Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica, não sejam MEI e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Indiquei um cliente pelo programa de Afiliados. Como eu posso consultar minha indicação?

Você pode consultar sua indicação no Painel do Indicador.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Quero ser cliente

Saiba o que é tendência em automação de marketing para implantar no seu negócio

Você sabia que a automação de marketing é uma das grandes tendências no marketing digital? Entenda neste artigo como aproveitar o máximo desta estratégia.

Escrito em 28 de Novembro de 2019 por iugu

A estratégia de automação de marketing é muito poderosa e faz bem para diversos negócios no Brasil e no mundo inteiro. Para efeitos de comparação, cerca de 81% das empresas que passaram a usar a ferramenta de automação registraram um aumento do número de leads gerados.

No entanto, como qualquer outra área, a automação de marketing não é algo parado no tempo. Ela obedece a tendências e novidades. Se você deseja implantar a automação na sua companhia ou já trabalha com ela, então siga a leitura para conhecer as principais novidades da área!

Integração é a grande tendência em automação de marketing

Antes de qualquer nova tecnologia, a grande tendência do setor de automação de marketing é a integração de plataformas.

Essa não é, claro, uma tendência nova. No entanto, isso não faz com que ela seja menos relevante. Na verdade, é o contrário: só comprova o quão importante é a integração de sistemas na automação.

A lógica é muito simples: quanto mais integrados os sistemas, mais eficaz é a automação. Ou seja: se é possível coletar dados de vários lugares, então temos mais informações para estabelecer a estratégia que será automatizada.

No entanto, fazer a integração de sistemas é muito difícil, uma vez que nem todo software foi pensado para integrar com outros, especialmente quando novos recursos aparecem o tempo todo.

Por isso, as empresas devem tentar ativamente buscar uma maneira de integrar seus sistemas e base de dados para alcançar os melhores resultados possíveis.

Predictive Lead Scoring é uma novidade da área

Uma novidade muito interessante que surgiu nos últimos anos no mercado de automação de marketing é a Predictive Lead Scoring, uma técnica que muda o foco da estratégia do lead para o negócio. A ideia é estabelecer uma pontuação para a probabilidade de a empresa agradar e interessar o lead (usando diversos pontos de dados como base, considerando demografia, comportamento online e muito mais). Com base nisso, a estratégia visa adicionar mais recursos para chegar a esse lead e iniciar uma comunicação com ele.

Dessa forma, a Predictive Lead Scoring permite uma otimização enorme nas estratégias de automação de marketing, bem como de conteúdo, gerando um melhor aproveitamento de recursos e expansão de resultados.

Chatbots com IA é uma tendência para automatizar o marketing

Uma tendência cada vez mais presente no mercado de automatização de marketing é o chatbot com Inteligência Artificial. O recurso vem sendo usado em diversas áreas e cada vez mais realista e útil para os usuários.

Dessa forma, a empresa pode aliviar o peso de grande parte do serviço de atendimento, tirar dúvidas e fazer comunicações simples com o cliente ou lead, o que deixa sua estratégia de marketing muito mais leve e eficaz.

Conteúdo altamente customizado é necessário para maior conversão

O Marketing de Conteúdo continua trabalhando muito em conjunto com a automação de marketing. A diferença agora é que o conteúdo produzido deve ser altamente customizado para manter uma boa taxa de conversão na estratégia.

Assim, as empresas precisam investir em um conteúdo que seja engajante, variando em formato (além de textos, é importante enviar vídeos, infográficos, ebooks, podcasts e outras mídias para o lead) e em profundidade, respondendo dúvidas ultra específicas por parte do lead.

Desse modo, o processo fica muito mais eficaz. Afinal, é possível trabalhar com a produção de respostas para dúvidas específicas, alimentar muito mais os leads conquistados e melhorar a conversão do processo no geral.

Redes sociais também devem ser automatizadas

Ainda hoje existem muitas empresas que não trabalham com a automação das redes sociais, quanto menos integrá-las com o sistema de automação de marketing geral da companhia. No entanto, esse é um problema que deverá acabar nos próximos anos, sob risco de a companhia ficar muito atrás dos seus concorrentes.

Atualmente, as ferramentas das redes sociais são muito mais específicas. É possível programar conteúdos para um determinado tipo de público, inclusive em respostas a determinadas ações do usuário. Se ele curtir algo, ativa um gatilho que segue para outra parte da estratégia.

Além disso, é possível integrar a base de dados de outras plataformas com as redes sociais. Por exemplo, uma loja virtual pode usar os e-mails da sua base de clientes (caso sejam autorizados, claro) para criar um público-padrão nas redes sociais. É possível segmentar a estratégia ao ponto de determinar personas para produtos específicos.

No entanto, muitas companhias ainda ficam no básico das redes sociais, o que inclui publicar conteúdo, responder comentários e só, sem usar uma estratégia de conversão específica para os diferentes produtos que a empresa vende.

Essas são as principais tendências da automação de marketing para os próximos anos. Com elas, as empresas que ainda não usam a tecnologia poderão ter um início promissor com a estratégia, enquanto aquelas que já utilizam o recurso poderão otimizar suas ações.

E aí, o que achou do conteúdo? Não vá embora sem deixar um comentário com a sua opinião!