Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Google Shopping: veja como anunciar na plataforma

Descubra as vantagens da ferramenta e como utilizá-la para impulsionar as vendas

Escrito em 08 de Setembro de 2022 por Thainara Carvalho

Atualizado em 14 de Setembro de 2022

Com o crescimento do e-commerce, os comparadores de preço se tornaram ferramentas fundamentais para negócios e consumidores. Dentre eles, o Google Shopping é um dos que mais se destaca pela praticidade e organização.

Criada em 2011, a funcionalidade melhorou ainda mais a experiência de compra dos usuários, que podem visualizar informações como preço, frete e diferentes categorias na própria busca do Google.

E essa facilidade representa uma excelente oportunidade para negócios dos mais variados tipos. Afinal, é ao Google que os consumidores recorrem quando querem adquirir um produto ou serviço.

Por isso, preparamos um conteúdo completo para te ajudar a entender como anunciar no Google Shopping e as vantagens dessa funcionalidade.

Vamos lá?

O que é o Google Shopping?

O Google Shopping é a vitrine virtual do Google. Integrada à pesquisa do Google, ele exibe produtos de diferentes e-commerces de acordo com a pesquisa do usuário, servindo como um comparador de preços.

Então, quando um consumidor pesquisa por “liquidificador”, o Google Shopping irá retornar com anúncios de diversos modelos do aparelho vendidos por diferentes lojas.

Além de aparecerem na página principal de pesquisa, os produtos também aparecem na aba “Shopping”, que fica ao lado das Notícias, Imagens e Maps.

Os anúncios também são divididos em duas categorias:

  • Anúncios do Shopping: anúncios pagos;
  • Listagem gratuita: anúncios gratuitos.

Como funciona o Google Shopping?

Antes de falarmos sobre as dicas de utilização, é preciso entender como funciona o Google Shopping. Assim, será possível tirar o melhor proveito da ferramenta. 

De forma resumida, ele funciona da seguinte maneira:

  • O usuário faz uma pesquisa por um produto;
  • Em poucos segundos, o Google retorna com os resultados, que contém imagens, preços, frete e nome da loja, e aparecem na página principal;
  • Ao clicar na aba Shopping, mais resultados são exibidos;
  • Ao clicar em uma das opções, o consumidor é redirecionado ao site da loja, e pode efetuar a compra.

Entretanto, é importante lembrar que os anúncios patrocinados sempre aparecem em destaque, tanto na aba principal, quanto na aba Shopping.

print googleshopping

Quanto custa vender pelo Google Shopping?

Como mencionamos logo acima, é possível fazer anúncios no Google Shopping de forma totalmente gratuita. 

Contudo, eles sempre aparecerão depois dos anúncios do Shopping (pagos). Por isso, investir no Google Ads – plataforma de anúncios do Google –, pode ser uma alternativa interessante para aumentar as chances dos seus anúncios serem acessados pelos usuários.

A partir desse investimento, você tem mais chances de ver seus produtos no topo dos resultados de pesquisas do Google e Google Shopping. 

No entanto, saber quanto custa anunciar no Google Shopping dependerá das configurações do negócio, já que é possível definir o limite mensal a ser gasto com publicidade paga.

As principais vantagens do Google Shopping

O estudo State of Search Brasil, realizado pela HedgeHog Digital, revelou que o Google e outros buscadores são o primeiro passo na jornada de compra dos consumidores, mesmo para as que são realizadas de forma física. 

A pesquisa também mostrou que o Google Shopping é a ferramenta mais utilizada pelos usuários (40%), ultrapassando até mesmo a Todas (39%) e Imagens (32%).

Diante desses dados, não é difícil entender a importância do Google Shopping para as vendas, certo?

Além de mais tráfego com as pesquisas, o seu negócio também pode se beneficiar das seguintes formas:

1. Maior exposição da marca

Ao anunciar no Google Shopping, o seu negócio pode aparecer nos destaques da busca, o que favorece o reconhecimento da marca, a audiência e, consequentemente, o número de vendas.

2. Melhor experiência do usuário

A experiência do usuário é um fator decisivo na jornada de compra, e pode fazê-lo tanto se apaixonar, quanto fugir do seu site.

No Google Shopping, os consumidores têm acesso a todas as informações, não precisam abrir e fechar abas incessantemente atrás de dados e podem efetuar as compras de forma muito mais ágil.

3. Mais leads qualificados

Quando um usuário pesquisa pelo preço de um produto no Google, é porque ele já está em um estágio de funil avançado, e precisa de poucos incentivos para concluir a compra. 

Por isso, anunciar no Google Shopping facilita ainda mais esse processo, já que o consumidor tem acesso a todas as informações necessárias para efetuar a transação, como preço, imagens, avaliações de clientes e condições de frete.

Confira o passo a passo e veja como anunciar no Google Shopping de forma gratuita

Você está convencido de todas as vantagens do Google Shopping, mas ainda não sabe por onde começar? 

Não se preocupe. A seguir, elencamos um passo a passo para te ajudar a saber como anunciar no Google Shopping.

1. Crie sua conta no Google Merchant Center

Antes de vender pelo Google Shopping, será preciso criar uma conta no Google Merchant Center. Lá, você preencherá todas as informações do seu negócio, como nome, endereço, site e verificações necessárias para garantir que você é o dono do negócio.

print merchant center

2. Acesse sua conta no Merchant Center

Com a conta criada, basta fazer o login, clicar no Menu, ir em “Crescimento” e “Gerenciar Programas”.

3. Cadastre seus produtos

Em seguida, clique no bloco de Listagens de produto gratuitas e aperte Continuar.

Depois, vá para a tela Exibir produtos no Google gratuitamente e aperte Continuar no canto direito.

Com isso feito, você poderá adicionar produtos. Nesse passo, é possível realizar a integração com a sua plataforma de e-commerce para que os dados sejam importados de forma automática.

Caso não seja possível, será preciso utilizar um rastreamento de sites ou algum programa para extrair os dados dos seus produtos. 

print merchant center

Pronto! Você já pode clicar em aceitar os termos e condições do Google e aguardar a aprovação.

Com as ferramentas certas, você vende muito mais

Neste post, vimos o que é Google Shopping e como essa funcionalidade pode ajudar o seu negócio a aparecer nas buscas de milhares de usuários. 

Mas para se destacar entre os anúncios, vender mais e ainda fidelizar os clientes, é preciso estar preparado e contar com ferramentas que otimizem a gestão completa do negócio.

Então, que tal conhecer 39 ferramentas de Gestão, Marketing e Vendas e impulsionar as vendas da sua empresa? Baixe gratuitamente e impulsione seus lucros.

Nova call to action