de lucro certo e cada vez mais procurado pelo consumidor, o marketplace apresenta desafios em sua concepção e consolidação. Enquanto não se estabelece com um negócio confiável e seguro, seus gestores precisam lidar com variáveis desconhecidas e por vezes incontroláveis.

Administração dos pontos de venda

Nem sempre os interesses dos vendedores são convergentes e alcançam o resultado esperado. Quando os ambientes de acesso do consumidor são descentralizados, há uma dificuldade natural de administrar os pontos de venda.

Esse tipo de conflito pode acabar interferindo no resultado das vendas pela dificuldade de se determinar um padrão de atendimento. O ideal é que as plataformas tenham similaridade e conversem entre si de forma a amenizar os efeitos de uma possível divergência sem afetar a experiência de compras do consumidor.

Implementação da precificação dinâmica

A precificação dinâmica ajusta automaticamente os preços na plataforma, mas como em um marketplace há diversos vendedores operando com preços diferentes uns dos outros, é essencial que o processo seja realizado de uma só vez em todos os canais e ferramentas de vendas — sites, aplicativos e afins.

Adequar os preços à prática da concorrência dentro e fora do site é um diferencial que mantém o marketplace em posição de confiança do consumidor. Se ele percebe que pode comprar mais barato e obter mais vantagens em outra plataforma, certamente levará muito tempo até que decida visitar sua loja novamente.

Promoções e destaque de produtos

Nem sempre é possível assegurar o estoque de um vendedor, por isso, se a comunicação não for eficiente, uma promoção sazonal ou ofertas relâmpagos se tornam uma estratégia de vendas difícil de implementar.

Gerar uma promoção e não garantir a entrega no prazo estabelecido durante a compra é um desafio do qual o marketplace deve fugir para não comprometer os próximos ciclos de vendas ou, ainda, a referência das marcas envolvidas.

Destacar produtos em um ambiente repleto de opções é um obstáculo que precisa ser transposto diariamente dentro de um marketplace. O consumidor vai buscar por produtos de que necessita e a disposição na vitrine ou surgimento na opção de buscas é que vão incentivar a decisão de compras.

Manter a comunicação ativa com todos os sellers e promover ações integradoras e colaborativas podem despertar em cada um o senso coletivo de vendas e rentabilidade que favoreça a todos em momentos diferentes ao longo de um período.

Marketplace bem estruturado

Você conseguiu compreender sobre o marketplace, o que é e como funciona para proporcionar oportunidades de compras aos novos consumidores da atualidade? A visibilidade é muito grande, devido ao excelente posicionamento das plataformas nos sites de busca.

Um marketplace estruturado, que conta com a parceria de um bom intermediador para auxiliar nos processos de pagamentos dos clientes e repasse do comissionamento aos sellers, está propenso a ter mais resultados em vendas.

Além disso, quem aposta nessas lojas virtuais tem um melhor controle financeiro, pela grande redução de custos com divulgação, criação de sites e design, além de aluguel de espaço físico e folha de pagamento robusta, o que produz um efeito positivo, influenciado pelo formato dinâmico do negócio, de quadro enxuto e despesas apropriadas.

Agora que você sabe o que é marketplace, está na hora de colocar a mão na massa e caminhar para o sucesso. Leia mais sobre a gestão financeira e melhores práticas para marketplaces e se torne um especialista no assunto!