Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h30 às 16h30. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Cobrança Registrada: entenda o que é e como funciona

Escrito em 01 de Fevereiro de 2019 por Redação iugu

Atualizado em 03 de Maio de 2021

Disponibilizar ao consumidor diversificadas formas de pagamento abre vantagem competitiva no mercado e aumenta as possibilidades de rentabilidade do negócio. A cobrança registrada é uma delas e permite que as compras sejam realizadas com segurança e praticidade.

Se você está à frente de um negócio virtual, sabe que é crescente o número de pessoas adeptas à comodidade de realizar as compras por meio da internet. Por isso, quanto mais robusto for o seu pacote de facilidades, maiores as chances de fidelização.

Neste post, você vai saber como funciona esse tipo de cobrança, o processo de emissão do boleto registrado e a extinção da modalidade sem registro. Além disso, vamos mostrar quais são as vantagens de incluir o serviço na grade de opções para todos os clientes. Confira!

O que é e como funciona a cobrança registrada por meio de boleto?

A cobrança registrada é uma modalidade atrelada a uma conta corrente em instituição bancária, que detém os dados da carteira de cobrança — valor, data de vencimento, código do boleto, CNPJ, nome do beneficiário e do pagador — formalizando todo o processo junto ao Banco Central, por exemplo.

A emissão do boleto registrado é simples e segura, com um controle realizado por meio de arquivo de remessa em transmissão direta com o banco. Uma plataforma integrada e intermediadora de pagamentos online, otimiza ainda mais o procedimento garantindo a efetividade das operações.

Depois de enviada a remessa, tão logo o banco receba as informações, você terá acesso ao CNAB (Centro Nacional de Automação Bancária), no site do banco, com o retorno de todos os títulos compensados. Assim, é possível proceder com a conciliação bancária, para identificar possíveis inadimplências.

Em pagamentos por recorrência, ou seja, com fornecimento periódico — de serviço ou produto —, o boleto pode ser emitido automaticamente todos os meses e enviado para o e-mail cadastrado do cliente. Uma medida estratégica de comodidade e lembrete.

Quais são as diferenças entre o boleto registrado e o sem registro?

Já explicamos que o boleto registrado é totalmente controlado pelo banco onde sua empresa tiver conta e vínculo. Isso evita, também, ações mal-intencionadas e riscos de fraude. Todas as operações de pagamento via boleto, realizadas no ambiente da sua loja virtual, poderão ser visualizadas e melhor acompanhadas pelo sistema bancário. Desde a emissão até a compensação, permitindo, inclusive, o protesto da dívida.

O mesmo não acontecia — falaremos mais abaixo sobre a sua extinção — com o boleto sem registro. Nesse formato, o boleto era emitido diretamente pela empresa fornecedora, sem qualquer garantia legal de recebimento, no caso de o cliente não efetuar o pagamento.

Em ambos os casos, o fornecimento do serviço ou envio do produto somente será liberado depois de identificada a compensação do título. Contudo, com a possibilidade de rastreamento do processo, por meio do pagamento, haverá uma real gestão e controle de saída no estoque.

O que o boleto registrado oferece de vantagem?

Nem todo consumidor possui cartão de crédito ou limite suficiente para realizar determinada compra em uma plataforma online. Também, é comum haver certo receio em informar os dados pessoais e muitos acabam desistindo por não contar com outras opções. A cobrança registrada por boleto existe para sanar esse tipo de preocupação e oferecer uma possibilidade adicional ao consumidor, igualmente segura e eficiente. As vantagens alcançam e favorecem ambas as partes.

Para o cliente

A vantagem é contar com uma opção a mais de pagamento, caso não disponha de um cartão de crédito ou não deseje comprometer o limite. O boleto registrado poderá ser pago, em qualquer rede bancária ou casa lotérica, até o vencimento.

Para a empresa

Cada cliente cadastrado no seu banco de dados será acompanhado de perto, facilitando o controle e baixa financeira dos boletos pagos. Logo em seguida, depois de processadas as conferências, será possível emitir um relatório de inadimplentes. Identificados quais são os clientes em débito, a equipe de cobrança atuará imediatamente, com intervenções estratégicas para entender os motivos do não pagamento, na tentativa de reverter a situação e garantir a permanência do cliente.

Quais são os motivos de extinção do boleto sem registro?

A Federação Nacional dos Bancos (Febraban) decidiu, em conjunto com o Banco Central, pelo fim do boleto sem registro, para garantir mais segurança aos usuários do serviço e centralizar as informações sobre os títulos nacionais, emitidos pelas milhares de empresas espalhadas no país.

Como na modalidade sem registro, o risco de ações fraudulentas era muito alto, a decisão pela extinção teve como base a premissa da identificação imediata de quem vende e quem compra, por meio dos dados informados no título. Com isso, desde o fim de 2018, nenhuma empresa está autorizada a emitir a cobrança sem registro.

Ao decidir implantar o boleto registrado, como mais uma das soluções de negócio para a sua loja virtual, consulte as condições da instituição bancária. Pois, há uma variação sobre as taxas e metodologia de controle e uso dos boletos atrelados à conta bancária do cliente.

Em caso de contratação de um sistema integrado, você não precisará se preocupar com a negociação bancária. A empresa especializada oferece, no pacote de serviços, todos os procedimentos inerentes aos pagamentos online, desde a negociação de tarifas bancárias até a identificação da compensação e cobrança de inadimplentes.

A iugu é uma dessas empresas, com expertise na gestão e intermediação de pagamentos online. Disponibiliza no mercado a plataforma mais completa — com todas as funcionalidades de gestão financeira, além de suporte técnico integral e menor taxa existente para emissão de boleto registrado.

Desenvolvedora de uma solução inteligente, dinâmica e com melhor custo-benefício, oferece modernidade a seus clientes, possibilitando o gerenciamento e a otimização da cobrança recorrente. Com utilização da API de pagamentos, integrando a sua base de dados, com redução da margem de erros durante o processo de sistematização.

A plataforma disponibiliza, aos clientes, um sistema parametrizado de gestão das principais funções, para auxiliar seu controle de pagamento recorrente:

  • emissão e geração de boletos registrados;
  • data de vencimento flexível;
  • envio de faturas e boletos para o e-mail do cliente;
  • checkout transparente e ágil;
  • sigilo das informações pessoais e de cartão de crédito;
  • configuração de multa e juros;
  • sistema antifraude;
  • cobrança automática após o vencimento.

E se você gostou deste texto sobre a funcionalidade da cobrança registrada, permaneça em nosso site e conheça os detalhes dos serviços prestados nessa modalidade, pois, as informações, certamente auxiliarão na sua tomada de decisões.