Voltar

FAQ

Quais as formas de pagamento aceitas pelo gateway iugu?

Aceitamos boleto e cartão de crédito nacional (internacional das bandeiras Mastercard, Visa, Amex, Diners e Elo). Cartões de débito não são aceitos por questões de segurança de dados.

Quais são as categorias de negócios aceitas pela iugu?

Aceitamos diversos tipos de negócios, desde que possuam conta jurídica, não sejam MEI e não estejam classificados na lista de produtos e serviços proibidos.

O que é necessário para começar a usar iugu?

Após o contato com nossos consultores e fechamento de contrato é necessário criar uma conta iugu seguindo nossos requisitos para abertura de contas.

Qual o horário de expediente da iugu?

Nossa plataforma sempre estará no ar, o atendimento ao cliente e os saques de contas ocorrem se segunda a sexta, das 9h às 17h. Entretanto, por dependência de sistemas bancários, os serviços da iugu são interrompidos em feriados. Saiba mais em nossa página de expediente.

Quais são os recursos cobrados pela iugu?

A partir do plano escolhido, os recursos são cobrados em modelo de assinatura e cobranças mensais. Se necessário, somam-se taxas de configuração inicial e tarifas variáveis. Saiba mais sobre as tarifas cobradas clicando aqui.

Em quais moedas a iugu aceita transações?

A iugu aceita transações somente em Real. No caso do uso de cartão de crédito internacional, a cobrança é também é feita em Real e a bandeira do cartão faz o câmbio para a moeda do cliente.

Quais bancos a iugu suporta?

Para receber os pagamentos pela iugu, é preciso possuir uma conta PJ em um dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banco Original, Banestes, Banrisul, Bradesco, BRB, BS2, C6, Caixa Econômica, Inter, Itaú, Mercantil do Brasil,Modal, Neon, Nubank, PagSeguro, Safra, Santander, Sicoob (Bancoob), Sicredi, Unicred e Via Credi.

A iugu é homologada pelo Banco Central?

A iugu recebeu a licença do Banco Central que nos autoriza a funcionar como Instituição de Pagamentos. Publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de agosto de 2020.

Posso cancelar a iugu a qualquer momento?

Você deve solicitar o cancelamento da sua conta com 30 (trinta) dias de antecedência.

A plataforma pode ser utilizada por quem não é desenvolvedor?

Sim! Temos um painel facilitado onde é possível realizar a gestão financeira, cobrar seus clientes, controlar as assinaturas e acompanhar o crescimento de sua empresa.

Indiquei um cliente pelo programa de Afiliados. Como eu posso consultar minha indicação?

Você pode consultar sua indicação no Painel do Indicador.

Sua dúvida não está aqui?

Experimente a página de Ajuda e Suporte da iugu.

Voltar

Descomplique processos financeiros com a iugu!

Quero ser cliente

3 motivos para apostar no m-commerce e nas vendas mobile

3 motivos para apostar no m-commerce. Entenda como você pode potencializar suas vendas por meio de um site responsivo

Escrito em 09 de Outubro de 2018 por Marcos Madureira

A facilidade de acesso à internet com conexão rápida e a praticidade nas soluções virtuais faz do smartphone uma boa opção para os consumidores na hora de efetuarem suas compras. Por isso, muitas empresas têm inserido nesse novo mundo de transformação digital o sistema de vendas mobile.

Conhecidos como consumidores 4.0, os clientes da atualidade têm pressa em satisfazerem suas necessidades e estão sempre em busca de todas as facilidades oferecidas no mercado. Não por acaso, optam pelas ferramentas interativas, pouco complexas e que ofereçam vantagens de compras.

Neste artigo, vamos apontar alguns dos principais motivos para apostar nas vendas mobile como ferramenta de gestão para potencialização do negócio e aumento da receita, aproximando ainda mais o cliente da sua empresa para proporcionar experiências únicas. Aproveite a leitura!

O que é m-commerce?

O telefone surgiu nos anos 1800 e, de lá para cá, foi aprimorado para intensificar a comunicação com o uso de voz, até chegar ao formato atual, com aparelhos móveis usados também para transmissão de dados e acesso à internet, além do armazenamento de um volume grande de informações.

É um recurso indispensável na vida da maioria dos consumidores, que acompanham o avanço da tecnologia efetuando compras por meio da internet e que, agora, apostam no m-commerce — consumo de produtos ou serviços por meio do dispositivo móvel — como uma forma de alcançarem mais rapidamente seus objetivos de compra.

A Ebit Nielsen Company — empresa que mede a reputação das lojas virtuais no Brasil — realiza desde 2001 o Webshoppers, um estudo sobre o desempenho do comércio virtual brasileiro, por meio de pesquisas com consumidores reais.

Em seu relatório Webshoppers 38º, ela aponta que, no primeiro semestre de 2018, 17,4 milhões de pedidos foram realizados por meio de dispositivos móveis, com movimentação de cerca de R$ 6,7 bilhões, alta nominal de 30% em comparação ao mesmo período em 2017.

Quais os motivos para apostar nele?

Existem alguns motivos que evidenciam por quê apostar no m-commerce e fazer das vendas mobile uma estratégia de sucesso.

1. Preferência do público-alvo

Muitos consumidores não saem de casa para realizar a maioria de suas compras e a tendência é que cada vez mais pessoas adotem o mesmo comportamento. A facilidade de acesso e a praticidade de uso das plataformas e aplicativos são as principais motivações para essa adesão.

Com as transformações tecnológicas, os consumidores ganharam maior autonomia nas decisões de compras em segmentos que antes exigiam um atendimento físico e moroso. Ainda que o tempo disponível para a locomoção e visita ao estabelecimento fosse suficiente, isso causava uma insatisfação progressiva.

O consumidor moderno tem acesso à internet e deseja não só uma conexão virtual rápida, mas também um atendimento personalizado e diferenciado, que cause um sentimento de pertencimento ao ambiente visitado. Com isso, trata todas as suas demandas com o rigor de quem sabe o que deseja e que há inúmeras possibilidades na web.

Nesse cenário, a concorrência cerca o consumidor a todo momento com uma atenção focada na conversão em vendas. São inúmeros os convites para visita a novos aplicativos com ofertas promocionais no primeiro acesso e pacotes de fidelização. Fique atento a essas investidas para encontrar o recurso ideal para seu negócio e sair à frente no mercado.

2. Crescimento maior do que o do e-commerce

A aceleração do crescimento no formato de vendas mobile se deu pelo fato de os consumidores 4.0 buscarem comodidade em suas pesquisas e concretização das compras. O consumo online, que já era algo interessante, evoluiu e cedeu lugar ao m-commerce.

Muito disso é atribuído ao fato de, nas vendas mobile, não haver mais a necessidade de ligar e desligar o computador toda vez que for necessário realizar uma compra, assim como pelo hábito de os consumidores terem os dispositivos móveis à mão 24 horas por dia para compras nos aplicativos.

Mas lembre-se de que, para ganhar a confiança do consumidor, seu negócio precisa oferecer um acesso seguro, prático e estruturado, que estabeleça boa conexão com o cliente e dê suporte em casos de erros na plataforma. Se houver um deslize, principalmente, financeiro, ele não hesitará em abandonar sua empresa.

3. Loja disponível no exato momento do desejo de compra do cliente

Não importa a hora e o lugar em que esteja o cliente. Tudo que ele precisa é ter um dispositivo móvel e uma conexão com a internet para efetuar suas compras m-commerce. Não serão mais necessários o deslocamento e o enfrentamento de toda a burocracia inerente às lojas físicas.

Como é difícil manter uma loja física aberta todos os dias da semana e 24 horas por dia, por questões trabalhistas, de segurança e de custos, uma das opções viáveis é adaptar o negócio ao ambiente tecnológico e otimizar a ferramenta para proporcionar ao cliente a excelência de atendimento também no espaço virtual.

Crie uma vitrine permanente com cardápio variado de opções para divulgar bem sua marca e lembrar ao cliente que estão disponíveis para compra a qualquer momento da sua decisão e que isso independe do horário ou local, possibilitando atender ao seu desejo de aquisição imediata.

Que cuidados devo ter ao adotar o m-commerce?

As estratégias para o desktop e para os dispositivos móveis obedecem a diretrizes diferentes, embora seja necessária uma convergência de valores essenciais ao negócio. As vendas mobile carecem de um sistema ágil, direcionado e autogerenciável para estabelecer uma afinidade instantânea com quem o utilizar.

O conforto de realizar um tour pela loja sem sair do lugar precisa ser evidenciado como uma experiência de compra diferenciada e simbolizada pelo poder de selecionar com calma seus produtos ou serviços desejados, além de manifestar opiniões sobre os serviços oferecidos para melhorar a performance da empresa.

É recomendável que, ao utilizar um aplicativo eficiente para vendas mobile, sua empresa conte também com serviços financeiros seguros e integrados — envio de boletos por e-mail, cobrança recorrente, flexibilização da data de vencimento e controle da receita e da inadimplência —, o que permite ao consumidor uma experiência completa e abrangente.

Busque no mercado um parceiro com expertise suficiente de soluções em automação financeira, para nortear e dar suporte aos seus processos, alavancando suas vendas e contribuindo para o sucesso do seu negócio.

Agora que você entende melhor sobre as vendas mobile e tem bons motivos para apostar no m-commerce, entre em contato conosco e agende uma consultoria personalizada.